Cosméticos com álcool fazem mal para a pele: mito ou verdade?

19 de July, 2022

Quem mantém a rotina de cuidados de beleza em dia sabe que é comum encontrar cosméticos com álcool em sua formulação.

Apesar de ser um ingrediente que oferece certos benefícios para alguns tipos de pele, ele também pode prejudicá-las alguns casos.

Leia também: Uso excessivo de cosméticos pode fazer mal para a pele: saiba por que

Afinal, cosméticos com álcool fazem mal para a pele?

De acordo com a dermatologista Carla Vidal, de São Paulo, muitos dos produtos de skincare têm álcool em sua formulação e eles podem irritar a pele por conta disso, especialmente as mais sensíveis.

“O álcool é um componente que pode a deixar a pele ressecada em sem viço. Isso acontece porque ele ‘suga’ a hidratação da pele, deixando-a seca, descamando e, muitas vezes, doendo”, ela explica.

Um bom exemplo deste problema foi o aumento de queixas de mãos ressecadas durante a pandemia – problema causado pelo uso do álcool-gel.

Leia também: Cosméticos vencidos e os perigos para a pele

Existem, contudo, algumas pessoas que podem ter benefícios com o álcool na composição dos cosméticos.

“Peles muito oleosas precisam do adstringente para controlar a oleosidade excessiva da pele e neste papel o álcool tem ótimo desempenho. Nesse tipo de pele, os benefícios são vistos e, por isso, o álcool é utilizado como ativo na formulação”, aponta a médica.

De qualquer forma, não deixe de consultar seu médico caso note alguma irritação na pele após o uso de cosméticos com álcool na fórmula, mesmo que tenha sido ele quem prescreveu o produto.

E quanto ao álcool-gel, qual é o melhor tipo?

O álcool-gel se tornou um produto de uso indispensável desde o início da pandemia. Como dito anteriormente, contudo, ele pode acabar deixando as mãos muito secas, já que tira a hidratação natural da pele.

Neste caso, Carla explica que o ideal é usar versões com aloe vera na fórmula, pois o ativo ajuda a cuidar da hidratação das mãos.

Desta forma, é possível higienizar a pele sem comprometer sua saúde.

Fonte: Carla Vidal, dermatologista da Clínica Vidal Dermatologia e Cirurgia, de São Paulo.

Sobre o autor

Ana Paula Ferreira
Jornalista e repórter da Vitat. Especialista em beleza e bem-estar.