Ginástica: Aquecimento e alongamento – saiba mais

2 de agosto, 2019

Prática recomendada para melhorar a flexibilidade e relaxar os músculos, o alongamento é um grande aliado na hora de preparar o corpo para a ginástica ou qualquer atividade física. É ele também que ajuda a aliviar a sobrecarga nas articulações durante os movimentos – desde os simples da rotina diária aos mais complexos e pesados exercícios. 

Ao esticar-se, alguma vez você já sentiu que a puxada não foi bem recebida? Independente de já ter passado por essa sensação ou não, o fato é que erros no alongamento existem e precisam de atenção. 

Como é uma atividade comum e menos intensa, é tentador às pessoas entrarem no modo automático e não prestarem a atenção devida ao movimento, dando margem para lesionar músculos e tendões. 

Aprenda e driblar os deslizes mais comuns quando for alongar evitando os cinco erros abaixo:

Alongar antes de aquecer

“O alongamento, por si só, não é capaz de preparar o corpo para atividades físicas. Ele precisa de outros exercícios complementares”, explica a educadora física Meire Rodrigues.

Segundo a especialista, ele não promove o aumento da frequência cardíaca, da temperatura corporal e da taxa metabólica, o que é essencial para preparar o corpo para a parte mais intensa de um treino.

“Dessa forma, para um bom e completo aquecimento pré-atividade, é recomendável incluir aeróbicos em conjunto”, completa.

Ir além do limite da dor

Aqui, a prática “no pain, no gain” não é válida, pois cada indivíduo possui um grau de flexibilidade e esse grau indica até onde chegar no alongamento. “Então, é normal sentir desconforto na hora do exercício, mas em caso de dores fortes, deve-se parar a atividade momentaneamente e procurar auxílio profissional para diagnóstico e, se necessário, recuperação”, garante a profissional. 

Ficar no mesmo movimento por muito tempo

Sobrecarregar as fibras musculares por mais de um minuto na mesma posição pode comprometer sua performance. De acordo com o manual do American College of Sports Medicine, nos Estados Unidos, o correto é manter o alongamento de um mesmo músculo por aproximadamente 25 segundo. 

Não usar o calçado certo

Mesmo sendo uma atividade de baixo impacto, o alongamento precisa dos acessórios e roupas certas, e isso inclui o tênis de ginástica. Praticar a atividade com um sapato impróprio pode prejudicar não só os pés, mas também a coluna. 

Esquecer a respiração

Respirar de forma correta enquanto se alonga é essencial para garantir uma boa oxigenação enquanto você executa os movimentos. O ideal é inspirar antes e expirar durante o movimento, pois isso ajuda a relaxar. 

Leia também: Bebidas energéticas para o pré-treino

Sobre o autor

Redação
Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.