Dieta detox: Cardápio detox de 3 três dias para você emagrecer

14 de abril, 2022

Você sabe o que é uma dieta detox? Imagine dar um “reiniciar” no seu organismo, deixando para trás uma alimentação desregrada para adotar novos hábitos alimentares. O plano detox, ou a dieta de desintoxicação, pode ser explicado dessa maneira.

O que é a dieta detox?

Assim, olhando à primeira vista, a dieta detox não tem muita diferença de uma dieta saudável. Mas, para cumprir o objetivo de desintoxicar o corpo, o programa aposta em alimentos naturais e exclui os alimentos industrializados e aqueles com alto potencial alergênico, ou seja, laticínios, leite de soja, glúten, cereais refinados, açúcar, adoçantes, corantes, conservantes, café e álcool

Portanto, o organismo elimina o excesso de toxinas, você recupera energia e emagrece sem sacrifício.

Mas o que são as toxinas?

Diariamente, nosso corpo é intoxicado por diversas substâncias químicas (nitratos, nitritos, aminas, alcaloides, glicosídeos e numerosos compostos fenólicos, por exemplo) que causam inflamações e outras reações maléficas.

Infelizmente, esses compostos estão por toda a parte: eles podem, por exemplo, ser encontrados no ar que respiramos, nos ultraprocessados que comemos, nos drinks que bebemos, no cigarro que fumamos…

Quando em excesso no organismo, essas toxinas podem sobrecarregar órgãos como o fígado, o intestino e os rins. Além disso, também prejudicam as nossas mitocôndrias, organelas encarregadas da respiração celular.

Como “defesa”, as mitocôndrias produzem os radicais livres, que já foram relacionados ao envelhecimento precoce da pele, a diversas doenças crônicas e à queda no funcionamento do sistema imunológico. Ademais, também podemos sentir cansaço, baixa resistência, pele ressecada e retenção de líquidos.

É aí que entra o papel da dieta detox: ela serve para fortalecer o corpo e ajudá-lo a trabalhar a todo vapor para eliminar as toxinas através da transpiração, da respiração, da urina e das fezes. De quebra, o foco em alimentos naturais da dieta detox também serve para quem quer emagrecer.

Cardápio detox: nutrientes para a dieta detox

Para mostrar que existem alternativas nessa dieta, explicamos quais são os nutrientes que não podem faltar no cardápio detox e em quais alimentos é possível encontrá-los.

Plano detox: como começar

Antes de partir para a ação, é importante completar algumas tarefas simples. A primeira delas é montar uma boa lista de compras, com todos os ingredientes que você vai precisar (confira-os no cardápio a seguir). Desse modo, você evita surpresas desagradáveis e não precisa improvisar.

Assim, ao chegar em casa do mercado ou da feira, higienize, pique e armazene todos os ingredientes adequadamente para economizar tempo na cozinha durante os três dias de dieta detox. Algumas receitas também podem ser preparadas e congeladas previamente!

Por outro lado, evite estocar industrializados, doces e guloseimas na despensa de casa, diminuindo, assim, as tentações. Por fim, outro passo importante é garantir a saúde em dia antes de iniciar o seu plano detox: caso esteja com gripe, resfriado ou qualquer outra infecção, recupere-se primeiro.

Quanto tempo deve durar a dieta detox?

O período do plano detox pode variar de acordo com o seu objetivo e o cardápio escolhido. Isso porque algumas estratégias (como a dieta detox da sopa) são mais restritivas, e podem trazer consequências ruins para o corpo caso você ultrapasse o limite de tempo. Nesses casos, dois a três dias são ideais.

Por outro lado, uma dieta detox que inclui alimentos sólidos e conta com uma variedade de nutrientes pode ser mantida por mais dias. Algumas propostas duram uma semana, dez dias, um mês…

O cardápio a seguir foi pensado para três dias:

Primeiro dia de dieta detox 3 dias: cardápio detox

Café da manhã:

  • 300ml de suco de abacaxi;
  • 1 banana prata;
  • Aveia em flocos (em cima da banana);
  • 1 colher de sobremesa de mel (em cima da banana).

