Doenças renais: conheça as principais e seus sintomas

Saúde
10 de Março, 2022
Doenças renais: conheça as principais e seus sintomas

As doenças renais podem se tornar um problema grave para a saúde. Isso porque o rim é um órgão essencial, desempenhando um papel fundamental no bom funcionamento do corpo humano. Temos dois rins, cada um localizado em um lado da região mais baixa das costas, e sua principais funções são:

Veja também: Melhores alimentos para a saúde dos rins

As principais doenças renais

De acordo com a Sociedade Brasileira de Nefrologia, cerca de 850 milhões de pessoas são portadoras de doenças renais pelo mundo. A maioria delas não tem conhecimento do problema, pois os sintomas podem demorar a aparecer ou são silenciosos. Por isso, o diagnóstico torna-se tardio e o tratamento mais complexo. Veja quais são as principais.

Doença renal crônica (DRC)

Também chamada insuficiência renal, a doença renal crônica (DRC) se manifesta em forma de lesões nos rins por mais de três meses. A condição possui 5 estágios, que vão de lesão leve a gravíssima, situação que pode levar à falência renal. De acordo com o estágio é indicada a melhor forma de tratamento para aliviar, controlar os sintomas e prevenir a progressão da doença, já que a DRC não tem cura.

A princípio, os sintomas são espuma ou sangue na urina, dificuldade para urinar, inchaço nos pés e tornozelos, cãibras, vômitos etc. A DRC pode ser hereditária ou fruto de doenças como obesidade, diabetes e infecções renais frequentes. O uso contínuo de alguns tipos de medicamentos também pode ser responsável pelo problema.

Além disso, a doença atinge crianças e adolescentes nas mais diversas faixas etárias, e costuma ser mais letal. Segundo Maria Cristina Andrade, coordenadora do departamento de nefrologia do Sabará Hospital Infantil, “as crianças prematuras, que nascem com baixo peso ou possuem algum tipo de doença congênita no coração podem vir a desenvolver doença renal crônica”. A especialista explica que também existem os bebês que nascem com alguma alteração no funcionamento dos rins e vias urinárias. “Esse tipo de caso normalmente é identificado em exames durante o pré-natal, facilitando o acompanhamento logo depois do nascimento”, explica.

Infecção renal ou pielonefrite

A pielonefrite é a inflamação no rim provocada por bactérias. No entanto, antes de contaminar os rins, as bactérias geralmente atacam a bexiga e o outras áreas do trato urinário. Isso ocorre por diversos motivos, que vão da anatomia do trato urinário ao sistema imunológico enfraquecido. Em síntese, existem dois tipos de infecção: a aguda e a crônica.

A primeira se manifesta rapidamente, ataca o funcionamento renal e pode ser tratada com antibiótico ou internação, dependendo do caso. Já a crônica é consequência de diversos episódios, tratamento incorreto ou ausência dele, ou ainda causada por outras complicações, como diabetes e hipertensão arterial.

Litíase renal (pedra nos rins)

De acordo com Celso Amodeo, cardiologista e nefrologista, membro do Conselho Administrativo da SBC, a litíase renal, chamada de pedra nos rins, é outra doença, que pode eventualmente danificar o rim e levar à insuficiência renal, aumentando o risco de doença cardiovascular devido aos fatores de risco que são próprios da doença renal crônica, como excesso de cálcio e de ácido úrico.

Na doença renal por cálculo, são mais comuns cálculos de oxalato de cálcio, que possuem em seu núcleo ácido úrico, um dos fatores de risco para doenças cardiovasculares. “A perda da função renal devido ao cálculo que obstrui o rim pode levar à insuficiência renal, mas se o cálculo foi expedido e o rim continua saudável, não há problema”, explica. 

Tumor ou câncer renal

O câncer de rim pode surgir devido ao aparecimento frequente de cistos renais, capazes de sobrecarregar os rins. Diferentemente dos cistos, que são mais sensíveis e com presença de líquido, os tumores são sólidos e muitas vezes são malignos. Por sua vez, o câncer pode ser menos grave se for tratado precocemente.

O problema vitimiza mais homens na faixa dos 55 anos, e seus sintomas são silenciosos na fase inicial. A principal alteração que levanta suspeitas é a cor da urina, geralmente escura e acompanhada de sangue. Dores nas costas, na região baixa, também faz parte do quadro.

Qual o especialista que identifica doenças renais?

Clínico geral, nefrologista ou urologista são os profissionais capazes de diagnosticar possíveis problemas nos rins. Durante a consulta, o médico poderá solicitar exames laboratoriais e de imagem para investigar as causas. Nesse ínterim, caso tenha dúvidas em relação ao seu estado de saúde não hesite em procurar uma das especialidades. Afinal, o diagnóstico precoce em quaisquer casos auxiliará no sucesso do tratamento.

Fonte: Celso Amodeo, cardiologista e nefrologista, membro do Conselho Administrativo da Sociedade Brasileira de Cardiologia; Maria Cristina Andrade, coordenadora do departamento de nefrologia do Sabará Hospital Infantil; e Sociedade Brasileira de Nefrologia.

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.

Leia também:

mulher se consultando com um médico
Bem-estar Saúde

Preparação para a bariátrica vai além dos exames e envolve mudanças de vida

Antes de entrar no centro cirúrgico, o candidato à cirurgia bariátrica percorre um caminho de preparação que promete mais do que a perda de peso: uma

tempo em frente às telas
Alimentação Bem-estar Equilíbrio Saúde

Maior tempo em frente às telas está associado à piora da dieta de adolescentes

Pesquisa brasileira avaliou dados de 1,2 mil adolescentes e constatou que a maioria gasta mais de 2 horas de tempo em frente as telas

corredor abaixado segurando a perna aparentemente com dor
Bem-estar Movimento Saúde

Será que eu estou com canelite? Médico destaca principais sinais

A condição é uma das principais preocupações entre os corredores. Ortopedista explica como identificar os sintomas característicos da canelite