Piores alimentos para a aparência e saúde da pele

12 de agosto, 2019

Não é novidade que o que comemos e bebemos interfere na saúde do nosso corpo – e com a pele não seria diferente. Determinadas comidas e bebidas afetam a produção das glândulas sebáceas e podem mexer com o funcionamento do intestino, piorando a aparência e viscosidade da cútis. Saiba o que cortar do cardápio para uma pele exuberante de dentro para fora, garantindo assim a saúde da pele:

Piores alimentos para a aparência e saúde da pele

Leite e iogurte

Alguns produtos lácteos podem contribuir para problemas de pele em pessoas mais sensíveis e alérgicas, como a acne. Uma pesquisa na Itália mostrou que o leite desnatado, por exemplo, está associado ao problema por estimular a produção de oleosidade na pele. Os laticínios também podem desencadear a condição de vermelhidão. 

Leia também: Alimentos que ajudam a fortalecer os cabelos

Bebidas alcoólicas 

O álcool provoca a perda de água do organismo, e consequentemente deixa a pele desidratada, sem elasticidade e com aspecto envelhecido. Esta desidratação também favorece o aparecimento de rugas. 

Sorvete entre os piores alimentos para a saúde da pele 

Tanto os de massa quanto os picolés cremosos são ricos em açúcar, gorduras e corantes, aditivos que prejudicam a pele e o corpo. Para refrescar, prefira o iogurte frozen ou picolés simples, à base de suco de frutas.

Sódio

Comida muito salgada, temperos prontos e produtos industrializados são ricos em sódio, que faz com que o corpo retenha líquido, causando inchaço e podendo agravar a celulite. Com o consumo excessivo de sódio os tecidos incham, criam bolsas embaixo dos olhos, agravam a acne e ainda aceleram o envelhecimento.

Carboidratos

Segundo pesquisa da Universidade na Austrália, os carboidratos refinados estão associados ao aparecimento de acne. Alimentos como arroz e pão branco são digeridos rapidamente, indo diretamente para a corrente sanguínea e afetando o problema. 

Piores alimentos para a saúde da pele: embutidos 

Alimentos como salame, mortadela e presunto são ricos em gordura saturada, sódio e nitratos. Essas substâncias promovem a inflamação da pele, a retenção de líquidos e ainda intoxicam o organismo, acelerando o envelhecimento precoce. E não é só a pele que sofre: as substâncias presentes nos embutidos também deixam cabelos e unhas quebradiços.

Açúcar

Uma equipe de nutricionistas e dermatologistas revisou a conexão científica entre alimentos e pele e chegou a resultados bem convincentes. Publicada no periódico norte-americano Journal of the Academy of Nutrition and Dietetics, o estudo diz que consumir muito açúcar (refrigerante, mel) ou carboidratos simples (biscoitos, bolos, cereais) pode afetar os seus níveis de insulina, levando a inflamações dentro do corpo ou no rosto.

Margarina

Na Harvard Medical School alertam que o alimento deve ser evitado, uma vez que é rico em gorduras saturadas, mesmo aqueles vendidos como tendo baixo teor desse tipo de gordura. Em 2015, a revista americana Photochemistry and Photobiology divulgou um estudo impressionante em que foi avaliada a influência das gorduras trans, o dano oxidativo e a função mitocondrial na pele de ratos expostos à radiação ultravioleta (RUV). Os resultados mostraram que as gorduras hidrogenadas (como as que a margarina contêm) se correlacionam positivamente com a espessura da pele e rugas.

Batata frita

As batatas fritas contêm produtos finais da glicação avançada (AGE). Esse tipo de alimento é vinculado com o excesso de formação de radicais livres, que encurtam a vida e envelhecem a pele de forma prematura.

Leia também: Chocolate na TPM. Pode?

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.