Como proteger a pele nos treinos durante o verão

15 de novembro, 2021

Que praticar atividade física é essencial para levar uma vida saudável, você provavelmente já sabe. Mas será que você também parou para pensar que, na estação mais quente do ano, é preciso tomar alguns cuidados extras na hora de se exercitar? Veja, por exemplo, como proteger a pele nos treinos durante o verão:

Para começar, é necessário ficar atento ao horário dos exercícios — sobretudo aqueles realizados ao ar livre. “Os melhores horários para treinar seriam no início da manhã e no final da tarde. Isso porque, entre 11h e 16h, a incidência dos raios solares é maior e aumenta as chances de queimaduras e envelhecimento da pele”, esclarece a dermatologista Milena Carestiato.

A hidratação é outro quesito fundamental. Por isso, a médica recomenda a ingestão de cerca de 2 litros de água por dia. No entanto, essa quantidade deve ser maior de acordo com o suor que se perde durante a atividade física.

Leia também: Exercícios para deixar as pernas saradas para o verão

Como proteger a pele durante os treinos no verão

Milena diz que o verão e o calor podem trazer prejuízos à pele, principalmente aquelas de tons mais claros e com sardas, que sofrem mais e demandam cuidados redobrados. “Queimaduras e insolação podem ocorrer quando a exposição solar é feita de forma desprotegida, mesmo em dias em que se tem apenas o mormaço. Por isso, o uso de filtro solar com FPS (Fator de Proteção Solar) mínimo de 30 com reaplicação frequente é fundamental.”

Além disso, o excesso de suor e o uso de roupas molhadas por muito tempo aumentam as chances de lesões causadas por fungos, já que o ambiente quente e úmido é o ideal para a sua proliferação.

Algumas condições também podem ser agravadas nessa época, como rosácea, acne, melasma, entre outras. “Mais uma vez, o protetor solar físico ou químico, borrifar água geladinha no rosto e o uso de roupas com proteção UV ajudam a não piorar essas situações”, afirma. Vale ainda usar chapéus, óculos escuros e evitar tratamentos que deixam a pele mais sensível.

Já as pessoas que apresentam a pele muito oleosa devem evitar lavar o rosto repetidas vezes com sabonetes, o que pode causar um efeito rebote na oleosidade.

Leia também: Receitas de smoothies low carb para o verão

E os cabelos?

No verão, os cabelos devem ser hidratados com mais frequência. Milena sugere ainda evitar o uso de água muito quente. “A hidratação nos fios pode ser feita tanto com máscaras como ampolas, que deixam os fios mais macios e sem pontas duplas. O uso de secadores deve ser evitado para não ressecar os fios e, para protegê-los dos raios ultravioletas, o uso de bonés, chapéus ou lenços é recomendado”, destaca.

Pele bonita no verão

A médica faz questão de ressaltar as principais dicas para treinar no verão sem descuidar da pele: aumentar a ingestão de água, reforçar a hidratação capilar, proteger a pele e os cabelos da exposição aos raios do sol, usar produtos específicos para essa época do ano, tomar cuidado com procedimentos estéticos como peelings, que devem ser evitados nessa estação, usar roupas leves e de algodão nas atividades ao ar livre, e evitar banhos quentes e demorados.

Fonte: Milena Carestiato, dermatologista pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) com experiência em dermatologia clínica, cirúrgica e estética e membro da Doctoralia.

Sobre o autor

Redação
Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.