Chás para ressaca: Confira os mais indicados e os cuidados que você deve ter

Alimentação Bem-estar
01 de Março, 2022
Chás para ressaca: Confira os mais indicados e os cuidados que você deve ter

Exagerou no álcool durante o feriado? Infelizmente, você pode receber a visita de uma companheira nada agradável nos próximos dias: a ressaca. E por sua principal característica ser a desidratação, é essencial caprichar na ingestão de líquidos para amenizar os desconfortos. Os chás, por exemplo, são ótimas opções para os momentos de ressaca. Confira alguns:

O que é a ressaca

A ressaca nada mais é do que um estado de intoxicação do corpo provocado pelo consumo de álcool. Ela geralmente dura de seis a 8 horas — mas pode se estender por até 24 horas após a ingestão exagerada de bebidas.

A quantidade de álcool capaz de provocar a ressaca varia de pessoa para pessoa. Isso porque há, sim, organismos mais resistentes às bebidas (todo mundo conhece alguém que parece “imune” à cachaça, não é mesmo?). Segundo estudos, a explicação se deve a fatores genéticos e hereditários.

Para amenizar os efeitos negativos do álcool a longo prazo, a Organização Mundial da Saúde (OMS) estabelece que os homens não devem ultrapassar duas doses de álcool por dia (cerca de duas latinhas de cerveja, duas taças de vinho ou dois shots de vodka). As mulheres, por outro lado, devem se contentar com a metade desse volume. Além disso, o ideal é ficar, pelo menos, de dois a três dias da semana sem beber.

Como ela acontece?

Ao bebermos uma grande quantidade de drinks em um curto período, nosso corpo pode sofrer com a desidratação. Ela, então, é a principal causadora das dores de cabeça, do cansaço e até do mal-estar.

Além disso, algumas horas depois de ingerido, o álcool se transforma em acetaldeído e depois em acetato. São esses metabólitos (compostos orgânicos produzidos ao metabolizarmos certas substâncias) que causam náusea, suores e pulso acelerado. Por fim, vale lembrar que as bebidas aumentam a inflamação do corpo, prejudicando o sistema imunológico.

Leia também: Chás para começar o dia com energia e disposição

Chás para ressaca: Melhores opções

Por isso, a principal dica para evitar e tratar a ressaca é caprichar na ingestão de líquidos (antes, durante e depois do exagero). Consumir bastante água e priorizar verduras, frutas e legumes (que também concentram bastante líquidos) na alimentação pode ajudar.

Outra opção são os chás, ótimos para ajudar na reidratação do corpo. Sem contar que as ervas proporcionam algumas propriedades que podem contribuir para o alívio dos incômodos. Confira alguns:

Chá de gengibre

Possui diversas substâncias antioxidantes, como polifenois e flavonoides, sendo os principais os gingeróis (em particular o 6-gingerol). Além disso, é capaz de melhorar o trânsito gastrointestinal e aliviar desconfortos estomacais. Por fim, o gengibre é um bom anti-inflamatório.

Ingredientes:

  • 300mL de água;
  • 10g de gengibre;
  • Suco de 1/2 limão;
  • 1 canela em pau.

Modo de preparo:

Primeiramente, coloque a água para ferver. Então, desligue o fogo, acrescente o gengibre, o limão e a canela e tampe. Espere cinco minutos e beba em seguida.

Chá de hibisco

O chá conta com diversas substâncias antioxidantes, como os flavonoides, especialmente as antocianinas, que possuem efeito cardioprotetor, vasodilatador e contribuem para evitar o acúmulo de gordura. Ele também tem ação diurética, reforçando o funcionamento do fígado e dos rins na eliminação das toxinas. Por isso, cuidado com a superdosagem: ela pode potencializar ainda mais a desidratação.

Ingredientes:

  • 200mL de água;
  • 1 col (sopa) de hibisco seco.

Modo de preparo:

Primeiramente, ponha a água no fogo, mas desligue o fogão antes de levantar fervura. Em seguida, adicione o hibisco, tampe e aguarde 10 minutos. Por fim, coe e beba.

Chás para ressaca: Camomila

A planta é conhecida por atuar em alterações digestivas e ser relaxante — ótima para beber à noite e garantir uma boa noite de sono. O descanso adequado, aliás, é imprescindível para a recuperação do corpo.

Ingredientes:

  • 2 col (chá) de flores secas de camomila/
  • 250 mL de água fervente.

Modo de preparo:

Primeiramente, ponha a água no fogo, mas desligue o fogão antes de levantar fervura. Em seguida, adicione a camomila, tampe e aguarde 10 minutos. Por fim, coe e beba.

Leia também: Chás para aliviar a dor muscular: Conheça os melhores

Cuidado com os chás para a ressaca

Como tudo na vida em excesso faz mal, com os chás não seria diferente. Aqueles que possuem cafeína, por exemplo, podem causar os efeitos contrários quando tomados sem precaução. Isto é: irritação no estômago, insônia, ansiedade e desidratação.

Por isso, não exagere nas doses diárias (geralmente, são indicadas no máximo três xícaras ao dia) e sempre consulte um profissional de saúde antes de adquiri-los (especialmente no caso de grávidas, lactantes e idosos).

Além disso, muito cuidado ao recorrer aos chás em cápsulas e algumas ervas. Isso porque eles podem sobrecarregar o fígado, que já está prejudicado pelo consumo de álcool.

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.

Leia também:

lesões no beach tennis
Bem-estar Movimento

Lesões no beach tennis: joelho e ombro são as mais comuns. Veja como evitar

Assim como em outras atividades, também há risco de lesões no Beach Tennis. Portanto, veja dicas de como evitar lesões como epicondilite lateral.

fasting mimicking
Alimentação Bem-estar

Diet Fasting Mimicking: o que é o método que imita jejum?

A metodologia restringe calorias por um período de tempo determinado

óleo de coco
Alimentação Bem-estar

Óleo de coco: benefícios e possíveis usos

Multiuso e cheio de benefícios, o óleo de coco é um dos destaque do momento para quem procura uma vida mais saudável. Saiba mais