Fígado de boi é realmente saudável? Especialista explica

Alimentação Bem-estar
09 de Março, 2022
Fígado de boi é realmente saudável? Especialista explica

Muita gente torce o nariz para o fígado de boi, mas há quem ame o alimento. Se você faz parte do segundo grupo, saiba que ele pode fornecer inúmeros benefícios para o organismo, uma vez que carrega muitos nutrientes.

Contudo, basta uma rápida pesquisada sobre a proteína na internet, que uma informação se destaca: será mesmo que o fígado de boi é fonte de gorduras saturadas? Fomos perguntar a uma especialista:

Benefícios do fígado de boi

“Trata-se de um alimento rico em nutrientes que faz parte do cardápio de muitas famílias — assim como outras vísceras não menos importantes para a saúde do corpo”, diz a nutricionista Dayse Paravidino.

As vísceras são órgãos internos do corpo do animal. Elas são subdivididas em dois grupos: vísceras musculares (textura e aparência de carne, como língua, coração e moela) e vísceras secretoras (mais brilhantes e gosmentas, como o fígado e os testículos).

O fígado de boi, especificamente, contém substâncias importantes para diversos processos celulares, incluindo o reforço do sistema imunológico. São elas:

Vitamina A

A vitamina A foi descoberta em 1913. Anos depois, cientistas identificaram sua estrutura básica: o retinol. Mas foi só em 1976 que o termo “retinoide” foi criado para nomear o grupo de substâncias naturais ou sintéticas da vitamina A.

Ela é uma vitamina anti-inflamatória e que, por isso, beneficia também a imunidade, a visão e a pele. E a novidade é que o composto ajuda na queima de gordura, comprovou um estudo realizado na Universidade Médica de Viena, na Áustria.

Vitamina B5

A vitamina B5 é parte do complexo B e desempenha funções no corpo como produzir colesterol, hormônios e hemácias. Seu nome é, na verdade, ácido pantotênico, e ela é especialmente benéfica para a saúde da pele. Além disso, é notória por ajudar no alívio do estresse e da ansiedade.

Vitamina B6

Também chamada de piridoxina. Ela cumpre diversas funções no organismo, inclusive ajuda na conversão de macronutrientes em energia e na prevenção de doenças, ou seja, no fortalecimento da imunidade. Além disso, está diretamente ligada à produção de hormônios importantes, como a serotonina, o hormônio da felicidade, e é importante para a saúde cardiovascular.

Vitamina B12

A vitamina B12 (cujo nome também é cobalamina) integra diversas funções importantes, a começar pelo sistema nervoso, além de atuar diretamente na reparação do nosso DNA, na formação das hemácias e até na prevenção da depressão.

Vitamina C

Popularmente conhecida como ácido ascórbico, a vitamina C está presente em alguns alimentos e também pode ser obtida por meio de suplementos (pastilhas efervescentes, balinhas de goma, comprimidos e líquido). Esse tipo de vitamina é vital para os seres humanos e precisa fazer parte da dieta, pois o organismo não a produz naturalmente. Por isso, a preferência é que ela seja inicialmente ingerida por meio da alimentação.

Leia também: Fake News: Fígado de boi não cura gripe

Folato (ácido fólico)

O ácido fólico, que também é conhecido como folato, é a vitamina B9. Apresenta papel fundamental no processo de multiplicação celular e na formação de proteínas estruturais. Além disso, é essencial para a renovação dos glóbulos vermelhos no sangue e sua falta no organismo pode levar à anemia.

O nutriente também é importante para proteger o corpo contra doenças cardiovasculares e para a saúde do sistema nervoso, e fortalece a saúde da pele, das unhas e dos cabelos. Outros benefícios do folato incluem: melhora do sistema imunológico, incentivo à função cerebral e à capacidade cognitiva e apoio ao equilíbrio da saúde emocional.

Selênio

Mineral de poderosa ação antioxidante de enorme importância para a saúde do corpo humano. Contribui para o reforço do sistema imunológico e para o fortalecimento dos ossos, por exemplo.

