Adoçantes artificiais podem aumentar o apetite, diz estudo

19 de October, 2021

Está pensando em substituir o açúcar refinado por alternativas mais saudáveis para emagrecer? Pois saiba que os adoçantes artificiais à base de sucralose podem aumentar o apetite de pessoas com sobrepeso ou obesidade, apontou um novo estudo publicado no JAMA Open.

Os produtos feitos com sucralose estão disponíveis no mercado em muitas formas — a mais comum delas talvez seja o pó. Contudo, o que pouca gente sabe é que a substância também é encontrada em refrigerantes, bebidas e alimentos diet, como molhos para saladas.

Muitas pessoas apostam na sucralose para perder peso. Mas uma pesquisa recente descobriu que mulheres obesas que consumiram líquidos com o adoçante comeram mais em um buffet de desjejum do que aquelas que ingeriram bebidas adoçadas com açúcar.

“Fomos capazes de mostrar que mulheres e pessoas com obesidade podem ser mais sensíveis a adoçantes artificiais”, disse a autora Kathleen Page, professora da Keck School of Medicine, em um comunicado à imprensa. “Para esses grupos, beber bebidas adoçadas artificialmente pode induzir o cérebro a sentir fome, o que resulta no consumo de mais calorias“, completou.

Leia também: Adoçante: Quais os tipos, riscos e como usar

Adoçantes artificiais

Os benefícios dos adoçantes artificiais em uma dieta saudável ainda são discutidos pela ciência. Isso porque enquanto alguns artigos sugerem que eles são úteis, outros apontam que esses produtos contribuem para ganho de peso, diabetes tipo 2 e outros distúrbios metabólicos.

Muitos adoçantes são carregados de aditivos químicos que trazem prejuízos para a saúde caso sejam consumidos em excesso.

Por causa dos efeitos colaterais, a Organização Mundial da Saúde (OMS) e a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) estabeleceram limites para a ingestão diária de adoçantes artificiais. Entretanto, há grandes dificuldades em quantificar o real consumo dessas substâncias, uma vez que elas estão presentes em vários alimentos ultraprocessados, como aqueles prontos para consumir ou aquecer, sem a indicação da sua quantidade.

Leia também: Sacarina é saudável? Conheça o adoçante

O problema da sucralose

A sucralose é uma versão modificada da sacarose. Geralmente é utilizada em produtos de padaria, bebidas, chicletes, gelatinas e sobremesas congeladas à base de leite. No dia a dia, é uma opção para receitas que vão ao forno por causa de sua resistência à temperatura. Também é vendida como adoçante de mesa, podendo adoçar cafés, vitaminas, iogurtes etc.

Geralmente, a sucralose é considerada uma das melhores opções de adoçantes porque contém menos aditivos do que as outras versões disponíveis. Mas a pesquisa recente mostrou que ela não é tão boa quanto aparenta.

Isso porque produtos que aumentam a doçura prejudicam a capacidade de resposta do cérebro aos alimentos. O que pode trazer consequências negativas para o comportamento alimentar (causando quadros de compulsão) e para o metabolismo. No entanto, mais estudos ainda são necessários para comprovar a descoberta.

Leia também: Açúcar de maçã: Conheça o adoçante natural

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.