Chá de cavalinha: para que serve, benefícios e orientações

Alimentação Bem-estar
09 de Novembro, 2023
Fernanda Munhoz Pagotto
Revisado por
Nutricionista e Profissional de Educação Física • CRN 51666 | CREF 145110-G/SP
Chá de cavalinha: para que serve, benefícios e orientações

O chá de cavalinha é feito a partir das folhas da Equisetum arvense, ou seja, da cavalinha, nativa de áreas pantanosas e também chamada de cavalinha-dos-campos, cauda-de-cavalo ou cola-de-cavalo. Muito conhecido como um remédio caseiro, o chá de cavalinha é popularmente usado para ajudar no emagrecimento devido ao seu efeito diurético. Além ajudar no controle de peso, a bebida também pode aliviar inflamações e oferecer diversos outros benefícios para a saúde. Continue lendo e saiba mais!

Veja também: Chá de boldo-do-chile: Para que serve o remédio caseiro

Chá de cavalinha: para que serve

cavalinha, ou Equisetum, no nome científico, é uma erva utilizada na medicina popular desde a antiguidade com vários benefícios para a saúde. Nativa da América do Norte, Europa e Norte da África, e algumas regiões da Ásia, a erva também se popularizou no Brasil com nomes peculiares. Alguns deles são: erva-carqueja, rabo-de-cavalo e erva-canudo

Eficiente como diurético, o que significa que contribui com a eliminação de líquidos e redução de inchaço, o chá de cavalinha também tem ação sobre hemorragias e pode fortalecer a unha e cabelos. Além disso, a cavalinha pode ser usada para combater os sintomas de estresse e ansiedade, variações do humor e retenção de líquidos. Veja os benefícios do chá a seguir!

Benefícios do chá de cavalinha

Previne a retenção de líquido

O chá de cavalinha previne e combate a retenção hídrica devido a grande quantidade de flavonoides e saponinas em sua composição. Dessa forma, pode também ajudar na eliminação de toxinas, além de prevenir o aparecimento de celulite, inchaço e outros problemas que a retenção de líquido pode acarretar ao corpo.

Dessa forma, a bebida pode ser aliada ao processo de emagrecimento e a adoção de outros hábitos saudáveis. Ao aumentar a produção de urina, o chá ajuda a eliminar o excesso de líquidos retidos nos tecidos do corpo. 

Protege a saúde dos rins

Justamente por ser diurético e ajudar na eliminação de toxinas, o chá é benéfico para a saúde renal, ou seja, protege os rins. Além de poder auxiliar no tratamento de problemas renais e urinários, a exemplo da nefrite, da cistite e das infecções urinárias.

Evita infecções urinárias

Com o aumento das idas ao banheiro, o chá de cavalinha minimiza as chances de infecções urinárias. Isso acontece porque junto com o xixi, as bactérias também são eliminadas do trato urinário, o que evita condições como: cistite e pielonefrite.

Alivia dores

Devido às propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes ( ou seja, a planta é abundante em flavonoides), o chá de cavalinha ajuda a aliviar diversas dores no corpo. Por exemplo, a bebida é benéfica para o tratamento  de reumatismo, de artrite e de gota. 

Saúde da pele e do cabelo

Ao auxiliar na liberação de toxinas, beneficia a saúde e a aparência da pele. Dessa forma, é possível que o consumo da bebida previna o aparecimento de acne, marcas de expressão e rugas. Além disso, contém saponinas, compostos com grande poder antioxidante e derivados do silício, que também é importante para a elasticidade da pele.

Contribui para a saúde óssea 

Por conter minerais como cálcio, magnésio e fósforo, o chá de cavalinha também melhora a saúde óssea. Juntos, esses minerais aumentam a resistência dos ossos e também diminuem a degradação das células ósseas. Além disso, a sílica contribui com a síntese do colágeno, uma proteína fundamental na saúde dos ossos e articulações. 

Ajuda com a pressão arterial

A ação diurética da bebida é um importante aliado no controle da pressão arterial. Isso porque ao eliminar líquidos, a pressão exercida pelos vasos sanguíneos é menor, o que diminui a pressão arterial e não sobrecarrega o coração. Vale reforçar que a hipertensão é um dos principais fatores de risco para doenças cardiovasculares, como derrame e infarto, além de outros problemas como lesões oculares e insuficiência dos rins. 

Como fazer o chá de cavalinha

Ingredientes

  • 150 ml de água fervente;
  • 1 colher de sopa de folhas de cavalinha;
  • Adição de mel ou gengibre são opcionais.

