Ácido láurico, presente no óleo de coco, ajuda na perda de peso

7 de outubro, 2021

Você provavelmente já leu por aí sobre os benefícios do óleo de coco, certo? Mas você sabia que o grande responsável por muitas das vantagens do alimento é um ativo chamado ácido láurico?

O que é o ácido láurico

“O ácido láurico é obtido a partir da extração do óleo de coco (fruto típico de países tropicais). Ademais, sua concentração se destaca frente a outros tipos de gorduras”, explica a nutricionista Dayse Paravidino.

Ele está presente no leite materno, alimento fundamental para o fortalecimento imunológico nos primeiros anos de vida. Desse modo, ativa a interleucina 2 (IL-2), substância responsável pela produção de células brancas (encarregadas da defesa do organismo).

As gorduras saturadas, principais fontes de ácido láurico, também são encontradas em alimentos como coco e derivados, óleo de palma, leite integral de vaca ou de cabra, algumas sementes e óleo de canola.

Leia também: Dieta do óleo de coco: O que é, como fazer e cardápio

Benefícios

De acordo com a especialista, o ácido láurico é capaz de inibir a ação das prostaglandinas (PGE 2) e da interleucina 6, ambas substâncias pró-inflamatórias presentes em quadros reumáticos, artríticos e musculares.

Além disso, o ativo se destaca no combate à acne, no auxílio da perda de gordura corporal e no aumento da imunidade. “Por ser um alimento gorduroso, também atua na prevenção à prisão de ventre.”

Contraindicações

Segundo sugerem alguns estudos, as gorduras em geral não devem ser consumidas em excesso por pessoas com taxas elevadas de colesterol no sangue, bem como por pacientes com risco aumentado de doenças cardiovasculares.

Por fim, exagerar no óleo de coco pode desencadear, ainda, transtornos intestinais como diarreia, náuseas e cólicas abdominais.

Leia também: Mel congelado, tendência do TikTok, pode causar diarreia e dores no estômago

Onde encontrar e como usar o ácido láurico

Você encontra o ácido láurico em:

  • Coco;
  • Óleo de coco;
  • Óleo de palma (ou palmiste);
  • Leite de coco;
  • Leite integral de vaca ou de cabra;
  • Manteiga;
  • Algumas sementes;
  • Produtos lácteos;
  • Óleo de canola.

Há quem use o óleo de coco diretamente na pele e no cabelo para hidratar e tratar inflamações (como a acne). Contudo, é importante consultar o seu dermatologista antes. Já na cozinha, por outro lado, o ingrediente rende receitas deliciosas. Confira alguns exemplos:

ácido láurico
ácido láurico
ácido láurico

Fonte: Dayse Paravidino, nutricionista, membro da Associação Brasileira de Nutrição (ASBRAN) e da Associação Brasileira de Nutrição Materno Infantil (ASBRANMI).