Menopausa e envelhecimento da pele: Entenda a relação

16 de setembro, 2021

Flacidez, rugas, ressecamento e manchas são alguns sinais da cútis que incomodam as pessoas. Além da mudança natural, a menopausa e as alterações hormonais aceleram o envelhecimento da pele.

A suspensão definitiva da menstruação acontece por volta dos 50 anos de idade. Assim, a fase, que também é conhecida como ‘período de climatério’, causa ondas de calor, diminuição da libido e outros sintomas decorrentes da ausência de estrogênio e progesterona.

Isso porque os ovários param de produzir hormônios e a pele não demora muito a sentir a queda de colágeno (substância que garante a firmeza) e a síntese de elastina (responsável pela elasticidade). Resultado: ressecamento, afinamento da derme e marcas de expressão.

Além disso, a velocidade do envelhecimento depende de alguns fatores, como tabagismo, má alimentação, exposição solar e fatores genéticos. Mas a boa notícia é que, aliando cuidados de saúde e beleza, é possível minimizar os efeitos do envelhecimento.

Menopausa e envelhecimento da pele: Como amenizar o processo

Produtos nutritivos e firmadores, além de uma rotina regrada, ajudam a deixar a pele bonita por mais tempo. Então, veja dicas para retardar as imperfeições:

Leia também: Como os exercícios físicos interferem nos cuidados com a pele

Hidratação intensa

O consumo de água recomendado é de, no mínimo, oito copos por dia. A menopausa contribui para a desidratação e deixa a pele com aparência seca ou áspera. Sendo assim, esqueça os banhos quentes e aposte em dermocosméticos indicados para a hidratação da pele madura.

Menopausa e envelhecimento da pele: Proteção solar

Os cuidados com a exposição direta ao sol valem para qualquer idade, mas mulheres na menopausa precisam de uma proteção redobrada. A pele já danificada pelo tempo tende a desenvolver ainda mais manchas e marcas sem o uso do filtro solar.

Xô tabagismo

Além das possíveis doenças no pulmão, o cigarro aumenta as rugas ao redor da boca contribui para o ressecamento da pele.

Leia também: Cuidados com a pele x saúde mental: Conheça a relação

Dieta saudável

Saúde e beleza andam juntas! Isso porque a mudança estética não acontece só pelo lado de fora, é preciso ter um organismo equilibrado para conquistar bons resultados na pele. Uma dieta saudável é fundamental para mulheres na menopausa recuperarem nutrientes perdidos ao longo do processo. Dessa forma, as refeições devem incluir proteínas, ácidos graxos e fontes de antioxidantes.

Menopausa e envelhecimento da pele: Cuidados de beleza

Se a ideia é retardar o envelhecimento, é preciso criar uma rotina de cuidados com produtos de beleza. A limpeza deve ser a primeira etapa. Além de remover as impurezas, ajuda no processo de regeneração celular. O esfoliante vem logo em seguida. Duas vezes na semana, vai auxiliar na textura da derme e preparar para a hidratação.

Loções hidratantes e firmadoras arrematam o cuidado. Com a falta de colágeno, é preciso uma ajudinha para o rosto, pescoço e colo. Muitos produtos no mercado já contêm antioxidantes, gorduras e aminoácidos na composição para preservar a firmeza. Não esquecendo a importância do filtro solar ao final do skin care.

Leia também: Vitamina C: Para que serve, como tomar e benefícios

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.