Lanche da manhã:

Almoço na dieta detox:

  • Salada verde a gosto (alface + agrião);
  • 2 col (sopa) de arroz integral;
  • 1 prato de sobremesa de legumes refogados (abobrinha + vagem);
  • Filé de frango ou pescada temperado com alecrim, salsinha e cebolinha;
  • Suco de abacaxi ou maracujá natural.

Lanche da tarde:

  • 1 xícara de chá de ervas ou 1 xícara de chá verde;
  • 2 fatias de ricota ou 2 fatias de queijo branco.

Jantar:

  • Sopa de legumes;
  • 200ml de suco de limão ou caju.

Lanche da noite:

  • Pão light com fibra ou 2 torradas integrais;
  • 1 polenguinho light ou 1 colher de sobremesa de geleia;
  • Chá de maçã.

Segundo dia de dieta detox 3 dias

Café da manhã:

  • Chá de erva-doce;
  • Pão de centeio;
  • Queijo cottage ou 1 fatia de queijo branco.

Lanche da manhã da dieta detox:

  • 2 biscoitos integrais ou 1 unidade de torrada integral;
  • 1 fatia de ricota;
  • 200ml de suco de abacaxi com 1 folhinha de hortelã com raspas de gengibre.

Almoço:

  • Salada de rúcula com tomate a gosto;
  • 2 col (sopa) de arroz integral;
  • 3 col (sopa) de espinafre ou cenoura no vapor;
  • Filé de peixe ou frango com molho de laranja por cima;
  • 1 fatia de melancia.

Lanche da tarde:

  • Iogurte natural desnatado;
  • Banana prata.

Jantar na dieta detox:

  • Salada de folhas cruas com queijo branco;
  • Sopa de caldo verde ou sopa de legumes e verduras;
  • 200 ml de suco de uva ou melão.

Lanche da noite:

  • Torrada integral;
  • 1 col (chá) de geleia de qualquer sabor;
  • Ricota;
  • Chá de erva-cidreira.

Terceiro dia de dieta detox

Café da manhã:

  • Suco de laranja ou 300 ml de suco de melancia;
  • Pão light com fibra ou 1 torrada integral;
  • Requeijão light;
  • 1 fatia de queijo branco.

Lanche da manhã:

Almoço:

  • Salada de beterraba ou cenoura crua;
  • Salada verde;
  • Mandioquinha refogada com cebolinha;
  • Filé de carne magra com alecrim e salsinha;
  • Kiwi.

Lanche da tarde:

  • Sopa de abóbora;
  • Suco de melancia ou goiaba;
  • 1 fatia de manga ou mamão.

Jantar na dieta detox:

  • Salada de alface, rúcula com tomate;
  • 1 batata cozida;
  • Filé de frango grelhado;
  • 8 morangos;
  • 200ml de suco de acerola em polpa com adoçante.

Lanche da noite:

Receitas detox para adicionar ao cardápio

dieta detox

Receita de chá detox com gengibre

Ingredientes:

  • 3 folhas de couve orgânica;
  • 1 colher chá de gengibre ralado;
  • 1 maçã + 1 colher sopa de quinoa em flocos;
  • 150 ml de água de coco.

Modo de preparo:

Bata e consuma em seguida.

Receita de suco detox emagrecedor com couve, limão e pepino

Ingredientes:

  • 150 ml de água de coco;
  • Suco de meio limão;
  • 2 folhas de couve;
  • 1 maçã descascada;
  • 1/2 pepino.

Modo de preparo:

Bata, coe e, por fim, consuma.

Suco detox com abacaxi

Ingredientes:

  • 1 folha de couve;
  • Rodela média de abacaxi;
  • 4 folhas de hortelã;
  • 100ml de água.

Modo de preparo:

Bata tudo no liquidificador e beba em seguida.

Suco detox com melancia, linhaça e gengibre

Ingredientes:

  • 1 col (chá) de linhaça triturada;
  • 1 col (chá) de gengibre ralado;
  • 3 fatias de melancia sem semente;
  • 100ml de água.

