O que comer de acordo com a sua faixa etária: 20, 30, 40 e 50+

Alimentação Bem-estar
18 de Maio, 2021
O que comer de acordo com a sua faixa etária: 20, 30, 40 e 50+

Com o passar dos anos, as necessidades do nosso corpo mudam. Saber quais nutrientes priorizar em cada idade, então, é essencial para manter a saúde e envelhecer com qualidade. Mas você sabe o que comer de acordo com a sua faixa etária?

O que comer em cada faixa etária

Aos 20

Geralmente é a fase em que o corpo está no máximo da sua saúde física e o metabolismo funciona a todo vapor. Mas isso não significa que devemos deixar de nos preocupar com a alimentação e abusar de refrigerantes, comidas processadas (como o famoso macarrão instantâneo) e bebidas alcoólicas. Isso porque o que você come durante o período vai ser crucial para as décadas posteriores.

Vale lembrar também que, aos 30, começamos a perder naturalmente massas óssea e muscular. Por isso, reforce o consumo de cálcio antes — cerca de 1000 mg por dia, o equivalente a 200g de queijo minas frescal, por exemplo.

Além disso, capriche nas frutas, verduras e legumes. Eles contêm os nutrientes necessários para o desenvolvimento do cérebro e do corpo, que ainda acontece nessa faixa etária.

Leia também: Cálcio: Alimentos fontes do mineral — além do leite

Aos 30

Como já foi dito anteriormente, aos 30 anos, o organismo inicia um processo natural de perda de massa óssea e muscular. Além disso, o metabolismo tende a ficar mais “lento”. Talvez seja a hora de você pensar em um cardápio ou dieta apropriados para as suas necessidades — que equilibre as porções diárias de proteínas, carboidratos e gorduras boas. Não abandone a atividade física e faça exames com frequência para saber se é preciso suplementar alguma vitamina ou mineral.

Aos 40

Seu corpo, definitivamente, passou por mudanças e não é mais o mesmo. A taxa metabólica basal (quantas calorias você gasta por dia em repouso), por exemplo, costuma ser 10% menor do que era aos 30.

As mulheres devem se preparar para outra transformação natural, mas que gera muitas modificações: a menopausa. Provavelmente será preciso apostar na vitamina D, que auxilia na absorção de cálcio. Converse com seu nutricionista.

Leia também: Vitamina D: para que serve, como tomar e benefícios

O que comer em cada faixa etária? 50+

Os hábitos alimentares podem até mudar, mas, agora, é mais importante do que nunca que você ingira todos os nutrientes essenciais ao organismo. Alguns deles são:

  • Cálcio;
  • Ferro;
  • Zinco;
  • Magnésio (presente em vegetais folhosos, frutos do mar, nozes, cereais e derivados do leite);
  • Fósforo (semente de abóbora seca, soja assada, amêndoa, semente de girassol, sardinha e amendoim são algumas fontes);
  • Vitamina D (leite e derivados);
  • Vit. A (fígado, leite e derivados, ovos, cenoura e batata-doce);
  • Vitamina C (limão, laranja, mexerica, caju, goiaba e manga).

Sobre o autor

Amanda Panteri
Jornalista e repórter da Vitat. Especialista em alimentação saudável.

Leia também:

benefícios da banana
Alimentação Bem-estar Saúde

10 benefícios da banana que provavelmente você não conhece (mais receitas)

A banana é amiga do intestino, além de ser eficiente na prevenção de cãibras. Veja outros benefícios da fruta!

mulher fazendo o exercício peck deck na academia
Bem-estar Movimento

Peck deck (voador): o que é, para que serve e como fazer o exercício

Entenda quais músculos o peck deck aciona, como executar corretamente e quais exercícios podem substituí-lo nos dias mais cheios da academia

perda muscular
Bem-estar Movimento Saúde

Perda muscular compromete a recuperação do paciente  

A sarcopenia, a perda de massa muscular e da força, aumenta o risco de complicações em diversos quadros