“Não quero emagrecer, quero perder barriga”. Nutri esclarece se é possível

Alimentação Bem-estar
27 de Setembro, 2022
“Não quero emagrecer, quero perder barriga”. Nutri esclarece se é possível

“Não quero emagrecer, quero perder barriga. Essa frase já foi uma vontade sua? Pois saiba que você não é o único. Muita gente tem o propósito de diminuir a circunferência abdominal, mas não quer emagrecer em outras áreas do corpo.

Infelizmente, a nutricionista Inarí Ciccone diz que a meta não é possível. Isso porque não dá para dizer ao organismo qual parte ele deve “secar” primeiro. “Quando ele emagrece, ou seja, reduz gordura armazenada nas células do tecido adiposo, faz isso de forma proporcional, em todas as regiões que possuem acúmulo”, explica.

Isto é, braços, pernas e seios, nas mulheres; e peitoral, costas e pescoço, nos homens, geralmente também diminuem de tamanho com a perda de peso.

Contudo, e felizmente, existem estratégias que ajudam a evitar esse processo, sabia? Apostar nos treinos de fortalecimento talvez seja uma das principais. “Quando a redução da gordura é feita associada a uma maior definição corporal, o resultado promove mais tônus muscular e menos flacidez, o que melhora o aspecto do corpo como um todo.”

Isso acontece porque treinos de musculação feitos com frequência (além de uma dieta equilibrada, é claro), ajudam a queimar a gordura (e isso inclui aquela localizada no abdômen), ao mesmo tempo em que aumentam a massa muscular. O que não necessariamente diminui os ponteiros da balança, mas ajuda a perder barriga sem prejudicar a definição das pernas e dos braços, por exemplo!

Leia também: Suco de abacaxi com salsinha emagrece? É detox

Não quero emagrecer, quero perder barriga

Além disso, alguns fatores também deixam a nossa barriga mais inchada no dia a dia, dando o aspecto de que ela realmente está maior. “Isso pode ser decorrente do mau funcionamento do intestino, da distensão abdominal provocada por fermentação e da retenção de líquidos. Todas essas características estão relacionadas à alimentação”, afirma a especialista.

Por isso, ela cita três dicas importantes para evitar o problema:

Aumente o consumo de gengibre

“O gingerol, composto presente na raiz, possui ação anti-inflamatória, que ajuda na melhora da distensão e na redução da retenção de líquidos.”

Diminua o consumo de embutidos

“Eles são alimentos altamente inflamatórios para o organismo, e o seu consumo está diretamente relacionado ao aumento da retenção de líquidos pelo elevado teor de sódio e pela inflamação do trato digestivo, causando inchaço.”

Não quero emagrecer, quero perder barriga: beba muita água!

“Muito importante para a melhora do funcionamento do intestino e a redução da retenção de líquidos. O hábito é essencial para manter o equilíbrio do organismo.”

Fonte: Inarí Ciccone, nutricionista e especialista em Obesidade e Emagrecimento pela UNIFESP e mestre em Ciências da Saúde com ênfase em reprodução humana pela FMUSP.

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.

Leia também:

ator Cauã Reymond segurando um garfo e uma faca e usando um babador
Alimentação Bem-estar

Cauã Reymond mostra jantar saudável com sopa, frango e legumes

Ator compartilhou em suas redes socais o que comeu na noite de Dia dos Namorados (12/06). Confira o jantar de Cauã Reymond

personal ajudando aluno a fazer o exercício crucifixo inclinado na academia
Bem-estar Movimento

Crucifixo inclinado: como fazer corretamente para evitar dores

A posição do banco no crucifixo inclinado faz com que o exercício enfatize bem os músculos do peitoral. Confira o passo a passo

criança nadando na piscina
Bem-estar Movimento

Crianças podem (e devem) fazer natação no inverno!

Prática deve ser contínua mesmo no frio, pois aumenta imunidade e o gasto calórico. Veja os benefícios da natação no inverno para as crianças!