5 alimentos que aquecem o corpo nos dias frios (e como consumir)

Alimentação
11 de Julho, 2024
5 alimentos que aquecem o corpo nos dias frios (e como consumir)

Você já ouviu falar em alimentos termogênicos? Eles podem ser grandes aliados na dieta, uma vez que possuem propriedades que elevam a temperatura do corpo e aceleram o metabolismo. Isso, além de favorecer o emagrecimento, também combina com o clima gelado e pode ajudar a aquecer o corpo nos dias frios.  

De acordo com o nutrólogo integrativo Neto Borghi, os termogênicos estimulam o sistema nervoso simpático, em um processo conhecido como termogênese. Ele pode elevar o gasto calórico basal e auxiliar no emagrecimento. Além disso, durante os dias frios, pode contribuir para aquecer o nosso corpo e ajudar a manter a temperatura corporal”, explica o nutrólogo integrativo Neto Borghi. 

Confira, a seguir, a lista de alimentos que aquecem o corpo e como consumi-los no dia a dia: 

1. Pimenta vermelha

A pimenta vermelha apresenta um composto chamado capsaicina, de acordo com Neto Borghi, que é responsável pela sensação de ardência ou queimação durante o consumo. Ele atua estimulando os receptores de calor nas células nervosas da mucosa da boca e outras regiões sensíveis do corpo — portanto, levando à percepção de calor. 

Como consumir: a pimenta vermelha crua e fresca pode ser adicionada em saladas, sanduíches ou qualquer prato que você queira dar um toque picante, como sopas, por exemplo. Além disso, também pode adicioná-la em refogados, sopas e molhos. 

2. Gengibre 

Com efeito anti-inflamatório e antioxidante, o gengibre pode não apenas proporcionar um sabor picante aos pratos, mas ele estimula a circulação sanguínea e provoca a sensação de calor interno. 

Como consumir: extremamente versátil, o gengibre pode ser consumido na forma de chá, como tempero e até adicionado em sucos, por exemplo. Além disso, você pode adicionar as raspas sobre cremes doces, sopas e saladas.

Leia mais: Conheça as melhores receitas com gengibre

3. Alimentos que aquecem o corpo: Canela

Com um cheiro marcante e propriedades estimulantes, a canela possui substâncias que atuam aumentando a temperatura do organismo. Portanto, isso faz com que o metabolismo acelere e aumente a queima de gorduras. 

Como consumir: para os dias frios, o chá de canela é a forma mais comum de consumo. Contudo, você pode salpicar o pó de canela nas frutas, bebidas quentes, leite e, se preferir, até na comida.

Leia também: Receitas para o frio: cardápio completo para dias de inverno

4. Café 

O café de todas as manhãs também pode ser um aliado quando as temperaturas despencam. A cafeína, presente em sua composição, é um estimulante natural que pode aumentar ligeiramente a temperatura corporal depois de consumido. 

Além disso, ele também ajuda a melhorar a circulação sanguínea periférica, o que contribui para manter as mãos e os pés mais quentes. 

Como consumir: o café normalmente é consumido pelas manhãs, aproveitando seus benefícios estimulantes. Se você preferir, também pode consumir ao longo do dia, mas o recomendado é evitar durante o período noturno, pois pode resultar em dificuldades para dormir. 

Leia também: Café coado, instantâneo ou expresso: qual é o mais saudável?

5. Alimentos que aquecem o corpo: Chá verde

Assim como o café, o chá verde também conta com as propriedades da cafeína em sua composição — além de compostos chamados de catequinas. Eles, de acordo com o nutrólogo Neto Borghi, ajudam a acelerar o metabolismo e contribuem para aumentar ligeiramente a temperatura corporal.

Como consumir: o chá verde pode ser consumido pelas manhãs, assim como o café. Você também pode consumi-lo ao longo do dia, mas evite durante o período da noite.

Alimentos que aquecem o corpo: veja as contraindicações

Apesar dos benefícios, os alimentos que aquecem o corpo não podem ser indicados para todo mundo, de acordo com Neto Borghi. Confira: 

  • Hipertensão: a cafeína e a capsaicina podem aumentar a pressão arterial;
  • Insônia: a cafeína presente no café e no chá verde, por exemplo, podem interferir na qualidade do sono;
  • Problemas gastrointestinais: o consumo de pimenta e gengibre pode agravar um quadro preexistente
  • Gravidez e amamentação: alguns alimentos (como o chá verde, por exemplo) podem não ser seguros;
  • Por fim, problemas cardiovasculares: o especialista ressalta que o aceleramento do metabolismo pode aumentar a frequência cardíaca e alterar a pressão arterial, prejudicando pessoas com algum problema cardíaco.

Portanto, se você apresentar condições de saúde que possam ser afetadas por alimentos termogênicos, procure orientação médica antes de adicioná-los à sua dieta.

Fontes

  • Dr. Neto Borghi, nutrólogo integrativo, especialista em emagrecimento, vitaminas e hormônios. 

Referências

  • Phung, Olivia J et al. “Effect of green tea catechins with or without caffeine on anthropometric measures: a systematic review and meta-analysis.” The American journal of clinical nutrition vol. 91,1 (2010)  73-81. doi:10.3945/ajcn.2009.28157
  • MINISTÉRIO DA SAÚDE. Desmistificando Dúvidas sobre Alimentação e Nutrição. 2016. Disponível em: <https://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/desmistificando_duvidas_sobre_alimenta%C3%A7%C3%A3o_nutricao.pdf>. 
  • Lima, E. dos S., Ribeiro, D. G., de Jesus, E. B. A., Feitosa, M. A. de S., Coelho, M. C. C., Silva, Y. G. C., Neto, A. C. de O. and Serejo, A. P. M. (2021) “Alimentos termogênicos no controle da obesidade: revisão integrativa da literatura / Thermogenic foods in the control of obesity: integrative literature review”, Brazilian Journal of Health Review, 4(3), pp. 9610–9625. doi: 10.34119/bjhrv4n3-001.

Sobre o autor

Susana Targino
Jornalista da Vitat

Leia também:

chá de boldo
Alimentação Bem-estar

Chá de boldo: para que serve, benefícios e como fazer

O chá de boldo é utilizado para tratar uma variedade de problemas digestivos, como má digestão, gases, azia, constipação e diarreia

prato com ovos, bacon, espinafre e tomates-cereja, ingredientes típicos da dieta cetogênica
Alimentação Bem-estar

Dieta cetogênica é indicada para emagrecer e desinchar; cardápio de 7 dias

Saiba tudo sobre a estratégia alimentar que conquistou muitas famosas

Creatina na menopausa
Alimentação Bem-estar Saúde

Creatina na menopausa: suplemento ameniza efeitos e promove bem-estar

A suplementação surge como uma alternativa promissora para combater os efeitos negativos da menopausa e promover o bem-estar feminino