Dor na coluna: o que fazer para evitar ou tratar

25 de julho, 2022

Você sabia que a dor na coluna pode afetar até 80% das pessoas em algum momento da vida, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS)? Isso porque alguns hábitos nada saudáveis contribuem, e muito, para o surgimento do problema. Mas a boa notícia é que é possível prevenir os incômodos nas costas com dicas práticas e simples!

Por isso, neste quarto episódio da terceira temporada do podcast De bem com você, da Vitat, Cris Dias bate um papo com o ortopedista Dr André Evaristo sobre as principais causas da condição e o que fazer para espantá-la! Não perca:

Conheça o convidado

dor na coluna

Dr André Evaristo é médico ortopedista especializado em Cirurgia da Coluna e integrante do Núcleo de Medicina Avançada do Hospital Sírio-Libanês.

Dor na coluna, pescoço de digitador (text neck) e estilo de vida atual

Text neck (ou pescoço de digitador). O termo é relativamente novo, e os especialistas ainda o estão estudando, mas ele tem tudo a ver com a vida que a maioria de nós leva atualmente. Sabe quando você vai ler algo no celular e fica com a cabeça abaixada para conseguir olhar para o dispositivo? Pois é. Essa postura pode até parecer inofensiva, mas ela sobrecarrega bastante os nossos discos intervertebrais — conhecidos também como os “amortecedores” da coluna —, gerando dor na região cervical (isto é, no pescoço).

Além disso, o estresse também é um dos grandes causadores do incômodo no local. “Quando você fica ansioso, a sua musculatura contrai, trazendo mais tensão e desconforto”, diz o médico. O que acaba virando uma verdadeira “bola de neve”: quanto mais dor a pessoa sente, mais irritada e estressada ela tende a ficar.

Leia também: Alongamentos e exercícios para quem tem dor nas costas

O que mais pode causar dor na coluna?

Existem fatores de risco que aumentam as chances de desenvolvermos a temida dor nas costas. São eles:

Por fim, o ortopedista também destaca as três doenças na coluna que mais acometem as pessoas:

  • Problemas musculares: “geralmente relacionados à tensão gerada pela ansiedade”;
  • Artrose: “condição nas articulações ligada ao envelhecimento”;
  • Doença do disco (hérnia): “protusão nos discos muito associada a questões genéticas.”

Como melhorar a postura para aliviar a dor na coluna?

O Dr André Evaristo explica que, muitas vezes, a má postura acontece sem percebermos e geralmente é causada pelo desequilíbrio muscular da região. Por isso, o primeiro passo é apostar em práticas (regulares) que fortaleçam os músculos das costas. Alguns exemplos são a própria musculação e a Reeducação Postural Global (RPG).

“As atividades físicas de baixo impacto (musculação, hidroginástica, natação, yoga e pilates) são as mais indicadas para prevenir a dor. Mas eu sempre pergunto para os meus pacientes o que eles gostam de fazer, e uso a tecnologia e a orientação adequada para preparar o corpo deles”, afirma o especialista.

Ademais, é essencial investir na ergonomia do seu ambiente de trabalho — e isso inclui uma cadeira adequada (de modo que os joelhos e o quadril fiquem em ângulos de 90° e os pés no chão), apoio para os cotovelos e para as costas, altura correta da tela do computador (isto é, na direção dos olhos), e uso moderado do celular.

Leia também: Dor nas costas na gravidez: Saiba como aliviar

Dor na coluna pode ser gerada por algo emocional?

De acordo com o médico, toda dor tem um componente emocional (em maior ou menor grau). Por isso, muitas vezes é necessário tratar a questão para conseguirmos nos livrar do desconforto. “Não é que a pessoa não sinta a dor. Mas ela precisa tratar a mente com a mesma intensidade que ela trata o corpo para que o incômodo acabe.”

Sobre o De Bem Com Você

No podcast da Vitat, Cris Dias conduz conversas descomplicadas com especialistas e convidados para você descobrir como ficar de bem com você. A cada semana, um episódio novo será lançado. Confira os outros temas aqui!

E tem para todos os gostos: os bate-papos também ficarão disponíveis nas plataformas de áudio Spotify, Deezer, Google e Apple.

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.