Água: Você sabe quanto deve tomar todos os dias?

7 de agosto, 2019

A água é um componente indispensável para o bom funcionamento do corpo humano. Afinal, quase 60% do peso total de um adulto é água. Sem ela, o corpo desidrata, funções essenciais ficam prejudicadas e podem ocorrer alteração de pressão arterial, deficiências renais, dores de cabeça, a pele resseca e perde viço e até a sede pode ser confundida com fome. 

Mas quanto devemos tomar por dia? Será que o volume ideal é igual para todo mundo?

De acordo com a nutricionista Maria Fernanda Vischi D´Ottavio, do Check-up HCor (Hospital do Coração), cada pessoa precisa de uma quantidade diferente de água. “A variação ocorre por conta do peso de cada indivíduo.” Para calcular o valor mais indicado por dia, no caso de um adulto saudável, a conta é simples: são 35 ml de líquido por quilo de peso. Então, enquanto uma pessoa de 45 kg precisa tomar 1,5 litros de água todos os dias, alguém que pesa 60 kg deve ingerir 2,1 litros. 

Leia também: Emagrecer: 28 dicas para perder peso rápido com saúde

Essa, porém, é a regra básica. “Há muitos fatores que podem influenciar e mudar esse valor. Por exemplo, idosos e atletas precisam consumir mais água, mulheres que estão amamentando e pessoas com metabolismo mais acelerado também”, explica Maria Fernanda. Além disso, fatores externos, como períodos de muito calor e baixo nível de umidade relativa do ar, podem exigir hidratação mais intensa. 

E a água com gás? 

A nutricionista do HCor afirma que substituir a água mineral por água com gás não deveria ser uma prática comum, já que muitas opções no mercado apresentam adição de sódio, o que não é interessante para a saúde. Já pessoas com alterações gástricas, como refluxo e gastrite, podem sentir desconforto ao tomar água gaseificada. “Nada é melhor para hidratar e cuidar do seu corpo como a água mineral ou devidamente filtrada.”

Existe beber água demais?

Se tomar água de menos é ruim, ingerir uma quantidade exagerada também pode ser prejudicial, já que pode causar uma falha eletrolítica – desequilíbrio nos níveis de sais minerais no sangue, especialmente o sódio. A queda nesse componente pode levar aos mesmos efeitos da desidratação: náusea, dor de cabeça, fadiga e aumento da frequência cardíaca.

Confira algumas dicas para manter-se sempre bem hidratado 

De olho na sede

“Quando uma pessoa começa a sentir sede, isso significa que seu corpo já entrou em processo de desidratação”, diz a nutricionista. Por isso, é importante beber água antes da sensação aparecer. A orientação é distribuir o consumo ao longo do dia para não ficar muitas horas sem se hidratar e manter o corpo funcionando regularmente.

Dias de verão

Em dias de temperatura elevada ou em regiões mais quentes é importante aumentar a hidratação. Isso porque o organismo elimina maior quantidade de água através do suor.

Ajuda extra

Se você não curte tomar água, a dica é saborizar: experimente adicionar raspas de limão, pedaços de casca de laranja ou ainda folhas de hortelã. “Essas são forma naturais de dar um sabor mais agradável à água sem acrescentar açúcar ou conservantes.” 

Leia também: Tomar água com limão emagrece?

Sobre o autor

Redação
Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.