Modo de preparo:

Bata tudo no liquidificador e beba em seguida

Receita de picolé detox de cenoura e gengibre

Ingredientes:

  • 2 laranjas sem cascas e caroços;
  • 1 xíc de suco de cenoura (cenoura batida com água, coado);
  • 2 xíc de morangos cortados ao meio;
  • 2 a 3 col (chá) de gengibre fresco picado;
  • Pequena pitada de sal.

Modo de preparo:

Primeiramente, pique as frutas e coloque-as no liquidificador com o suco de cenoura, o gengibre fresco picado e uma pequena pitada de sal. Então, bata até ficar um líquido homogêneo. Despeje em moldes de picolé e, por fim, congele por pelo menos quatro horas.

Receita de sopa detox

Ingredientes:

  • 1 repolho médio;
  • 1 chuchu médio;
  • 1/2 de abóbora cabotiã;
  • 1 cenoura grande picada;
  • 2 tomates italianos;
  • 500 g de frango desfiado;
  • 1 cebola média;
  • 3 dentes de alho;
  • Sal a gosto;
  • Temperos opcionais;
  • 2 litros de água filtrada.

Modo de preparo:

Primeiramente, higienize os ingredientes. Então, corte o repolho em vários pedaços, a cenoura em rodelas, retire a casca do chuchu e corte-o em cubos, descasque a abóbora e corte-a em pedaços pequenos.

Em seguida, transfira esses ingredientes para uma panela de pressão grande, cubra com aproximadamente um litro e meio de água, tampe a panela e leve ao fogo alto (por 20 minutos depois que pegar pressão).

Logo após, adicione o restante da água e bata tudo no liquidificador. Desse modo, em outra panela grande, refogue a cebola bem picadinha, acrescente o alho amassado e os tomates cortados. Assim que dourar, acrescente o frango e tempere. Por fim, acrescente o caldo de legumes e espere esquentar.

Mitos da dieta detox

Mito 1: só pode fazer detox alguns dias na semana

Isso é um mito popular, entretanto, errado. Pois, é possível seguir a dieta detox diariamente. Assim, ela será ainda mais eficaz, promovendo a maior desintoxicação do corpo.

Mito 2: suco detox não ajuda em nada

Falso! Ainda que não existam alimentos ou sucos milagrosos, o suco detox pode ser altamente benéfico para a saúde, sendo ele uma ótima fonte de fibras e vitaminas para o corpo.

Mito 3: não pode comer fruta na detox

Frutas são essenciais para a plena saúde do organismo. Pois, elas são fontes de vitaminas, fibras e energia e podem (e devem) ser incluídas em qualquer dieta, nas quantidades certas.

Mito 4: pessoas anêmicas não podem fazer detox

A anemia é uma redução na quantidade de hemoglobina, a qual pode ser causada pela deficiência de ferro. Portanto, é falso afirmar que detox piora a anemia, visto que essa é uma dieta que estimula o consumo de alimentos ricos no nutriente, por exemplo, as folhas verdes.

De qualquer forma, o seu médico ou nutricionista deve sempre ser consultado antes da adoção de qualquer estratégia alimentar.

Mito 5: suco detox só pode ser tomado de manhã

O suco detox pode ser consumido em qualquer horário do dia e não há motivo para acreditar que ele só possa ser tomado na parte da manhã. Entretanto, recomenda-se que ele seja tomado ao acordar ou na parte da noite, mas isso não é uma obrigatoriedade.

Mito 6: só posso consumir alimentos orgânicos

Os alimentos orgânicos são aqueles que não entraram em contato com químicos sintéticos durante seu plantio. Entretanto, eles costumam ser mais caros e de difícil acesso para muitas pessoas. Portanto, não é verdade dizer que na dieta detox só é permitido o consumo de legumes e verduras orgânicos.

Em contrapartida, apenas recomenda-se que todos os alimentos sejam sempre higienizados com cuidado.

Mito 7: não possui benefícios para a saúde

Não apenas a dieta detox melhora a pressão arterial, ela também possui diversos outros benefícios à saúde. Por exemplo, diminui o nível de açúcar no sangue, ou seja, controla a insulina. Desse modo, ela dificulta o ganho de peso e previne doenças, como a diabetes.
Além disso, promove a melhora da pele, pois hidrata o corpo e elimina toxinas.

