Cisto sinovial: o que é, sintomas e tratamento

Saúde
11 de Março, 2022
Cisto sinovial: o que é, sintomas e tratamento

O cisto sinovial é o tumor mais frequente nas mãos, mais especificamente nos punhos e dedos, de acordo com a Sociedade Brasileira de Cirurgia da Mão (SBCM). O caroço, geralmente localizado perto das articulações, tem característica arredondada e mole. Além disso, possui acúmulo de líquido, substância utilizada para lubrificar as articulações. 

Em outubro de 2020, a apresentadora Ana Hickmann teve que lidar com a doença. Hickmann passou por uma cirurgia para remoção do cisto, que estava localizado no dedo indicador da mão esquerda. O procedimento foi necessário porque o problema estava incomodando as tarefas da apresentadora.

De acordo com o presidente da SBCM, João Baptista Gomes dos Santos, o cisto cinovial é benigno e pode aumentar de tamanho, comprimindo nervos, tendões ou estruturas adjacentes. Diante desse cenário, o paciente pode sofrer com diversos tipos de sintomas, como dor, redução do movimento e até perda da função articular. 

Leia também em: Mulheres têm mais risco de lesão no joelho do que os homens

Quais são as causas e sintomas do cisto sinovial? 

As causas mais comuns do tumor são: traumas na região, esforços e desgastes por doenças degenerativas. O tamanho também é incerto e pode variar.

“Como cresce perto de músculos, nervos ou tendões, algumas pessoas podem sentir dor, formigamento e perda de força ou de sensibilidade, principalmente quando o cisto tem um tamanho muito grande”, ressalta Dr. João. “Se estiver oculto, porém doloroso, um exame pode auxiliar no diagnóstico”, explica.

Como é feito o tratamento? 

Em alguns casos, o cisto sinovial desaparece de forma natural. No entanto, quem possui cistos grandes, que causam dores e reduzem a força, por exemplo, necessitam de medicamentos analgésicos para tratar do problema. Nesse caso, o cisto não desaparece, mas os sintomas melhoram consideravelmente. 

Para pacientes assintomáticos, uma técnica mais invasiva é indicada. Uma das opções mais sugeridas é a aspiração do cisto, ou seja, a drenagem do líquido com agulha. “Se ainda assim não houver melhora, aí é indicada cirurgia, que pode ser via aberta ou artroscópica, com equipamento que permite olhar para dentro da articulação, com mínima cicatriz”, explica o presidente da SBCM.

Nesse caso, o paciente não precisa ficar internado no hospital, pois recebe alta no mesmo dia. Para ter resultados positivos com o tratamento, repouso e sessões de fisioterapia são indicados. 

Dúvidas mais comuns sobre o cisto sinovial

Emerson Garms, Coordenador da Ortopedia do Hospital Santa Catarina, responde abaixo as dúvidas mais comuns do cisto sinovial.  

Qual a velocidade de crescimento do cisto sinovial?

Geralmente, a velocidade de crescimento é lenta.

Quais são as possíveis causas?

As causas mais comuns estão relacionadas à movimentos repetitivos, mas também podem surgir sem causa específica.

Quando é necessário fazer cirurgia?

A cirurgia é indicada quando os outros tratamentos não deram resultado ou quando o crescimento ocorre de forma acelerada.

Os cistos sinoviais podem aparecer em outros locais do corpo?

Sim, eles podem aparecer em vários lugares do corpo.

Cisto perto da unha pode causar muita dor?

Pode, mas não é um lugar comum.

Fontes: Dr. João Baptista Gomes dos Santos, presidente da Sociedade Brasileira de Cirurgia da Mão; Dr. Emerson Garms, Coordenador da Ortopedia do Hospital Santa Catarina.

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.

Leia também:

Lapsos de memória
Bem-estar Equilíbrio Saúde

Lapsos de memória: 8 principais fatores e como evitá-los

Rotina sobrecarregada, estresse e noites maldormidas são algumas das causas

Medir a pressão arterial
Saúde

Medir a pressão arterial: veja novas recomendações

Veja novas recomendações da Sociedade Brasileira de Cardiologia

mulher se consultando com um médico
Bem-estar Saúde

Preparação para a bariátrica vai além dos exames e envolve mudanças de vida

Antes de entrar no centro cirúrgico, o candidato à cirurgia bariátrica percorre um caminho de preparação que promete mais do que a perda de peso: uma