Melhores alimentos para a saúde do pâncreas

23 de abril, 2021

Você sabe a importância da saúde do pâncreas e quais são suas funções? Basicamente, o pâncreas é um órgão ligado ao sistema metabólico do corpo, uma vez que hormônios importantes são produzidos nele. Por isso, sua saúde merece atenção e, nesse sentido, a alimentação tem um impacto enorme. Sendo assim, existem alimentos que podem beneficiar seu funcionamento.

Importância da saúde do pâncreas

A princípio, ele é um órgão essencial para o sistema endócrino, porém, suas funções no corpo vão além. No corpo, localize-se atrás do estômago.

Sendo assim, atua também no processo da digestão, pois faz a secreção do suco pancreático, o qual contém enzimas digestivas responsáveis por degradar proteínas e lipídeos (gorduras). Para a produção desse suco, também são necessários dois hormônios: a secretina e a colecistoquinina. Porém, eles são produzidos no duodeno (parte do intestino delgado), não no pâncreas.

No que diz respeito à síntese hormonal, o pâncreas produz hormônios muito importantes, como a insulina e o glucagon. Em resumo, a insulina é essencial para o controle da glicemia, ou seja, do nível de açúcar presente no sangue. Já o glucagon, em contrapartida, faz o contrário: aumenta o nível de açúcar. Sendo assim, a boa saúde do pâncreas é importante para evitar a resistência à insulina e a diabetes, por exemplo.

Não só, outras doenças que podem impactar sua saúde são, por exemplo, a pancreatite e a adenocarcinoma, sendo a última um tipo de câncer. No caso da pancreatite, os sintomas mais comuns são, em geral, dores abdominais, vômitos e perda de peso.

Outros sinais de que a saúde do órgão pode estar passando por problemas são:

  • Pele e olhos com coloração amarela
  • Urina escura
  • Inchaço e flatulência depois de comer
  • Dor nas costas

Leia mais: Resistência à insulina: O que é, sintomas e como tratar

Melhores alimentos para o pâncreas

Cúrcuma

A cúrcuma, uma especiaria que também o nome de açafrão-de-terra, é anti-inflamatória. Dessa forma, ela ajuda a evitar o acúmulo de gordura no corpo, além de estimular a produção de insulina, assim ajuda também no controle da glicemia.

Mel

Ainda, o mel é outro alimento anti-inflamatório. Por isso, tem efeito similar ao da cúrcuma sobre o pâncreas.

Alho

Popular como tempero, o alho também é ótimo para a saúde, inclusive no que diz respeito ao pâncreas.

Vegetais crucíferos

Os vegetais crucíferos, como o brócolis, também beneficiam a saúde do pâncreas, pois são fontes de minerais importantes, como o ferro, além de serem também ricos em antioxidantes, como o sulforafano.

Espinafre

O espinafre é mais um alimento que pode beneficiar o órgão. Ainda, inclui-o na dieta pode beneficiar a saúde ocular, reduzir o estresse oxidativo, ajudar a prevenir o câncer e reduzir os níveis de pressão arterial, ou seja, ele também protege a saúde do coração.

Uva

A uva é uma grande fonte de antioxidante e de fibras, por isso, também é recomendável. Sendo assim, ela pode ajudar a controlar a glicemia, estimular a produção de insulina e melhor proteger o pâncreas.

Batata-doce

A batata-doce, parte do grupo dos tubérculos, é um bom alimento para o pâncreas, pois ajuda a controlar o nível de glicemia. Em resumo, por ser fonte de carboidratos complexos, seu consumo previne os picos desse hormônio.

Orégano

O orégano é uma erva rica em vitamina K e demais propriedades que previnem inflamações no corpo. Ele ajuda a proteger a saúde do fígado. Nesse sentido, o consumo do chá de orégano também é uma boa forma de proteger o corpo.

Dente-de-leão

A planta dente-de-leão é um remédio natural cujos benefícios para a saúde ainda não são de conhecimento geral. Ela é fonte de vitamina A e de vitamina K, assim como o orégano. Portanto, é anti-inflamatória. Além disso, ajuda na circulação do sangue e promove ação diurética.

Hábitos que prejudicam o pâncreas

Por fim, a ingestão de bebidas alcoólicas pode ser muito prejudicial para o pâncreas, assim como o tabagismo. Também é ideal evitar alimentos ultraprocessados e ricos em açúcar adicionado.

Sobre o autor

Nathália Lopes
Nathália Lopes
Estagiária de Jornalismo