5 erros que podem atrapalhar o seu projeto verão

Alimentação Bem-estar Movimento
07 de Outubro, 2022
5 erros que podem atrapalhar o seu projeto verão

Academias e plataformas online para a prática de exercícios costumam ter mais procura nos meses que antecedem o verão. No entanto, alguns profissionais alertam para alguns erros que atrapalham o famoso “projeto verão” — principalmente porque não é possível construir o corpo “dos sonhos” em pouco tempo, e, mais do que isso, os riscos existem.

De acordo com o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), apenas 30% dos brasileiros com 18 anos ou mais praticam a quantidade de atividade física recomendada pelos órgãos de saúde. Apesar disso, sabemos que, a partir de setembro — quando se inicia a primavera no Hemisfério Sul —, o número de alunos nas academias e apps aumenta.

Isso acontece devido à popular ideia do “projeto verão”, que consiste em traçar um planejamento de dieta alimentar e rotina fitness por um tempo determinado (aproximadamente três ou quatro meses) a fim de deixar o corpo preparado para a estação mais quente do ano.

Leia também: “Dicas” de dieta que não ajudam em nada, e até atrapalham a perda de peso

Projeto verão é o ano todo

Contudo, é importante lembrar que o objetivo, na grande maioria das vezes, só é alcançado com dedicação constante em todos os meses, e não apenas em uma época específica.

“Praticar exercícios físicos traz inúmeros benefícios para a saúde, mas isso acontece a longo prazo. Não adianta começar a treinar em setembro e achar que, em três ou quatro meses, mudará o corpo completamente”, explica José Corbini, educador físico e sócio do Personal Virtual.

“O ‘projeto verão’ pode ser alcançado no sentido de ter melhoras tanto estéticas como de saúde, mas isso depende muito do planejamento e do acompanhamento elaborado por profissionais. Caso o aluno já treine, pode intensificar a disciplina dentro desse período, buscando colher melhores resultados, dependendo, claro, da sua meta.”

O mesmo acontece com a alimentação. De acordo com a nutricionista Fulvia Zorzi, também do Personal Virtual, muita gente “adere à dieta procurando perder muito peso em um curto período de tempo, mas é importante deixar claro que, além disso não ser efetivo, pode prejudicar a saúde, causando até mesmo deficiência de determinados nutrientes.”

Leia também: Edu Guedes ensina receita de marmita diferente e saudável para sair da mesmice

Mesmo assim, o projeto verão pode ser o pontapé inicial para uma vida mais saudável. Ou seja, uma inspiração para a pessoa que nunca fez dieta ou treinou. Pensando nisso, os dois profissionais listaram alguns erros que devem ser evitados. Confira:

Erros que atrapalham o projeto verão

Exercícios em excesso

Muitas pessoas acabam treinando em excesso nesse período do ano para obter resultados mais rápidos e compensar o “tempo perdido”. Mas isso pode trazer alguns prejuízos. “O corpo precisa de descanso, e precisa se adaptar a cargas e novos estímulos. Ou seja, a pessoa pode se lesionar de várias formas, até mesmo com maior gravidade”, explica Corbini.

Cortar alimentos e fazer dietas “malucas”

Quando o verão se aproxima, algumas pessoas começam a restringir alimentos que consumiam normalmente, podendo causar problemas à saúde.

“Ter uma alimentação saudável é importante para que o corpo consiga suprir todas as necessidades e ter um funcionamento adequado. Com isso, vale ressaltar que especialistas não recomendam realizar dietas rápidas e sem acompanhamento”, diz Fulvia.

Erros que atrapalham o projeto verão: usar remédios e suplementos sem supervisão

Sabemos que o uso de suplementos é comum entre as pessoas que realizam atividades físicas, mas é fundamental o acompanhamento de um especialista.

“Quem prescreve remédio é o médico, e quem prescreve suplemento é o nutricionista. O mercado está cheio de ofertas que prometem resultados milagrosos, mas só um profissional capacitado pode dizer quando eles são necessários”, afirma Fulvia.

Achar que condicionamento físico não é importante

Você já ouviu falar que a prática leva à perfeição? Existem algumas coisas que são conquistadas com muito treino — desde ler e escrever na infância até o condicionamento físico, que é muito importante para quem realiza atividades físicas.

“Quando não há uma rotina de exercícios, as pessoas tendem a não ter um bom condicionamento, e não será em poucos meses que o conquistarão”, explica o educador físico. “Por isso, é importante que o corpo esteja acostumado com essa rotina durante todo o ano, e não apenas em um curto período”.

Erros que atrapalham o projeto verão: autocobrança exagerada

Com o verão chegando, algumas pessoas sonham com o “corpo perfeito” e se cobram exageradamente, fazendo com que isso se torne uma pressão pela estética de forma não saudável. “Em poucos meses, é muito difícil mudar totalmente o corpo, e ter essa expectativa certamente causará frustração”, afirma Corbini.

Por isso, esses projetos a curto prazo são mais eficientes para quem já mantém uma rotina regrada, mas vale a pena para quem quer um incentivo para começar. Afinal, “corpo do verão” é aquele feliz!

Leia também: Combinar jejum intermitente e HIIT gera o dobro da perda de peso, diz estudo

Fontes: José Corbini, educador físico e sócio do app Personal Virtual; e Fulvia Zorzi, nutricionista e também do Personal Virtual.

Descubra seu peso ideal. É grátis! Saiba se seu peso atual e sua meta de peso são saudáveis com Tecnonutri.
cm Ex. 163 kg Ex. 78,6

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.

Leia também:

poke é saudável
Alimentação Bem-estar

Poke é saudável? Veja dicas na hora de consumir

Veja dicas de alimentos que não vão interferir no seu objetivo, seja emagrecer ou ganhar massa magra

mulher se consultando com um médico
Bem-estar Saúde

Preparação para a bariátrica vai além dos exames e envolve mudanças de vida

Antes de entrar no centro cirúrgico, o candidato à cirurgia bariátrica percorre um caminho de preparação que promete mais do que a perda de peso: uma

tempo em frente às telas
Alimentação Bem-estar Equilíbrio Saúde

Maior tempo em frente às telas está associado à piora da dieta de adolescentes

Pesquisa brasileira avaliou dados de 1,2 mil adolescentes e constatou que a maioria gasta mais de 2 horas de tempo em frente as telas