Alcachofra: Benefícios, para que serve e como consumir

23 de janeiro, 2020

Pouca gente sabe, mas a alcachofra, na verdade, é uma flor – a mais consumida do mundo. A alcachofra é um alimento extremamente nutritivo e com pouco carboidrato, que pode fornecer inúmeros benefícios à saúde. Além disso, é deliciosa e considerada uma planta medicinal.

Especialmente rica em potássio, é fonte de fibras, água, vitamina C e magnésio. Assim, também abundante também em cálcio, fósforo, ferro e vitaminas, como a A e a B2. Da mesma maneira, é pouco calórica. Mas, a principal função da alcachofra é ativar a vesícula e estimular a bile. Por isso, ela é tão indicada para a digestão das gorduras. 

Assim, em 100 gramas de alcachofra é possível encontrar:

  • 85 g de água
  • 47 calorias
  • 3.27 g de proteína
  • 10.51 g de carboidratos
  • 5.4 g de fibras
  • 0.99 g de açúcar
  • 44 mg de cálcio
  • 1.28 mg de ferro
  • 60 mg de magnésio
  • 90 mg de fósforo
  • 370 mg de potássio
  • 94 mg de sódio
  • 0.49 mg de zinco
  • 11.7 mg de vitamina C
  • 1.046 mg de niacina
  • 68 µg de ácido fólico
  • 13 IU de vitamina A
  • 14.8 µg de vitamina K

Benefícios da alcachofra

Previne o envelhecimento precoce

Rica em antioxidantes e vitaminas, ajuda no combate dos radicais livres, que provocam o envelhecimento precoce. Da mesma maneira, essas propriedades beneficiam os cabelos e as unhas. Também, as fibras atuam para melhorar a qualidade da pele.

Redução do colesterol 

Mas, segundo um estudo comandado por cientistas de diversas universidades europeias, o extrato da flor é capaz de reduzir o nível de colesterol ruim (LDL) no sangue. Ou seja, esse efeito é promovido pelos antioxidantes presentes em sua composição. 

Leia mais: Alimentos que ajudam a diminuir o colesterol

Alcachofra fortalece a imunidade

Recheada com vitaminas, especialmente a vitamina C, seu consumo fortalece a imunidade. Além disso, por ser fonte de ferro, é aliada do tratamento de anemia. 

Previne problemas no fígado 

Cientistas da Universidade de Ciências Médicas de Baqiyatallah, no Irã, comprovaram a eficiência do extrato de alcachofra na prevenção de problemas no fígado. Sobretudo, neste estudo, foi evidenciado que o extrato da flor possui o potencial de remover toxinas que atacam o órgão vital. 

Potencializa o emagrecimento

A grande quantidade de fibras presentes no alimento pode ajudar no processo de emagrecimento, já que aumentam a sensação de saciedade e diminuem a vontade de comer. Porém, vale ressaltar que nenhum alimento isolado promove a perda de peso. Por isso, o vegetal deve ser combinado a uma alimentação saudável e rotina de exercícios físicos.

Como consumir a alcachofra

chá de alcachofra

Versátil, não faltam receitas para alcachofra ser incluída, por exemplo:

Além disso, seu chá também tem se popularizado, assim como as chamadas “cápsulas de alcachofra”, geralmente encontradas em lojas de produtos naturais.

Cuidados no consumo

A alcachofra é considerada um alimento seguro e com poucas contraindicações, principalmente se for cozido. Entretanto, é necessário ter cuidado na hora de consumir essa flor. Ou seja, especialmente no caso de gestantes e mulheres que estiverem amamentando, pois a ingestão em excesso desse alimento pode apresentar riscos ao bebê.

Sobre o autor

Nathália Lopes
Estagiária de Jornalismo