Ciclo das sementes: aprenda estratégia que ameniza a TPM

Alimentação Bem-estar
24 de Agosto, 2022
Ciclo das sementes: aprenda estratégia que ameniza a TPM

A TPM (tensão pré-menstrual) manifesta sintomas diferentes em cada mulher. Há quem sinta mais os efeitos dessa fase e sofra com o aumento de acne, irritabilidade e alterações no peso. “Embora não haja um tratamento definitivo para atenuar os sintomas e alterações decorrentes do ciclo menstrual, a mudança no estilo de vida tem se mostrado um método mais eficaz para abrandar este quadro do que tratamentos medicamentosos”, explica a nutricionista Camila Varella. Uma delas, segundo a especialista, chama-se ciclo das sementes. Apesar do nome curioso, a estratégia é bem simples. “Basta incluir o consumo de sementes em períodos específicos do mês para regular os hormônios femininos (estrógeno e progesterona)”, sugere.

Veja também: Ciclo menstrual x exercícios: como deve ser o treino a cada fase

Afinal, o que é o ciclo das sementes?

Ele é conhecido por favorecer a regulação hormonal que, consequentemente, ajuda a controlar os sintomas de cada fase do ciclo menstrual, incluindo a acne hormonal. Ou seja, o ciclo é um protocolo alternativo capaz de beneficiar o bem-estar da mulher. “Como resultado, diversas pesquisas já determinaram que há uma relação direta entre o consumo de grãos integrais e a diminuição dos sintomas físicos e comportamentais da TPM. Dessa forma, o aumento do consumo destes grãos está ligado ao aumento da ingestão de alguns micronutrientes como ferro, zinco, manganês, vitamina E, cobre, piridoxina e biotina. Então, é possível afirmar que a abordagem nutricional adequada pode ser positiva neste período”, reforça Camila.

Como seguir o ciclo das sementes

As sementes permitidas ao longo do ciclo são apenas quatro: sementes de abóbora, linhaça, gergelim e de girassol. Você deve consumi-las in natura e necessariamente com suas cascas, pois são nelas que se concentram as lignanas, fitoquímicos que bloqueiam o excesso de hormônios, assim, prevenindo desequilíbrios. A princípio, elas estão à venda na maioria dos supermercados e lojas de produtos naturais.

Fases do ciclo menstrual

Antes de mais nada, é importante conhecer as fases do seu ciclo para começar o método. Veja:

fases do ciclo menstrual

Primeira fase do ciclo: do 1º ao 14º dia

Na primeira fase do ciclo — a fase folicular — que acontece a partir primeiro dia da menstruação, as sementes consumidas serão a linhaça e a de abóbora. A quantidade de ambas é uma colher de sopa todos os dias durante duas semanas. Nessa fase, o nível de estrogênio ou estrógeno, o principal hormônio feminino, aumentará. Por isso, opte por incluí-las na alimentação em vitaminas, sopas, saladas e, se possível, trituradas. Além disso, as duas são ricas em ômega-3 e a semente de abóbora é fonte de zinco, mineral que aumenta a síntese de progesterona, um hormônio que possui papel importante na regulação do ciclo menstrual e na manutenção da gestação.

Leia mais: Ômega-3 na gravidez: Saiba porque é importante

Segunda fase do ciclo: 15 º ao 28º dia

Nessa fase (lútea), você deve ingerir as sementes de gergelim, ricas em vitamina E, e as de girassol, fontes de selênio. Ambas devem ser consumidas diariamente (1 colher de sopa) por duas semanas. Elas são sementes ricas em ômega-6, um tipo de ácido graxo (gordura boa), assim como o ômega-3.

Leia também: Ômega-3 e ômega-6: Saiba mais sobre as gorduras do bem

Benefícios de seguir o ciclo das sementes

  • Melhor regulação do ciclo menstrual: alivia a TPM e os sintomas da menopausa.
  • Redução das cólicas menstruais.
  • Ameniza a ansiedade e melhora o humor.
  • Por fim, diminui a vontade excessiva de comer doces ou outras comfort foods.

Outros ciclos que podem ajudar

Camila acrescenta que existem outras formas de potencializar o ciclo das sementes. Por exemplo:

  • Ciclo dos chás: na primeira fase, incluir chá de amora ou sálvia. Já na segunda parte do ciclo, entram os chás de gengibre, camomila e vitex.
  • Ciclo dos óleos: neste caso, alterna-se o uso de ômega 3 e óleo de prímula ou borragem.

“Contudo, vale destacar que é essencial a procura de um profissional nutricionista para que a indicação seja personalizada, considerando uma avaliação bioquímica (exames hormonais), além de doenças associadas (SOP, endometriose, SPM, infertilidade etc) e de sinais e sintomas”, finaliza.

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.

Leia também:

poke é saudável
Alimentação Bem-estar

Poke é saudável? Veja dicas na hora de consumir

Veja dicas de alimentos que não vão interferir no seu objetivo, seja emagrecer ou ganhar massa magra

mulher se consultando com um médico
Bem-estar Saúde

Preparação para a bariátrica vai além dos exames e envolve mudanças de vida

Antes de entrar no centro cirúrgico, o candidato à cirurgia bariátrica percorre um caminho de preparação que promete mais do que a perda de peso: uma

tempo em frente às telas
Alimentação Bem-estar Equilíbrio Saúde

Maior tempo em frente às telas está associado à piora da dieta de adolescentes

Pesquisa brasileira avaliou dados de 1,2 mil adolescentes e constatou que a maioria gasta mais de 2 horas de tempo em frente as telas