Menstruação pode causar anemia? Descubra se é mito ou verdade

Saúde
25 de Março, 2022
Menstruação pode causar anemia? Descubra se é mito ou verdade

A anemia causada pela menstruação é uma das principais razões de deficiência de ferro e anemia na mulher. Já se sabe que o fluxo menstrual acontece por um longo período da vida da mulher e, com isso, uma parte do seu estoque de ferro é perdido conjuntamente. Mas afinal, será que a menstruação pode causar anemia?

Leia mais: Anemia: Alimentos que ajudam a combater

Afinal, menstruação pode causar anemia?

A menstruação é causada pela descamação uterina após uma ovulação não fertilizada, regulando o ciclo reprodutivo. No entanto, o aumento do fluxo menstrual associado ou não à baixa ingestão de alimentos que contém ferro pode levar ao aparecimento de deficiência de ferro, e, como consequência desta perda, surgir a anemia.

“Uma mulher que ainda menstrua precisa de 18mg diários de ferro, enquanto os homens precisam apenas de 8mg. A anemia por deficiência desse mineral ocorre quando diminuem as reservas no corpo. Assim, o ferro é um mineral essencial para o equilíbrio do nosso organismo, uma vez que ele está associado à produção de hemoglobina, que é a molécula responsável pelo transporte de oxigênio”, explica Dra. Adrienne Moreno, Oncohematologista da UFRJ e da Oncologia D’Or.

Leia mais: Afinal, treinar menstruada faz mal? Dicas e cuidados

Hipermenorreia é a principal causa de anemia em mulheres

A menstruação excessiva é chamada de hipermenorreia e é a principal causa de anemia por deficiência de ferro em mulheres que menstruam. Dessa forma, é responsável por sintomas como fluxo menstrual intenso (com duração de mais de 7 dias e presença de coágulos), cansaço, fadiga física e mental, falta de concentração, tonteira, palidez, pele amarelada, unhas e cabelos quebradiços e problemas ginecológicos (mioma uterino), que levam à hipótese de anemia relacionada à menstruação.

“O hemograma é o exame que usamos para detectar a diminuição da hemoglobina, e junto com a entrevista médica e o exame físico, auxiliam o médico no diagnóstico de anemia. O profissional da saúde poderá, ainda, solicitar outros exames para descobrir as possíveis causas desta anemia, incluindo exames para detecção da falta de ferro. A investigação da possível causa de perda menstrual excessiva é feita em conjunto pelo ginecologista e o hematologista. Logo após a identificação desta causa, poderá ser instituído um tratamento para correção da perda de sangue, associado à suplementação de ferro e uma dieta apropriada”, finaliza a Dra. Adrienne.

Leia mais: Exames ginecológicos: conheça os principais que toda mulher deve fazer

Fonte: Dra. Adrienne Moreno, Oncohematologista da UFRJ e da Oncologia D’Or.

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.

Leia também:

Lapsos de memória
Bem-estar Equilíbrio Saúde

Lapsos de memória: 8 principais fatores e como evitá-los

Rotina sobrecarregada, estresse e noites maldormidas são algumas das causas

Medir a pressão arterial
Saúde

Medir a pressão arterial: veja novas recomendações

Veja novas recomendações da Sociedade Brasileira de Cardiologia

mulher se consultando com um médico
Bem-estar Saúde

Preparação para a bariátrica vai além dos exames e envolve mudanças de vida

Antes de entrar no centro cirúrgico, o candidato à cirurgia bariátrica percorre um caminho de preparação que promete mais do que a perda de peso: uma