Como retomar os treinos depois de uma gripe (ou da Covid)

11 de janeiro, 2022

O Brasil está tendo que enfrentar surtos de duas doenças no início de 2022: a gripe H3N2, variante do vírus Influenza A; e a Ômicron, variante do coronavírus. Apesar de diferentes, elas manifestam sintomas parecidos e exigem cuidados como repouso durante o tratamento. Por isso, pessoas que contraíram algum dos vírus devem dar uma pausa na prática de exercícios físicos até a completa recuperação. Mas, e depois, como retomar os treinos após uma gripe ou da Covid?

Como retomar os treinos depois da gripe (ou da Covid)

Espere o corpo se recuperar completamente

Não adianta: é preciso dar tempo ao organismo e esperar os sintomas mais fortes (como febre e mal estar) desaparecerem completamente. Isso porque não podemos esquecer que a atividade física gera uma certa inflamação no corpo, que pode ficar sobrecarregado ao ter que combater a doença e se recuperar da atividade ao mesmo tempo.

Além disso, ficar longe da academia (e respeitar a quarentena) é essencial para não transmitir a doença a outras pessoas.

Leia também: Com gripe, é melhor treinar ou descansar?

Consulte um médico

Com a campanha de vacinação contra a Covid-19 acontecendo a todo vapor, a maioria das pessoas está manifestando a forma mais leve da doença. Mesmo assim, não dispense uma ida ao médico assim que o período de isolamento acabar — mesmo que você esteja se sentindo bem.

“A Covid-19 pode acarretar repercussões no coração, no pulmão e no músculo, que são as bases do funcionamento do organismo durante o exercício. Uma alteração nestes órgãos pode ser fatal em esforços moderados e de alta intensidade”, explica a cardiologista infantil e médica do exercício e do esporte do Hospital Edmundo Vasconcelos, Silvana Vertematti.

O cuidado vale até mesmo para pacientes que se mostraram assintomáticos durante a infecção. “Os assintomáticos e aqueles que não sabem se tiveram a doença, mas relatam fadiga e cansaço, devem ficar atentos e realizar uma avaliação médica prévia”, explica a especialista.

Leia também: Posso me exercitar depois de tomar a vacina? Saiba mais

Retomar os treinos depois da gripe ou da Covid: Volte gradualmente

Por fim, mas não menos importante: nada de querer correr atrás do prejuízo com treinos extremamente intensos, viu? O ideal é voltar aos poucos. Confira algumas dicas:

  • Retorne à academia de forma periodizada, isto é, não todos os dias;
  • Após a finalização do isolamento e da recuperação, por dois dias deve-se apenas fazer atividades leves por menos tempo;
  • O próximo estágio é aumentar, a cada dia, 15 minutos do cronograma de exercícios, até chegar ao que você fazia antes;
  • Da mesma forma, a intensidade e a complexidade dos movimentos deverão ser elevadas gradativamente;
  • Mesmo com a retomada, não deixe de observar possíveis sinais respiratórios, fadiga, aumento desproporcional da frequência cardíaca e outros sintomas.

Fonte: Silvana Vertematti, cardiologista infantil e médica do exercício e do esporte do Hospital Edmundo Vasconcelos.

Sobre o autor

Redação
Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.