Mito 8: fazer detox é caro

Considerando que a maior parte da dieta detox é composta por frutas, legumes e verduras, é falso dizer que segui-la é caro. Isso, pois esses produtos são alguns dos alimentos mais baratos e acessíveis.

Mito 9: chá quebra jejum

O chá, um alimento muito recomendado na dieta detox, não quebra o jejum – ao contrário do que muitos pensam.

Atualmente, o jejum intermitente vem ganhando popularidade e muitas pessoas temem que seguir a dieta detox atrapalhe o jejum. Não é verdade, pois, a menos que haja adição de açúcar, o chá não quebra o jejum. Portanto, pode beber sem medo.

Sinais de que você precisa de uma dieta detox

  • Compulsão por açúcar e carboidratos;
  • Problemas digestivos como inchaço;
  • Excesso de exaustão;
  • Articulações doloridas;
  • Estresse, depressão ou ansiedade;
  • Excesso de peso;
  • Problemas para dormir;
  • Por fim, falta de concentração.

Dieta detox: Benefícios além do emagrecimento

Melhora a saúde intestinal

A dieta detox beneficia a saúde do intestino. Pois, os alimentos naturais previnem a inflamação do intestino. Sendo assim, a digestão acontece de forma mais fácil e reduz-se o risco de constipação, ou seja, de prisão de ventre. Como consequência, o melhor funcionamento do intestino também causa uma maior sensação de bem-estar, uma vez que o intestino e a regulação do humor se relacionam.

Reduz o inchaço e as celulites

A dieta pode também ajudar a reduzir o inchaço do corpo. Não só, pode reduzir também a sensação de flatulência, uma vez que promove a melhora do processo de digestão.

A princípio, uma das razões pelas quais a dieta ajuda a reduzir o inchaço do corpo é sua abundância em alimentos anti-inflamatórios. Afinal, inflamações no corpo podem fazer com que ele inche como resultado. Incluir chás e sucos de efeito detox na dieta também pode ajudar nesse sentido.

Além dos benefícios: cuidados necessários ao seguir a dieta detox

Não esqueça das proteínas

Por ser uma dieta rica em fontes de carboidratos complexos, é possível que o consumo de proteínas fique em segundo plano. Porém, as proteínas não são apenas essenciais para a saúde dos músculos, mas também para o metabolismo e para a função cerebral.

Exercícios são importantes

Por fim, além de seguir uma dieta nutritiva, ter uma rotina de exercícios também é essencial como parte de uma vida saudável. Por isso, não deixe de lado a prática de atividade física.

Mas vale pegar mais leve nesses dias: a dieta detox pode provocar, inicialmente, sintomas como mal-estar leve, náusea e cansaço.

Consulte um especialista

Como tudo na vida, os conselhos de um especialista são essenciais ao adotar uma dieta detox. Ele dirá, por exemplo, se você está apto a fazer o cardápio e dará dicas considerando as suas individualidades como idade, peso, sexo, preferências alimentares e até situação financeira.

O profissional também poderá pedir exames para verificar a sua saúde e as taxas de nutrientes presentes em seu organismo. Assim, possíveis deficiências nutricionais serão prevenidas, e a estratégia alimentar apenas beneficiará o seu corpo.

Dieta detox de açúcar: o que é e como fazer

Sentir-se cansado do momento em que acorda até a hora de deitar, inchaço, excesso de peso e lentidão podem ser alguns dos inúmeros sinais de que você precisa de uma dieta detox de açúcar. Assim, quando ingerimos açúcar, nosso corpo produz insulina.

Esse é um mecanismo normal, fisiológico e necessário para que a glicose entre nas células e se transforme em energia, fundamental para que a gente possa viver.

Mas, quando ocorre uma superprodução desse hormônio, as células podem se tornar resistentes a ele, o primeiro passo para gerar aumento de peso e até o desenvolvimento de diabetes.

O açúcar é realmente viciante. Ou seja, você come, sente uma euforia e, de repente, não se sente bem e cai. Depois, procura mais. Soa familiar? Para quem está nesse estágio, vale saber que existe sim uma dieta detox de açúcar – e não é tão difícil quanto parece.

