Pesquisa sobre obesidade: 72% das pessoas sofrem gordofobia em casa

Saúde
12 de Setembro, 2022
Pesquisa sobre obesidade: 72% das pessoas sofrem gordofobia em casa

Estar acima de peso acaba fazendo com que este público esteja mais vulnerável a comentários negativos, mesmo em ambientes que deveriam ser de acolhimento, como seus lares. É o que mostra a pesquisa sobre “Obesidade e a Gordofobia – Percepções de 2022”, conduzida pela Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica (ABESO) bem como a Sociedade Brasileira de Metabologia e Endocrinologia (SBEM).

O levantamento foi realizado entre 11 e 21 de fevereiro, por meio de formulários eletrônicos divulgados nas redes sociais e sites tanto da ABESO quando da SBEM. Dessa forma, o estudo contou com a participação de 3.621 integrantes de 18 a 82 anos, sendo 42 anos a idade média. Já entre homens e mulheres, a presença foi majoritariamente de figuras femininas (89%).

Leia mais: Três a cada dez brasileiros terão obesidade até 2030, segundo estudo

O que diz a pesquisa sobre obesidade e sobrepeso?

Embora o estudo estivesse aberto ao público geral, percebeu-se que a grande maioria dos participantes estava dentro de diferentes níveis de sobrepeso e obesidade:

E ao serem questionados sobre o que acreditam serem os motivos que ocasionaram os casos de sobrepeso e obesidade, duas justificativas são predominantes. 82% dos participantes apostam na predisposição genética e 76,4% na inatividade física aliada à alimentação inadequada.

Leia mais: “Vitat Cuida” é a jornada que vai ajudar você a ficar de bem com seu peso

Descubra seu peso ideal. É grátis! Saiba se seu peso atual e sua meta de peso são saudáveis com Tecnonutri.
cm Ex. 163 kg Ex. 78,6

Uma luta árdua contra a gordofobia

O diagnóstico de sobrepeso e obesidade também é um laudo sobre a gordofobia vivida nos diferentes âmbitos sociais. Segundo o levantamento, 85,3% dos participantes relataram ter sofrido algum tipo de constrangimento por causa do seu peso. E, ainda de acordo com a pesquisa, o preconceito tende a ser mais frequente conforme maior o IMC.

Por exemplo, 67,86% dos indivíduos com sobrepeso relataram terem sofrido constrangimento devido ao seu quadro. Já para quem tem obesidade grau I, esse número saltou para 89,57% e para quem tem grau II, o valor é 96,29%.

Assim, se todos esses dados já chamam atenção, a situação é ainda mais delicada para quem tem obesidade grau III. De acordo com o levantamento, 98,15% dos pacientes relatam casos de constrangimento devido ao excesso de peso, portanto, chegando a quase 100%.

Além dos casos de gordofobia variarem de acordo com o grau de obesidade do indivíduo, as estatísticas também mudam conforme o ambiente que está sendo frequentado por ele. Dessa forma,a pesquisa estabeleceu a porcentagem do preconceito segundo o lugar que a pessoa está. Assim, veja quais são:

  • 72% em casa por familiares;
  • 65,5% em estabelecimento comercial;
  • 63% por parte de amigos;
  • 60,4% em consulta médica;
  • 54,7% no ambiente de trabalho.

Leia também:

selfie do ex-jogador de vôlei, Tande
Saúde

Tande, do vôlei, sofre infarto e é internado em hospital

Tande, ex-jogador da seleção brasileira de vôlei, revelou ter tido 98% de entupimento em uma de suas veias e sofrido um infarto

benefícios da banana
Alimentação Bem-estar Saúde

Quais são os benefícios da banana para a saúde? Veja lista e receitas saudáveis

A banana é amiga do intestino, além de ser eficiente na prevenção de cãibras. Veja outros benefícios da fruta!

horário para treinar
Bem-estar Movimento Saúde

Estudo revela melhor horário para pessoas com obesidade treinaram

O estudo da Universidade de Sidney identificou benefícios do treino noturno para a saúde do coração