5 dicas para queimar mais calorias

Alimentação Bem-estar Movimento
07 de Agosto, 2019
5 dicas para queimar mais calorias

Você alguma vez já se perguntou se existe uma fórmula para queimar mais calorias? Então, você vai gostar da ajuda que a nutricionista Maria Fernanda Castioni, Mestre em Bioquímica e professora do curso de Nutrição da Universidade Católica de Brasília, pode oferecer. 

Antes, vale lembrar que as calorias são fundamentais para o funcionamento do nosso corpo. Afinal, para que as células possam realizar todas as funções biológicas é necessário ter combustível – fornecido pelos alimentos em forma de caloria. “Também temos que saber que existem calorias boas e outras ruins, vazias. Em termos de valor calórico, um copo de suco de laranja e um de refrigerante são muito parecidos. A diferença é que o suco contém vitamina c, cálcio, fibra e outros nutrientes importantes. Já o refrigerante é composto, basicamente, por açúcar, corante, estabilizante e acidulante. Ou seja, nada interessante para a saúde do organismo”, esclarece a profissional. 

Leia também: Perder barriga: melhores exercícios, cardápio e receitas

Outro aspecto importante é o metabolismo: processo de reações químicas que operam as funções fisiológicas básicas do corpo. Seu ritmo de funcionamento é diferente em cada indivíduo, pois parte dele depende do código genético dos nossos pais. “É por isso que muita gente tem maior facilidade em perder peso, enquanto outras pessoas fazem isso com menos eficiência. Ninguém funciona da mesma forma”, conta. 

Mas é possível dar uma ajudinha extra ao seu organismo, acelerar a queima de calorias e, finalmente, eliminar aqueles quilinhos a mais. Confira: 

Fazer atividade física

É impossível falar de queima calórica sem mencionar a atividade física. Ela é a principal aliada na hora de mandar para o espaço as calorias a mais que ingerimos. “Quanto mais trabalho muscular você fizer, mais energia seu corpo vai demandar. Como um carro, que na subida gasta mais energia, nosso corpo também queima mais caloria para funcionar quando estamos fazendo exercícios”, compara a nutricionista. 

Nesse caso, os queridinhos são os aeróbicos, que exigem maior quantidade de oxigênio e fazem o coração acelerar. Então, foco em atividades como corrida, jump e spinning. Mas não pense que, por isso, você deve deixar de lado os exercícios de força e resistência. “A musculação ajuda na queima calórica porque quanto mais massa muscular eu tenho, mais eu gasto energia. O tecido da musculatura precisa de mais energia que o tecido adiposo para funcionar.” Então, capriche no aumento de massa muscular para acelerar o metabolismo e queimar mais caloria. 

Leia também: Emagrecer: Exercícios fáceis para perder peso

Mudar o estilo de vida

Está sem tempo para incluir atividade física na sua rotina? Então comece a mudar alguns hábitos de vida que podem elevar seu gasto energético. São dicas simples, como optar pela escada ao invés do elevador – em casa e no trabalho –, deixar o carro na garagem e andar a pé sempre que possível, e descer do ônibus um ou dois pontos antes. “A gente tem que perceber que, com a vida moderna, passamos a ter mais economia de energia, reduzindo nosso gasto calórico. São comodidades como escada rolante, controle remoto, vidro elétrico.” Calcula-se que esses avanços tecnológicos representam até 15% em economia calórica, e aí o corpo acaba armazenando essa sobra em forma de gordura. 

Apostar nos termogênicos

Você talvez já tenha ouvido falar sobre os termogênicos, alimentos que aceleram o metabolismo e, por isso, podem aumentar o gasto energético em até 5%. A lista é longa e inclui: chá verde, gengibre, mostarda, café, guaraná em pó, pimenta, brócolis e canela. “São itens interessantes e de fácil acesso, mas é preciso tomar cuidado porque não é todo mundo que pode consumir esses alimentos, nem na mesma quantidade. Um hipertenso, por exemplo, pessoas com dificuldade de concentração ou distúrbios de sono e idosos não podem fazer uso deles sem orientação médica ou de um nutricionista”, alerta Maria Fernanda. 

Mais um ponto importante é consumir os termogênicos da forma mais natural possível e sem adição de açúcar, no caso dos chás e do café. “Não adianta ingerir esses produtos e, em seguida, comer algo com açúcar ou farinha branca. Isso aumenta os níveis de insulina e a resposta metabólica e pode até contribuir para aumentar o peso.” 

Manter uma alimentação equilibrada

Uma dieta balanceada, aliada ao poder dos termogênicos, pode contribuir para melhorar a queima de calorias. Evite o consumo exagerado de carboidratos simples (refinados e farinha branca), que se transformam em açúcar muito rápido no organismo. “Dê preferência aos carboidratos complexos, como alimentos integrais. E inclua mais proteína na alimentação diária.” Outra dica é adotar o hábito de comer menos e em intervalos. Não precisa ser a cada três horas, mas seguir uma regularidade auxilia o corpo a gastar calorias de forma mais equilibrada e frequente. 

Ter uma boa noite de sono

Assim como nosso corpo precisa de energia para funcionar, também é necessário oferecer a ele descanso apropriado. Sempre que você passa a noite em claro, acaba estimulando a produção de um hormônio chamado grelina, o que aumenta o apetite e os estoques de gordura. De acordo com uma pesquisa feita pela Universidade de Uppsala, na Suécia, dormir pouco amplia o risco de obesidade e diabetes tipo 2. Então, durma melhor e queime mais calorias no dia seguinte.

Leia também: 6 hábitos que fazem o metabolismo queimar (mais) gordura

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.

Leia também:

mulher praticando chutes em um ringue com seu treinador
Bem-estar Movimento

Kickboxing: tudo o que você precisa saber sobre a modalidade

O esporte de combate desarmado em pé que combina técnicas de soco e chutes

mulher colocando chá em uma xícara, em cima de uma mesa de madeira. o consumo de chá traz muitos beneficios a saúde.
Alimentação

Hábito de consumir chá pelo menos 3 vezes na semana aumenta tempo de vida, diz estudo

Os chás podem ser uma excelente estratégia para quem deseja uma vida longeva e saudável; conheça os benefícios de consumir chá regularmente.

homem idoso sentando no sofá, com uma coberta sobre os ombros, tomando chá verde - um dos alimentos que aquecem o corpo
Alimentação

5 alimentos que aquecem o corpo nos dias frios (e como consumir)

O processo de aquecer o corpo por meio de alimentos é conhecido como termogênese; confira a lista de alimentos para o frio.