Chás para desinchar depois do feriado: 10 receitas fáceis

8 de outubro, 2021

Um feriadão prolongado vem aí! Muita gente aproveita os dias livres para descansar — mas acaba adotando um cardápio um pouco mais calórico e pesado. O problema, contudo, é que exagerar nas doses de alimentos ricos em sal e gorduras pouco saudáveis pode causar retenção de líquido e uma consequente sensação de inchaço. Veja, então, o que você pode fazer nesse caso e receitas de chás para desinchar depois do feriado!

O que é o inchaço?

O inchaço também tem outro nome: edema. “Ele é caracterizado pelo aumento do volume de partes do organismo sensíveis à ação da gravidade. Desse modo, pode ser observado nos pés ou nos tornozelos por meio de marcas causadas pelos sapatos, pernas que parecem maiores no fim do dia, sensação de corpo pesado e cansaço excessivo”, explica o médico Paulo Lessa.

É importante investigar a origem do inchaço, pois esse diagnóstico indica o tratamento adequado e se o problema pode se tornar um perigo para a saúde. “Muitas doenças que causam inchaço afetam rins, fígado, coração e tireoide. Além disso, alterações vasculares, como as varizes e os edemas de origem linfática, podem resultar em pernas mais inchadas. Portanto, identificar a causa é essencial”, recomenda o especialista.

Além disso, o profissional destaca a necessidade de diferenciar o inchaço relacionado a doenças, daquele gerado pela retenção de líquido. “Este último resulta do acúmulo excessivo de água nas células do corpo. Portanto, dentre as origens, destacam-se alimentação inadequada, problemas hormonais e sedentarismo”, acrescenta.

Ainda que o sexo biológico não interfira na forma como o inchaço é sentido no corpo, a progesterona e o estrogênio, ambos hormônios femininos, estimulam a retenção. Por isso, mulheres no período pré-menstrual ou durante a menopausa podem ser mais afetadas.

Leia também: Alimentos que combatem o inchaço abdominal

Chás para desinchar e práticas que ajudam a combater o problema

Para evitar edemas pós-feriado, o profissional lista alguns hábitos eficazes:

  • Beba muito líquido: A orientação do especialista é beber pelo menos 1,5 litro de água diariamente. “A água, além de manter a pessoa hidratada, traz diversos benefícios, como a melhora do processo digestivo e o aperfeiçoamento da circulação sanguínea”, indica;
  • Adicione proteínas magras: Dê preferência a alimentos ricos em potássio e a proteínas magras. “O mineral reduz o sódio em excesso no organismo (acelga, espinafre, banana, abacate e pera são exemplos de alimentos fontes da substância). Já as proteínas magras, por outro lado, podem ser aves e peixes”;
  • Reduza o sal: “Evite temperos prontos e dê preferência a temperos naturais, como o clássico combo cebola + alho. Além disso, pimenta, coentro, hortelã e gengibre são boas opções”, pontua;
  • Caminhe 15 minutos por dia: “Ficar muito tempo sentado ou deitado, em alguns casos, faz com que as pernas fiquem mais inchadas e pesadas. Mas uma simples caminhada já é eficiente para evitar esse problema”;
  • Tome chás: Alguns chás possuem propriedades diuréticas, como o hibisco, a salsa e a cavalinha. “Eles aumentam a quantidade de urina produzida e eliminada, o que favorece a diminuição da concentração de sódio no corpo. Desse modo, combatem a retenção de líquidos.”

Melhores chás para desinchar

chás para desinchar
chás para desinchar
chás para desinchar
chás para desinchar
chás para desinchar

Fonte: Paulo Lessa, médico e dono do Instituto Lessa.