Você sabe o que significa o número de FPS do protetor solar?

22 de setembro, 2021

O uso do protetor solar durante o verão é indispensável. Seja para pegar um bronze ou apenas curtir o calor na praia ou na piscina. Mas você sabe para que serve o FPS do protetor solar?

“O Fator de Proteção Solar (FPS) é a medida do protetor contra os raios UVB, responsáveis pela vermelhidão da pele quando ficamos expostos ao sol. E o número do FPS indica quanto tempo podemos ficar expostos aos raios solares sem que isso aconteça”, explica Dra. Thais Zolini, médica formada pela UNICAMP.

Um exemplo disso é uma pessoa que toma sol e a pele fica vermelha em 5 minutos. Assim, a especialista explica que ao usar um protetor solar com FPS 30, é possível ficar exposto sem apresentar vermelhidão 30 vezes mais do que esse período, ou seja, durante 150 minutos.

Leia também: Cuidados com a pele no inverno: 4 dicas poderosas

Qual é o fator ideal de FPS para cada tipo de pele?

Antes de mais nada, existem diferentes fatores de FPS. Dessa maneira, cada um é indicado para um tipo de pele.

“O protetor solar precisa ter proteção contra os raios UVB (indicado pelo FPS) e UVA (indicado pelo PPD), e é ideal que ele tenha no mínimo FPS 30 e PPD de 1/3 do valor do FPS, que, neste caso, seria 10” ressalta Dra Thais Zolini.

Sendo assim, quanto mais clara for a pele, maior deve ser o FPS. Isso porque a cada três horas, o fator diminui pela metade e o protetor solar perde a eficácia.

Leia também: Pele madura: Saiba quais etapas do skincare você deve adotar

Como usar o protetor solar

“É recomendado passar o protetor solar pelo menos 30 minutos antes de se expor ao sol e reaplicar a cada 3 horas, após realizar mergulhos ou em casos de transpiração excessiva” afirma a dermatologista.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Dermatologia, há uma quantidade de protetor solar indicada para cada parte do corpo. Sendo uma colher de chá de protetor solar nas seguintes regiões:

  • Rosto, pescoço e cabeça;
  • Uma na parte da frente do tronco e outra atrás;
  • Em cada braço;
  • Na parte da frente de cada perna e outra atrás.

Fonte: Dra. Thais Zolini, Médica formada pela UNICAMP | Atua na Clínica Surgical Medicina Integrada |Residência em Dermatologia pela UNICAMP.

Sobre o autor

Julia Moraes
Julia Moraes
Repórter