Existem suplementos que atrapalham o ganho de massa muscular?

21 de junho, 2022

Conquistar mais músculos é o objetivo de muitas pessoas. Infelizmente, para alguns, ele é mais difícil de ser conquistado. Isso porque vários fatores influenciam a questão: seja a genética, o sono, a alimentação… Mas você sabia que até o uso de alguns suplementos pode atrapalhar o ganho de massa muscular?

E não só isso. “Sem a prescrição correta e individualizada, os suplementos podem atrapalhar o ganho de massa, a perda de gordura e até a saúde”, alerta a nutricionista clínica e esportiva Renata Branco.

Mas por que será que isso acontece? Entenda melhor a seguir:

Suplementos vitamínicos e ganho de massa muscular

Primeiramente, vale entender como funciona o processo de ganho de massa muscular — que é, basicamente, um ciclo. Ele começa nos treinos: durante o esforço do exercício, nossas fibras musculares se rompem, gerando pequenas inflamações nos músculos. É com o descanso e a alimentação adequados que o corpo recupera essas lesões, aumentando também a massa muscular nessa etapa.

Além disso, na quebra das fibras musculares, os músculos liberam os chamados radicais livres. O corpo, então, produz substâncias antioxidantes para lutar contra eles e equilibrar seus níveis no organismo — e toda vez que isso acontece, ficamos um pouquinho mais fortes.

O problema é que alguns suplementos, conhecidos por serem antioxidantes (como vitamina C e polifenóis) podem superestimular o corpo, atrapalhando todo esse sistema. Aí, prejudica-se os resultados.

Alguns estudos, inclusive, já apontaram essa relação. Duas pesquisas, uma de 2014 e outra de 2015, mostraram que a suplementação das vitaminas C e E não faz diferença alguma na hipertrofia de pessoas jovens, mas diminui os ganhos de massa magra em pessoas mais velhas.

Outro artigo de 2018, publicado no National Library of Medicine, afirma que suplementos de antioxidantes também interferem na resistência ao exercício longo (endurance).

Leia também: Cafeína em cápsula: saiba para que serve e como tomar

O que fazer?

A primeira dica dada pela nutricionista é simples e clara: não utilize qualquer tipo de suplemento sem a indicação de um profissional. Ele poderá analisar quais nutrientes você precisa reforçar, bem como calcular as quantidades adequadas, sem que a sua hipertrofia e até a sua saúde sejam prejudicadas!

Além disso, é preciso entender também que as substâncias antioxidantes são essenciais para nós e podem ser ingeridas diariamente por meio da alimentação, na maioria das vezes sem a necessidade de suplementação. Em todo caso, consulte seu médico! Confira alguns exemplos de alimentos ricos em antioxidantes:

Fonte: Renata Branco (CRN: 06100083), nutricionista clínica e esportiva.

Sobre o autor

Redação
Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.