Quanto tempo duram as “sobras” da geladeira?

26 de novembro, 2021

Se você, como todo ser humano, se pega olhando para a cozinha de vez em quando em busca de algo para comer (e que não dê trabalho para preparar), provavelmente já se perguntou se aquelas “sobras” da geladeira ainda estão boas.

A dúvida é sensata — afinal, comida estragada pode trazer uma intoxicação alimentar nada agradável. Isso porque quando certos alimentos entram em decomposição, bactérias causadoras de doenças se desenvolvem neles, gerando sintomas como vômito, dor abdominal, febre, diarreia… E por aí vai.

Manter as sobras da geladeira em recipientes herméticos e sob uma temperatura abaixo de 5°C com certeza vai estender a vida útil delas. Mesmo assim, é preciso ficar atento aos sinais de deterioração antes de levar o prato ao micro-ondas. Entenda melhor:

Quanto tempo duram as “sobras” da geladeira?

No geral, você deve ingerir as porções remanescentes dentro de três ou quatro dias. Isso se você as tiver armazenado adequadamente, é claro (isto é, em potes fechados e no refrigerador).

Mas mesmo antes, é importante prestar atenção no tempo em que elas estiveram sob temperatura ambiente antes de serem resfriadas: carnes, aves, ovos, frutos do mar e outros produtos perecíveis não podem passar de duas horas fora da geladeira depois de cozidos ou comprados. E se o dia estiver quente (mais que 30°C), esse período deve diminuir para uma hora.

Além disso, confira se o seu eletrodoméstico está funcionando adequadamente e garantindo um ambiente frio o suficiente para evitar o crescimento bacteriano. Sobras, carne crua, laticínios, peixes e vegetais não podem ficar na porta do equipamento — lugar mais quente. Deixe-os na prateleira superior ou bem encostados na parede de trás do refrigerador.

Congelar é uma boa opção para aumentar o prazo de validade dos alimentos. Desse modo, eles duram até quatro meses, mas podem perder sabor e umidade quando armazenados por muito tempo.

Leia também: Potes para armazenar alimentos: Melhores opções

Sinais de que as sobras da geladeira não estão boas

Quando o assunto é identificar quais alimentos já estragaram, vale prestar atenção em alguns sinais. Mudanças na textura (como uma fruta pastosa ou um queijo viscoso) são bons indicadores de que, infelizmente, é hora de jogar o item no lixo.

O mofo também é um sintoma claro de decomposição — e nada de tirar as partes afetadas e comer o resto, viu? Afinal, os fungos são pequenos micro-organismos que podem contaminar toda a comida sem você perceber. Por fim, cheiros azedos e pútridos não são bons sinais.

Contudo, é sempre bom lembrar: muitas vezes, refeições infectadas por bactérias passam despercebidas. Por isso, é muito importante higienizar os ingredientes antes de prepará-los (ou comprar pratos em locais confiáveis) e armazená-los adequadamente.

Leia também: Como montar uma geladeira saudável nos tempos de coronavírus

Como reaquecer as sobras da geladeira?

Se elas foram congeladas, primeiramente você precisará descongelá-las. Você pode fazer isso deixando na geladeira da noite para o dia (método mais seguro). Ou então, se tiver menos tempo, pode mergulhar o pote em água fria (sem destampar) ou levar ao micro-ondas (os aparelhos têm uma função específica para isso). Depois de descongelado, lembre de consumir o alimento em até quatro dias.

Na hora de reaquecer, tente esquentar a comida até ela atingir, no mínimo, 80°C — temperatura que elimina micro-organismos — seja no micro-ondas, no forno ou na panela.

E se alguma coisa estiver suspeita, não se arrisque e jogue fora. A gente sabe que o desperdício de alimentos não é nada legal, portanto, administre bem as porções que vai cozinhar e até congelar para evitar o descarte.

Leia também: Dicas de como congelar os alimentos

Quanto tempo duram algumas sobras da geladeira

Aves

Aves assadas, fatiadas e refrigeradas podem ser comidas frias ou quentes em até quatro dias. Além disso, você pode deixá-las no congelador por seis meses.

Batatas e outros vegetais cozidos

Eles também continuam bons por cerca de quatro dias na geladeira — ou por até um ano no congelador, se não temperados.

Pães e biscoitos

Embora eles não precisem ser reaquecidos, vale guardá-los adequadamente para evitar mofo. Pães comprados no supermercado podem ser armazenados de dois a quatro dias em temperatura ambiente, sete a nove dias na geladeira ou até três meses no congelador. Já itens de fermentação natural, por outro lado, estragam muito mais rapidamente. Então, certifique-se de colocá-los na geladeira e comê-los dentro de alguns dias.

Leia também: Como conservar pão? Truques simples, mas que fazem a diferença

Sobre o autor

Redação
Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.