Modo de preparo

Em um recipiente, junte a água com as folhas secas de cavalinha. Em seguida, tampe e deixe descansar por 10 minutos. Depois, é só coar e beber. Para obter os benefícios da bebida, consuma de 2 a 4 vezes por dia. 

Onde encontrar o chá de cavalinha?

Apesar de não ser tão conhecida, é fácil encontrar a cavalinha para aproveitar os seus benefícios através dos chás. As folhas secas podem ser encontradas em lojas de produtos naturais (físicos ou online), feiras de rua, mercados de produtos à granel e até em farmácias. Além da forma desidratada, também é possível optar por sachês prontos de cavalinha. 

No entanto, é necessário se certificar sobre a procedência e segurança do produto, levando em consideração produtos confiáveis e seguras para consumo. 

Quem não deve consumir o chá de cavalinha?

Todas as plantas medicinais merecem atenção com relação as contraindicações. Boa parte delas existe devido a falta de estudos aprofundados sobre os efeitos do chá em determinados públicos. Por outro lado, os efeitos já conhecidos podem ser indesejáveis se conflitarem com condições clínicas já existentes. 

Assim, a princípio, o chá é contraindicado para pacientes de insuficiência renal e cardíaca. Também, não é recomendado para quem tem gastrite ou úlceras duodenais, e é contraindicado na gravidez e amamentação. 

Cuidados no consumo do chá de cavalinha

Embora a bebida ofereça diversos benefícios à saúde, é necessário consumir o chá com moderação. Mesmo sendo seguro para consumo, o excesso pode provocar dores de cabeça, desidratação e levar à irritação do estômago. Consecutivamente, a diarreia pode surgir e desencadear perda de peso indesejada.

É importante saber que o uso do chá é conhecido pelo “tiro curto”, ou seja, deve ser consumido por pouco tempo, em média 1 semana. Por isso, o ideal é consultar um nutricionista para orientá-lo na quantidade diária e no prazo de consumo para se obter os benefícios esperados. 

Perguntas frequentes sobre o chá de cavalinha

cha-de-boldo-do-chile

A bebida pode fazer mal para o fígado? 

Segundo a nutricionista Maiara Souza, a cavalinha não gera problemas para o fígado em doses pequenas. Contudo, o problema está nas doses maiores, que podem afetar o fígado. Portanto, o recomendado é consultar o seu nutricionista.

Chá de cavalinha pode ajudar a emagrecer?

Cavalinha é um chá diurético, portanto, ingeri-lo irá aumentar a quantidade de urina do corpo. Esse processo diminui o inchaço e pode até reduzir os números na balança. Estima-se que a retenção de líquidos possa aumentar até 2kg do peso corporal. De qualquer forma, vale reforçar que a bebida não tem relação com a perda de gordura.

Quem tem pressão alta pode tomar chá de cavalinha?

Sim, inclusive o chá é uma boa bebida para hipertensos já que, por ser um diurético, ajuda a regular a pressão arterial em pessoas que retêm muito líquido, porém não substitui a medicação tradicional.

Quais são os principais benefícios da bebida?

O combate à retenção de líquidos é o efeito que mais se destaca no chá de cavalinha. Porém, é necessário ter cautela e investir em medidas que vão além do consumo da bebida, como recomenda a nutricionista Maiara: “Quem busca esse efeito deve estar se hidratando corretamente, já que parte da causa de retenção é a baixa ingestão de água”, afirma. 

Fontes: 

  • LORENZI, H.; MATOS, F.J. A. Plantas medicinais no Brasil: nativas e exóticas. Instituto Plantarum. Nova Odessa, 2002;
  • SAAD, G.; et al. Fitoterapia contemporânea: tradição e ciência na prática clínica.

 

 

 

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.

Leia também:

mulher praticando chutes em um ringue com seu treinador
Bem-estar Movimento

Kickboxing: tudo o que você precisa saber sobre a modalidade

O esporte de combate desarmado em pé que combina técnicas de soco e chutes

mulher colocando chá em uma xícara, em cima de uma mesa de madeira. o consumo de chá traz muitos beneficios a saúde.
Alimentação

Hábito de consumir chá pelo menos 3 vezes na semana aumenta tempo de vida, diz estudo

Os chás podem ser uma excelente estratégia para quem deseja uma vida longeva e saudável; conheça os benefícios de consumir chá regularmente.

homem idoso sentando no sofá, com uma coberta sobre os ombros, tomando chá verde - um dos alimentos que aquecem o corpo
Alimentação

5 alimentos que aquecem o corpo nos dias frios (e como consumir)

O processo de aquecer o corpo por meio de alimentos é conhecido como termogênese; confira a lista de alimentos para o frio.