Gripe piora à noite? Descubra se é mito e como aliviar os sintomas

Saúde
23 de Março, 2022
Gripe piora à noite? Descubra se é mito e como aliviar os sintomas

É comum ouvir de pessoas que já tiveram gripe que a doença se intensifica bem na hora de dormir. A garganta dói mais, a tosse fica mais frequente, o nariz mais congestionado, e por aí vai. Dormir acaba se tornando um verdadeiro desafio. Mas afinal, de fato a gripe piora à noite? Segundo especialistas, sim. Entenda!

Veja também: Agende aqui a sua vacina contra a gripe

Por que a gripe piora à noite?

Não é impressão: realmente os sintomas da gripe pioram à noite. E não é só a gripe: o incômodo também acontece com quem têm outras doenças respiratórias, como asma, por exemplo.

Isso ocorre porque quando deitamos, diminui-se a movimentação pulmonar de inspirar e expirar, prejudicando a função ventilatória dos pulmões. Com isso, o nariz fica obstruído mais facilmente. 

Além disso, quando estamos gripados, é normal ficarmos mais em repouso. Dessa forma, o fato de a pessoa se movimentar menos nesse período de sintomas gripais e, posteriormente, se deitar para dormir favorece uma série de fatores como o acúmulo de secreção nos seios da face e o consequente entupimento do nariz.

Outra causa é a diminuição de um hormônio importantíssimo enquanto estamos dormindo: o cortisol, responsável por regular nossa respiração. Noites mal dormidas também são prejudiciais, pois são estressantes e impedem que o nosso sistema imunológico receba os estímulos adequados para combater a gripe.

Como aliviar o quadro?

Confira algumas atitudes que podem ajudar a reduzir os sintomas da gripe à noite: 

  • Dormir com a cabeça elevada pode amenizar a congestão e ajudar a liberar o pulmão para respirar melhor;
  • Se manter hidratado, bebendo bastante líquido, sobretudo durante o dia;
  • Ter uma alimentação equilibrada; 
  • Lavar o nariz com soro fisiológico para evitar o acúmulo de secreção.

Como prevenir a gripe

A vacina contra Influenza é a melhor maneira de prevenir a gripe H3N2. Dessa forma, ela é recomendada para todas as pessoas com 6 meses ou mais, inclusive crianças maiores e adolescentes. Além disso, todos os profissionais de saúde também devem receber a vacina anual, pois ela ajuda a reduzir os riscos relacionados à transmissão do vírus.

Outras maneiras de se prevenir da infecção são lavar sempre as mãos e frequentar ambientes ventilados, além de medidas que se assemelham àquelas adotadas para prevenção da covid-19: uso de máscara, álcool em gel e o distanciamento social.

Leia mais: Razões para se vacinar contra a gripe, segundo especialistas

Sobre o autor

Fernanda Lima
Jornalista e Subeditora da Vitat. Especialista em saúde

Leia também:

Ozempic e anticoncepcional
Saúde

Ozempic pode cortar o efeito do anticoncepcional? Médica explica

Nas redes sociais, não faltam relatos sobre o efeito do Ozempic no aumento da fertilidade

Chá de erva baleeira
Alimentação Bem-estar Saúde

Chá de erva baleeira emagrece? Veja benefícios e como fazer

A erva é eficaz em tratamentos de reumatismo, gota, dores musculares e até úlceras; saiba mais

mulher sentada na mesa da cozinha com remédios para gripe na sua frente
Saúde

Queda na temperatura exige cuidados com a saúde. Confira

Neste fim de semana, o frio vai estar presente em diversas capitais. Queda na temperatura pede alguns cuidados com a saúde respiratória