Pilates: Conheça os benefícios para o corpo e a mente

18 de julho, 2019

Recomendado para quem quer cuidar do corpo, o pilates foi criado em meados da década de 1920, pelo alemão Joseph Pilates. A prática ajuda a melhorar a flexibilidade, postura, o fortalecimento dos músculos e, quando aliada a dieta e outra atividade física com elevado gasto calórico, como corrida ou Muay Thay, ajuda a emagrecer.

Assim, os impacto na rotina vão além dos exercícios físicos. Além disso, a atividade contribui para uma melhora na concentração e também na qualidade do sono. 

O pilates exige que a mente e o corpo estejam em sintonia. Ou seja, sendo necessário muito controle da respiração para que os movimentos sejam realizados de maneira correta. Dessa forma, o método permite trabalhar todo o corpo, sendo os músculos mais ativados os do abdômen, glúteos e costas.

Leia também: Spinning: Emagrece e define pernas e bumbum

As aulas duram aproximadamente uma hora e possuem gasto calórico entre 200 e 400 calorias. Mas, tal resultado depende dos exercícios realizados. 

Tipos de pilates

Pilates original

Também conhecido como clássico, a modalidade mantém a originalidade do método e dos ensinamentos fundados. Foi inspirado em algumas outras atividades, como yoga, artes marciais e ginástica, e tem como base seis princípios: concentração, respiração, alinhamento, controle, eficiência e fluência de movimento. Além disso, os aparelhos mais utilizados são os que o próprio Joseph idealizou, como reformer, cadilac, small, barrer, entre outros.

Contemporâneo

A prática contemporânea – ou moderna – nada mais é do que uma evolução da metodologia inicial, com algumas adaptações aos exercícios. Nela, o profissional usa, além dos equipamentos criados por Pilates, outros acessórios, como bolas de diversos tamanhos, discos de equilíbrio, rolos, etc.

Funcional

Quando associados a exercícios mais intensos, surge então o pilates funcional. Portanto, as aulas funcionais são mais dinâmicas e a prática garante benefícios como o aumento da força, da resistência muscular, da melhora da flexibilidade, da coordenação motora, e do condicionamento cardiovascular. 

Neopilates

O método mistura pilates, funcional e circo. Além dos benefícios para a saúde, a prática ainda é muito divertida. Assim, lúdica e estimulante, a atividade trabalha o tempo todo desafiando a percepção corporal e o equilíbrio. Mas, boa parte dos aparelhos tem rodinhas, o que confere instabilidade. Com isso, para se manter firme neles, é preciso ter consciência do corpo, controlar a respiração e exercitar o equilíbrio.

Aéreo

Criado no Brasil, ele utiliza plataformas aéreas para deixar os exercícios de pilates ainda mais desafiadores. Assim, mistura os princípios do pilates com circo, balé, fisioterapia e funcional para conseguir atingir a musculatura mais profunda e, ao mesmo tempo, alinhar o corpo.

Power Pilates

Assim como o neopilates, essa prática é muito buscada por quem deseja uma atividade intensa e agitada. Ele segue os mesmos princípios do pilates clássico. Porém, altera a velocidade, frequência e intensidade dos movimentos, com um diferencial: não estabelece intervalos entre os exercícios, para gerar uma ativação contínua do metabolismo e maior queima de gordura.

Hot Pilates

O Hot Pilates é, basicamente, realizar os exercícios dentro de uma sala aquecida numa temperatura em torno de 35 graus. Ademais, as pessoas também podem optar por fazer os movimentos dentro de uma cápsula de vidro. Ele surgiu nos Estados Unidos como forma de recuperação de lesões . Hoje em dia, está sendo cada vez mais utilizado. Geralmente, os exercícios de hot pilates são de alta intensidade. Ou seja, como por exemplo, os agachamentos, os afundos e as elevação de pernas. Além disso, por conta da temperatura, este método é ainda mais desafiador. 

Mat Pilates

A diferença entre a versão tradicional é que no Mat Pilates os exercícios são realizados no solo e sem o uso de aparelhos. Contudo, é possível utilizar acessórios para tornar os movimentos mais desafiadores, como por exemplo, bola suíça, faixa elástica, pesos e rolos.

Desse modo, para praticar os exercícios, utiliza-se o próprio peso corporal para ganhar força. Isso faz com que todos os músculos do corpo sejam trabalhados, o que ajuda a fortalecê-los e alongá-los.

Cross Pilates

O cross Pilates surgiu em 2015, com o objetivo de fortalecer a musculatura e aumentar o equilíbrio. Dessa maneira, o exercício utiliza equipamentos e barras que ajudam a desenvolver três aptidões físicas, que são elas, cardiorrespiratória, musculoesquelética e neuromotora.

Geralmente, as aulas têm duração de 45 minutos e são feitas duas vezes por semana. Para iniciar os movimentos garantindo o bem-estar e evitando lesões, as aulas começam com aquecimento e alongamento.

Os exercícios utilizados incluem: levantar, agachar, correr, puxar e girar. Assim, são feitos em aparelhos como o cadillac, reformer e chair. Entre os exercícios desenvolvidos estão levantar, agachar, correr, puxar e girar, feitos em aparelhos como cadillac, reformer, barrel e chair.

Piloxing

No piloxing é possível ter ter pilates, boxe e dança no mesmo treino. O foco desta modalidade é misturar a força e agilidade do boxe, com a flexibilidade e o equilíbrio do pilates. Assim, o praticante usa a força corporal para trabalhar a postura, alongar o corpo e tonificar os músculos. As aulas são realizadas com os alunos descalços para ter mais agilidade e trabalhar os músculos dos pés e tornozelos.

Benefícios do pilates

O pilates possui inúmeros benefícios e pode ser praticado por idosos, adultos, crianças, adolescentes e gestantes. Ou seja, algumas das principais vantagens de sua prática são:

  • Aumento da resistência física e mental;
  • Aumento da flexibilidade;
  • Corrige problemas posturais;
  • Proporciona concentração;
  • Tonifica a musculatura;
  • Melhora a coordenação motora;
  • Promove menor atrito nas articulações;
  • Alivia dores musculares;
  • Ajuda a melhorar a respiração e a flexibilidade;
  • Auxilia a prevenção contra a osteoporose;
  • Promove relaxamento e bem-estar;
  • Elimina toxinas e facilita a drenagem linfática;
  • Expande a consciência corporal;
  • Além disso, ajuda no controle de peso;
  • Fortalece os músculos abdominais;
  • Por fim, equilibra de todas as funções do corpo.

Pilates emagrece?

A prática regular da modalidade acelera o metabolismo e favorece a formação dos músculos. Contudo, nenhum exercício físico sozinho consegue resultados significativos no emagrecimento. Dessa maneira, no caso do pilates, por exemplo, os verdadeiros e duradouros resultados ocorrem quando aliado à realização de atividades aeróbicas e uma dieta balanceada. 

Leia também: O que queima mais calorias: exercício aeróbico ou musculação?

Sobre o autor

Redação
Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.