Alimentos para ter sempre na cozinha

23 de janeiro, 2020

Alguns alimentos vão facilitar muito sua alimentação se você tiver sempre eles por perto, na sua cozinha. Entre eles, estão os que são nutritivos e, ao mesmo tempo, não estragam facilmente, ou seja, que podem ser armazenados por mais tempo.

Além de ter alimentos não-perecíveis em estoque, também é importante saber como mantê-los armazenados corretamente. Veja o que não pode faltar em casa para uma refeição rápida e nutritiva.

Feijão

O feijão, em suas diversas variedades, é excelente para sempre ter em sua cozinha, visto que, além de muito versáteis, podem ser mantidos por meses a fio no congelador sem que estrague. Se você não é muito fã de feijão considere acrescentar essa leguminosa no seu cardápio diário. De acordo com uma revisão de estudos publicada em novembro de 2019 no periódico especializado Advances in Nutrition, o consumo desse alimento reduz o risco de todas as formas de doenças cardiovasculares e reduz a pressão arterial.

Leia também: Broto de feijão: O que é, benefícios e propriedades

Batata-doce

Querida do mundo fitness, a batata-doce deveria estar presente na cozinha de todos. Isso se deve, não só às suas ricas propriedades nutritivas, mas por ela ser facilmente armazenada. Batata-doce tem mais vitamina A e é mais baixa em calorias. Também pode ajudar a estabilizar os níveis de açúcar no sangue porque é um alimento com índice glicêmico baixo a médio (o que significa que seus carboidratos e açúcares não afetam os níveis de açúcar no sangue tanto quanto, por exemplo, macarrão ou sorvete). 

Leia também: 7 benefícios da batata-doce para a sua saúde

Ovos

Além de ser barato e fácil de encontrar em todo o país, ele é versátil, podendo ser consumido em forma de omelete, mexido, cozido ou frito. O ovo contribui para uma silhueta mais enxuta por ajudar na queima de gordura. Ele mantém os níveis de açúcar no sangue controlados, além de trabalhar para o aumento da massa magra e para a redução do colesterol ruim. 

Couve

Além de ser barata e fácil de encontrar em todo o país, a couve é nutritiva e oferece vários benefícios à saúde, que vão de efeito anti-inflamatório e cicatrizante ao combate à celulite.

Essa plantinha faz parte do grupo das crucíferas. Esse grupo de vegetais contém pigmentos antioxidantes que previnem doenças crônico-degenerativas, como o câncer. Ela é uma excelente fonte de ferro, fósforo, cobre, cálcio, manganês, magnésio e selênio. Desse modo, faz você evitar a anemia e ainda contribuir para ter músculos, ossos e dentes mais fortes, além de um melhor funcionamento dos neurotransmissores.

Da mesma maneira, possui potássio, responsável pela contração muscular e funcionamento cardíaco, e zinco, que é de extrema importância para agir contra a ação de vírus, bactérias e fungos.

Leia também: Motivos para colocar couve na sua dieta

Brócolis

brócolis é pobre em calorias e rico em micronutrientes, incluindo vitamina C, vitamina A e vitamina K. Coma crus ou cozidos no vapor para obter um bônus nutricional maior.

Brócolis é um maiores inimigos das células cancerígenas. Isso porque ele é fonte de antioxidantes poderosíssimos — luteína e sulforafano –, que atuam contra a ação de radicais livres no organismo.

Da mesma forma, as folhas e flores dos vegetais fornecem vitaminas (C, K e do complexo B), minerais (cálcio, fósforo e potássio) e boas porções de fibras. Portanto, o diferencial é o sulforafano, fitoquímico que auxilia no controle do açúcar no sangue, beneficia ossos e coração, apresenta ação antioxidante e é comprovadamente inimigo de tumores.

Leia também: Porque você deve comer brócolis todos os dias

Couve-flor

Além de ser parecida fisicamente com o brócolis, a couve-flor também é ótima aliada de quem segue uma dieta. Esse vegetal é versátil e pode ser utilizado em diversas receitas – sabia que tem até arroz feito com a couve-flor?! 

Uma unidade média contém 25 calorias e 3 g de carboidratos. Ainda mais, ela possui 100% da vitamina C que você precisa no seu dia, bem como é excelente fonte de ácido fólico.

Leia mais: Ovos: Como fazer e receitas

Sobre o autor

Nathália Lopes
Nathália Lopes
Estagiária de Jornalismo