Pés rachados: conheça as principais causas e tratamentos

29 de abril, 2022

Que atire a primeira pedra a pessoa que nunca chegou na pedicure ou podóloga e se queixou por estar com os pés rachados.

Bastante comum entre homens e mulheres, este problema costuma se agravar devido à falta de informação na hora de tratá-lo, especialmente quanto ao uso da lixa para combater o ressecamento da pele nesta região.

A boa notícia, contudo, é que até pode levar um tempinho, mas é possível reverter este quadro. Saiba mais!

Leia também: Os melhores alimentos para evitar a pele seca

Por que a pele dos pés fica rachada?

De acordo com a esteticista e cosmetóloga Roseli Siqueira, de São Paulo, existem alguns principais motivos que levam ao ressecamento da pele dos pés e, consequentemente, sua rachadura. São eles:

  • Andar descalço;
  • Lixar o calcanhar em excesso;
  • Sobrepeso;
  • Falta de hidratação.

Além de gerar o problema, as atitudes listadas acima ainda podem agravar a situação, levando a problemas maiores.

“Se você estiver com os pés rachados e adotar uma postura negligente, não dando a devida importância, certamente o problema será agravado. Inclusive, os pés rachados e grossos prejudicam o sensorial da região e em alguns casos pode ser bem doloroso calçar alguns sapatos”, afirma a profissional.

Os calçados, inclusive, também podem ter uma parcela de culpa para os pés rachados.

Leia também: Cuidados com os pés no frio para evitar pele ressecada e rachaduras

Isso porque os modelos muito duros podem fazer com que a pele desta região engrosse, em uma tentativa de deixá-la mais resistente.

“O mais indicado, portanto, é alternar o tipo de sapato que você usa no dia a dia, ou seja, não usar apenas os fechados ou só os abertos. Além disso, quando for usar meias, aposte em versões de algodão que deixam a pele respirar e dê preferência a modelos que são mais fofinhas na parte da sola dos pés”, sugere Roseli.

Por que não devo lixar os pés?

Muitas pessoas acreditam que lixar a pele dos calcanhares é uma boa saída para acabar com a pele ressecada dos pés. Isso contudo, gera um efeito totalmente contrário.

“O engrossamento e as rachaduras das solas dos pés são causados pelo ressecamento e lixar pode agravar essa situação, deixando a região mais seca”, garante a esteticista.

Outra atitude que também não é recomendada é cortar a pele com alicate.

“Além do perigo de se machucar, você ainda corre o risco de contrair doenças.”

Cuidados e tratamentos para pés rachados

As regiões dos pés que sofrem mais com o ressecamento – como o calcanhar, por exemplo – possuem uma produção menor de sebo, ou seja, a lubrificação natural da pele.

Com isso, adotar alguns cuidados no dia a dia pode ajudar a minimizar este problema, assim como evitar seu surgimento.

“É essencial cuidar bem da região, usar meias e calçados adequados, fazer escalda-pés e hidratar muito a região com óleos 100% naturais, como os de sementes de girassol, abóbora e coco”, orienta Roseli.

Leia também: 11 cuidados importantes com os pés dos idosos

Outra dica para mantê-los hidratados sem a necessidade de preparar o escalda-pés é aplicar um óleo natural nos pés limpos e secos e, em seguida, embrulhá-los com papel filme por 10 a 15 minutos.

Depois, retire o plástico e massageie a região até o óleo ser totalmente absorvido pela pele.

“Esse processo pode ser feito diariamente, até que a região volte a ficar hidratada”, sugere Roseli.

“Pode levar um tempinho, mas se você cuidar direitinho todos os dias, a pele volta ao normal”, completa.

Vale ressaltar que, em casos em que a rachadura é causada por algum problema de saúde, é indispensável buscar um médico e fazer acompanhamento profissional.

Leia também: Quais os cuidados que devemos ter com os pés no verão?

Como fazer um spa dos pés

Segundo a profissional, o spa dos pés pode ser feito em casa. Para isso, você precisará de:

  • 1 bacia
  • Bolinhas de gude
  • Sal grosso
  • Óleo natural de sua preferência

“Basta encher uma bacia com água morna até a altura do tornozelo e acrescentar as bolinhas de gude até cobrir o fundo. Elas vão servir para massagear a sola dos pés”, explica ela.

Depois disso, adicione algumas pedrinhas de sal grosso e gotinhas de óleo natural da sua escolha. Caso queira, você ainda pode acrescentar folhas e ervas, como alecrim, por exemplo, que auxilia na redução do inchaço.

“Por fim, fique com os pés submersos na água por cerca de 15 minutinhos, seque-os e hidrate bem”, finaliza.

Fonte: Roseli Siqueira, esteticista e cosmetóloga, de São Paulo.

Sobre o autor

Ana Paula Ferreira
Jornalista e repórter da Vitat. Especialista em beleza e bem-estar.