Creme de ureia: vantagens e desvantagens para a pele

22 de março, 2022

O creme de ureia é um cosmético criado com esse ativo muito potente, que possui a finalidade de tratar a nossa pele. 

De acordo com a Dra. Nabila Scabine Pessoti, dermatologista credenciada da Academia da Pele, além de um hidratante poderoso, o creme de ureia também é indicado para tratamentos mais graves, como psoríase ou dermatite.

Isso porque a ureia também possui ação antibacteriana, por isso é a base de alguns tratamentos que possuem condições dermatológicas como ressecamento, coceira ou lesões. Além de tratar condições como dermatite atópica, ictioses, eczemas, psoríase e calosidades. 

“A ureia é uma substância orgânica que proporciona uma alta hidratação, já que mantém a pele hidratada por um longo período”, explica a especialista. 

Além disso, a dermatologista conta que esse ativo também é considerado um dos componentes mais seguros no tratamento da pele ressecada, pois tem uma alta capacidade de hidratação, capaz de melhorar a textura, reduzir a aspereza e a descamação da pele.

Modo de usar creme de ureia

Os cremes de ureia podem ser aplicados no corpo, durante à noite, logo após o banho. Mas se preferir, também podem ser reaplicados pela manhã.

Contudo, nem todos os cosméticos que possuem esse ativo são indicados para o rosto. Por isso, é importante ficar atento ao percentual de ureia presente no creme para descobrir se ele pode ser usado tanto no corpo quanto no rosto. 

Isso porque a pele do rosto é mais sensível e pode sofrer reações indesejadas, como coceira, vermelhidão ou alergias. Portanto, o ideal é consultar um especialista e solicitar um produto específico para o cuidado da pele do rosto e do corpo. 

Leia também: Lubrificante no rosto? Truque do TikTok não é recomendado por especialistas

Vantagens 

A nossa especialista consultada lembra que a ureia é um ativo que está na composição de vários produtos hidratantes, como cremes ou loções para a pele. “Sem dúvidas, o maior benefício é a hidratação do corpo”, complementa. 

Além de hidratar a nossa pele, podemos citar mais benefícios do creme de ureia. Assim, veja abaixo: 

  • Ajuda no combate da pele ressecada;
  • Melhorar a textura da pele;
  • Reduz a aspereza e descamação;
  • Combate à pele seca;
  • Estimula a produção de colágeno;
  • Melhora a aparência da pele;
  • Atravessa a camada de células mortas;
  • Penetra profundamente nas camadas cutâneas;
  • Faz a esfoliação da pele oleosa;
  • A queratose, famosa “pele de galinha”, pode ser suavizada com ureia.

Desvantagens

Apesar das muitas vantagens, o creme de ureia também tem algumas desvantagens. “Deve-se avaliar cada caso. Antes de optar por um tratamento à base de ureia, o melhor a fazer é consultar o seu dermatologista”, recomenda a médica credenciada da Academia da Pele.

Desse modo, saiba alguns malefícios do creme de ureia, principalmente quando usado em proporções exageradas. Confira abaixo: 

  • Dependendo da concentração pode causar irritação em peles sensíveis ou sensibilizadas;
  • Não pode ser utilizado por gestantes;
  • Se utilizada incorretamente, pode causar coceiras, dermatite de contato e até manchas nos locais aplicados;
  • Pessoas com problemas renais não devem usar esse tipo de creme;
  • Em peles mistas, a ureia pode aumentar a oleosidade e facilitar o surgimento de acne. 

Por que gestante não pode usar creme com ureia?

A Dra. Nabila Scabine explica que devido ao alto teor irritativo, a ureia pode causar reações adversas em peles sensíveis, como edemas, coceira e hipersensibilidade local.

“Além de oferecer riscos à saúde e ao desenvolvimento de fetos, quando utilizada por gestantes”, complementa a dermatologista. 

Ademais, a ANVISA recomenda que produtos com ureia precisam apresentar uma concentração abaixo de 3% desse ativo. Pois em um nível de exposição maior, ela pode atravessar a barreira placentária das gestantes.

Quem tem diabetes pode usar creme com ureia?

Os pacientes com diabetes não podem usar qualquer hidratante, é muito importante ler a bula e utilizar cosméticos indicados por dermatologistas. 

Sobre o uso de cremes com esse ativo por pessoas com diabetes, a especialista responde que depende: “cremes repletos de ureia são contraindicados para quem possui diabetes. Apenas fórmulas com menos de 10% dessa substância são efetivas como hidratantes”, diz.

Sendo assim, a dermatologista complementa que acima desse percentual indicado, a ureia gera uma esfoliação que lesa aquela pele já fragilizada.

A ureia é efetiva no cuidado e cicatrização de tatuagens?

Como a ureia também é um ativo efetivo no cuidado e cicatrização de tatuagens, já que as áreas tatuadas devem ser muito bem protegidas e hidratadas. 

Portanto, como a ureia tem alto poder hidratante, então é possível utilizar cremes com esse ativo na sua rotina de tattoo care.

No entanto, a médica dermatologista sugere outras alternativas para os seus pacientes que possuem tatuagens: “como a ureia pode irritar algumas peles, eu costumo indicar um creme reparador com ceramidas para o cuidado e cicatrização das tattoos”, finaliza.

Fonte: Dra. Nabila Scabine Pessoti, dermatologista credenciada da Academia da Pele.

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.