Ativos da natureza que valem por um calmante

27 de janeiro, 2020

Por mais que a medicina esteja cada vez mais avançada, há quem prefira recorrer aos ativos da natureza para se acalmar, energizar e até purificar. Quem nunca ouviu o conselho de tomar chá de camomila para controlar os nervos? Assim, a sabedoria popular indica há tempos alguns ingredientes como saída para o estresse e ansiedade.

O Brasil é um dos países com mais pessoas ansiosas, segundo relatório recente da Organização Mundial da Saúde (OMS). Pouco mais de 9% da população é afetada pela ansiedade, o triplo da média mundial. Nessa estimativa, as mulheres são a maioria das vítimas do transtorno. 

Por isso, é importante conhecer alguns ativos da natureza e qual seu uso mais comum.

Alcachofra – calmante

Rica em rutina, um tipo de flavonoide que possui efeito calmante e sedativo. Sendo assim, a flor traz compostos fenólicos e enzimas, que combatem os radicais livres. Por isso, o chá de alcachofra é uma antigo conhecido de quem deseja se acalmar de maneira natural.

Leia também: Benefícios de estar em contato com a natureza

Alecrim – energizante 

A Aromaterapia é uma técnica terapêutica milenar que utiliza as propriedades dos óleos essenciais para restabelecer o equilíbrio físico, psíquico e espiritual. Assim, o óleo essencial extraído do alecrim é um ótimo estimulante da memória, do humor e da concentração. 

Argila – calmante

A argila faz parte de tratamentos estéticos e medicinais graças as suas propriedades que regeneram, cicatrizam e tratam a pele. Ela é capaz de reduzir a insônia e a fadiga muscular graças à presença de minerais, como cobre e zinco. Também absorve o excesso de gordura e revitaliza o tecido dérmico.

Leia também: 6 chás que ajudam a dormir melhor

Aveia branca – calmante

Contém apigenina, uma flavonoide com propriedade ansiolítica, e ácido pantotênico, conhecido como vitamina antiestresse, que atua na produção de anticorpos.

Café – energizante

A cafeína estimula as funções celulares e o sistema nervoso central. Com isso, traz maior concentração e resistência ao cansaço.

Camomila – calmante

O chá com maior quantidade de substâncias calmantes e relaxantes é utilizado para auxiliar em espasmos musculares, dores de cabeça, regularização do PH do trato gastrointestinal. É bastante utilizado para combater os sintomas de cólica, ansiedade e insônia devido seu potencial antioxidante e anti-inflamatório”, conta a nutricionista. 

Castanha-da-índia – purificante

A castanha-da-índia, uma semente da árvore castanheiro-da-Índia, é composta de vitaminas C, D e do complexo B. Dessa forma, aumenta as trocas gasosas e a nutrição dos tecidos. O que eventualmente melhora a circulação e diminui o inchaço e cansaço nas pernas.

Chá verde – energizante

A associação de catequinas e cafeína preservam as células responsáveis pela produção de energia no corpo. Da mesma maneira, o chá verde exerce uma importante função antioxidante, o que contribui para a prevenção de doenças cardiovasculares, diabetes e câncer, por exemplo.

Cidreira – calmante

Facilmente encontrada na natureza, a erva cidreira – também chamada de melissa – libera um perfume com ação calmante e relaxante que traz a sensação de conforto.

Gengibre – energizante

O chá ou óleo extraído da raiz são estimulantes do sistema nervoso central por meio da ativação do sistema límbico. 

Hibisco – calmante

A flor não só é antioxidante e hidratante, mas também tem efeito diurético e digestivo. 

Leia também: Chá de hibisco: Como preparar e consumir para emagrecer

Sobre o autor

Julia Moraes
Julia Moraes
Jornalista e repórter da Vitat. Especialista em fitness, saúde mental e emocional.