Conquiste uma pele bronzeada de forma saudável e duradoura

17 de novembro, 2021

O verão é a oportunidade perfeita para pegar aquela corzinha e ativar a marquinha de biquíni. Mas como fazer isso tomando todos os cuidados necessários para que o bronzeado seja duradouro e a pele bronzeada não saia prejudicada?

De acordo com a dermatologista Glaucia Wedy, a exposição solar sempre deve acontecer acompanhada do uso de protetor. “O produto deve ser reaplicado a cada duas ou três horas e o fator de proteção mínimo deve ser 30”, afirma.

Ou seja, se você é daquelas que acha que não precisa usar protetor muito forte ou, pior, que nem precisa usar protetor porque tem a pele mais escura, não se engane. Isso porque todos precisam proteger a pele dos raios nocivos do sol. “Quanto maior o Fator de Proteção Solar (FPS), mais a pessoa estará protegida. E, ainda assim, precisa reaplicar. Todos os tipos de pele precisam de protetor solar, tanto brancas, quanto amarelas ou negras.”

A especialista acrescenta que, mesmo quem estiver usando chapéu e roupas com proteção solar, deve usar protetor, já que, além de diminuir a possibilidade de câncer de pele, ele evita o envelhecimento precoce e o surgimento de manchas.

Leia também: Nutrição e bronzeado: Alimentos que ajudam a pele no verão

Proteção até embaixo d’água

Além disso, é comum que, no verão, muita gente passe horas embaixo da água sem se dar conta de que, ao final do dia, pode ganhar queimaduras no lugar de um bronzeado bonito. “Mesmo embaixo da água, há a necessidade de passar protetor. O ideal é aplicar na pele pelo menos 30 minutos antes de se expor ao sol ou à água.”

Outra dica para um bronzeado saudável é manter a pele hidratada usando produtos adequados e tomando muito líquido, especialmente água. Portanto, vale abusar dos óleos e cremes hidratantes. Além disso, evite banhos muito quentes, que podem contribuir para que a pele descame mais rápido.

Leia também: Sucos nutritivos, naturais e saudáveis para café da manhã

Alimentação é importante para manter a pele bronzeada

Para quem quiser um reforço na manutenção do bronzeado, a dica é cuidar da dieta, acrescentando alimentos ricos em betacaroteno, como cenoura e frutas amarelas e alaranjadas (manga, damasco, mamão e acerola) no cardápio. Ademais, vegetais como couve, brócolis, espinafre e abóbora também são indicados.

“Para garantir a proteção da pele e um bronzeado duradouro, consuma diariamente entre duas e três porções desses alimentos”, explica a nutricionista Evelyn Monteiro.

Leia também: Exercícios para deixar as pernas saradas para o verão

Fontes: Glaucia Wedy, médica dermatologista da Clínica Carvalho Concept; e Evelyn Monteiro, nutricionista da Vapza Alimentos.

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.