Riboflavina no fígado de boi

A vitamina B2, que também é chamada de riboflavina, é importante para o organismo porque participa de diversas funções, como estimular a produção de sangue, manter o metabolismo adequado, favorecer o crescimento e o desenvolvimento da criança e prevenir doenças, já que possui atividade antioxidante.

Cobre

Entre suas funções, o mineral está ligado ao transporte de ferro, ao fortalecimento da imunidade e à saúde cerebral. No caso dos bebês, o cobre é importante para a formação do sistema imunológico.

Segundo um estudo realizado na Universidade de Nebraska, nos Estados Unidos, o cobre e o zinco são dois dos minerais mais importantes e que devem ser mais abundantes na dieta.

Zinco

Essencialmente, o zinco possui algumas funções essenciais para a manutenção da vida, como: síntese de proteínas e DNA, divisão celular, bem como ação direta no sistema imune.

Leia também: Anemia infantil: conheça os tipos, causas, sintomas e tratamentos

Fígado de boi é ruim para o colesterol?

O fígado de boi possui quantidades significativas de gorduras — sobretudo as saturadas. O que pode preocupar algumas pessoas. Mas a nutricionista explica melhor. “Para a maioria de nós, o colesterol exógeno (aquele que ingerimos na comida) tem pouca importância para as alterações negativas no colesterol endógeno (produzido pelo próprio organismo e que circula pela corrente sanguínea).”

Ou seja, alimentos que constituem boas fontes de gordura, como ovos, laticínios, carnes e vísceras não precisam ser excluídos da dieta, a não ser em casos bem específicos. “A atenção quanto aos níveis de colesterol no sangue deve se voltar para as gorduras ruins, advindas de comidas processadas (biscoitos, bolos, sucos e refrescos embalados, refrigerantes, doces, por exemplo). Isso porque elas costumam ter um impacto muito maior no aumento das taxas, além de oferecerem excesso de carboidratos de rápida absorção”, complementa a especialista.

Portanto, se o fígado de boi fizer parte de um cardápio saudável e diversificado, ele pode ser muito bom para a nossa saúde. Priorize preparações menos gordurosas, como bife grelhado, cozido, assado ou ensopado.

Leia também: Receitas deliciosas com os ingredientes da xepa do BBB 22!

Fígado de boi cura gripe?

A fake news é antiga, de 2018. Mas voltou a circular no Whatsapp recentemente, devido ao surto de gripe H3N2, uma variante do vírus Influenza A. A mensagem afirma que um suposto diretor do Hospital das Clínicas (HC), preocupado com a doença, faz várias recomendações para combater a enfermidade.

Dentre os conselhos, o texto cita comer fígado de boi para combater a gripe. Em resposta ao G1, a assessoria de imprensa do HC disse que o seu diretor não fez qualquer tipo de recomendação a respeito do assunto.”O HCFMUSP esclarece que o áudio e o texto que estão circulando nas redes sociais, nos quais, supostamente, a Diretoria Clínica do HC faz um alerta sobre a gripe H3N2, não foram feitos pelo hospital”, diz a nota.

Por fim, vale lembrar também que não há nenhuma comprovação científica de que o fígado de boi seja capaz de acabar com a doença. Isso porque nenhum alimento, sozinho, é capaz de curar a gripe. Quem realmente combate o vírus é o próprio sistema de defesa do corpo. Assim, os medicamentos entram apenas para aliviar os sintomas e ajudar o organismo a se recuperar sem maiores sequelas.

Fonte: Dayse Paravidino, nutricionista, membro da Associação Brasileira de Nutrição (ASBRAN) e da Associação Brasileira de Nutrição Materno Infantil (ASBRANMI).

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.

Leia também:

foto de um prato colorido com legumes, salada e grãos
Alimentação Bem-estar Receitas

Encontrar receitas vegetarianas é difícil para você? Veja 20 opções!

Aqui na Vitat, você consegue encontrar inúmeras opções de receitas vegetarianas para variar o seu cardápio. Separamos algumas, confira!

5 benefícios da banana
Alimentação Bem-estar

5 benefícios da banana para os atletas

Liberação gradual de energia e recuperação muscular são alguns dos benefícios. Veja outros!