O açúcar e a alimentação

Reduzir o açúcar na dieta pode ajudar a perder peso, melhorar a saúde e até resultar em uma pele mais radiante. Além disso, uma das maiores preocupações é a quantidade de açúcar adicionado nas dietas atuais, que geralmente está escondido nos alimentos. Embora bolo e sorvete sejam fontes óbvias de açúcar, outros alimentos que nem têm um sabor doce – como pães, pizza e molhos para salada, – podem ser carregados do ingrediente em sua composição.

Dieta detox de açúcar

Existem diferentes planos alimentares para se inspirar quando se quer seguir uma dieta detox de açúcar. Mas, a mais famosa dura cerca de três semanas (21 dias), e promete um emagrecimento de até 9 quilos.

Nos primeiros dias, ela sugere não só a eliminação do açúcar adicionado, mas também do açúcar natural dos alimentos, presente nas frutas, vegetais amiláceos (como milho, ervilha, batata-doce e abóbora), laticínios, grãos e álcool.

Benefícios e desvantagens da dieta detox de açúcar

Desintoxicar do açúcar pode ajudar a perder peso rapidamente. Além disso, a prática também garante mais energia ao corpo, menos mudanças de humor e uma melhora no aspecto da pele.

Entretanto, dependendo da intensidade do vício, você pode experimentar sintomas de abstinência, como nevoeiro cerebral, irritabilidade e fadiga.

É importante observar que o plano pode não ser apropriado para pessoas com diabetes, atletas extremos ou qualquer pessoa que esteja tomando medicamentos para controlar o açúcar no sangue. Também não é indicado para mulheres grávidas.

Dieta da sopa detox: o que é e como fazer

Também conhecida como dieta líquida detox, a dieta da sopa detox ajuda na perda de peso e a desinchar o corpo. No entanto, ela não deve se estender por mais do que o estipulado, pois manter uma dieta líquida por muito tempo pode causar desnutrição e implicar em outros riscos para a saúde. Por isso, a dieta só pode ser feita com orientação de um especialista.

Benefícios da dieta da sopa detox

Por ser baseada na ingestão de líquidos, como sucos e água, a dieta líquida detox ajuda a desinchar o corpo, já que previne a retenção de líquidos. Em resumo, o corpo tende à retenção hídrica quando está desidratado, ou seja, quando não há ingestão suficiente de líquidos.

Além disso, a estratégia alimentar contribui para prevenir doenças ligadas à saúde dos rins. Por exemplo, pode evitar a formação de pedras nos rins. O chá de quebra-pedra também combate a formação de cálculo renal.

Ainda, a hidratação do corpo reflete diretamente sobre a saúde e a aparência da pele. Por isso, essa dieta pode prevenir a desidratação da pele e sua inflamação, que poderia causar o aparecimento de espinhas, bem como de manchas. Ainda, poderia levar ao envelhecimento precoce.

Como fazer a dieta da sopa detox

A princípio, a dieta não deve ultrapassar duas semanas de duração. Assim, é possível incluir em seu cardápio não apenas sopas e caldos, mas sucos e vitaminas também. Isso ajuda a melhor nutrir o corpo durante esse período. Não só, recomenda-se incluir alimentos termogênicos na dieta.

Ademais, se a intenção da pessoa ao realizar a dieta for apenas desintoxicar o corpo, recomenda-se que ela seja feita por apenas 3 dias. No entanto, se o objetivo for a perda de peso, 15 dias serão necessários.

Por fim, esse plano alimentar pode não ser uma boa ideia para todo mundo. Por isso, é contraindicado para pessoas que sofrem de pressão alta, diabetes, insuficiência renal ou que estão em tratamento para algum tipo de câncer. Em resumo, a restrição de nutrientes da dieta pode prejudicar essas pessoas.

Programas Vitat

Detox da pele

dieta detox
Clique aqui e saiba mais

Alimentação zero glúten e zero lactose

dieta detox
Clique aqui e saiba mais

Agende os Serviços nos Espaços de Saúde e Bem-estar por Vitat

Sobre o autor

Redação
Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.