Cosméticos veganos: o que são e quais seus benefícios

Beleza Bem-estar
13 de Maio, 2022
Cosméticos veganos: o que são e quais seus benefícios

Não é de hoje que os cosméticos veganos passaram a ocupar um bom espaço nas prateleiras de farmácias e lojas de itens de beleza.

Por mais que tenha caído no gosto de muita gente que entende qual é a sua proposta, esta categoria de produtos ainda gera algumas dúvidas quanto a suas composições, benefícios etc.

Pensando nisso, Silvia Fiuza, dermatologista e consultora da marca de cosméticos veganos Benten Bem-Estar, esclareceu algumas das perguntas mais comuns sobre este tema. Confira:

O que são cosméticos veganos?

O cosmético vegano não tem nenhum tipo de ingrediente vindo de animais.

“Esses produtos não podem usar matérias primas de origem animal, de nenhum tipo. Portanto, entram nessa lista desde o mel e a cera de abelha até o colágeno, por exemplo”, explica Silvia.

“Além disso, para ser vegano, o cosmético não deve ser testado em animais (tanto os ingredientes, quanto o produto final)”, ela completa.

Leia também: 6 alimentos que parecem veganos, mas não são

Como identificar este tipo de produto na hora de comprar?

Para saber se um produto de beleza é vegano ou não, é necessário checar a lista de substâncias que compõe ele.

Segundo a dermatologista, os ingredientes de origem animal mais usados em produtos de beleza são cera, mel de abelha, lanolina, cochonilha, almíscar e esqualeno. Contudo, também é possível identificar através dos símbolos impressos nas embalagens destes produtos.

Entre eles, estão:

  • Certified Vegan

“O Certified Vegan é emitido pela organização internacional Vegan Action. Este selo confirma que todo o processo de produção do cosmético é vegano.”

  • Vegan

Com o girassol como símbolo, esta categoria é emitida pela Vegan Society, que é uma instituição de caridade e empresa limitada por garantia.

  • Cruelty Free and Vegan

“O famoso coelhinho é o símbolo da PETA para certificar produtos com  fórmulas 100% veganas e que não fazem testes em animais”, diz Silvia.

  • Selo Vegan

Caracterizado pela letra V estilizada, incluída em produtos que não usam ingredientes de origem animal.

Vale ressaltar que a entidade responsável no Brasil por checar se um produto é realmente vegano é a Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB). No entanto, a certificação emitida por ela não é um pré-requisito obrigatório, de acordo com a dermatologista.

Leia também: Afinal, o que é beleza limpa?

Quais são seus benefícios?

Os benefícios de usar um cosmético vegano são, na verdade, relacionados ao estilo de vida e comportamento que a pessoa decide ter, já que estes produtos preservam o meio ambiente e não maltraram os animais.

Além disso, suas fórmulas também podem estar livres de hormônios que normalmente estão presentes em cosméticos que não são veganos.

Todo cosmético vegano é natural?

“Nem todo cosmético vegano é natural, pois um produto vegano pode conter ingredientes sintéticos como os parabenos e sulfatos, por exemplo. Com isso, eles acabam não sendo naturais”, afirma Silvia.

Lembre-se: o termo vegano implica em não ter produtos de origem animal e nem testes feitos em animais.

Os cosméticos veganos possuem mais nutrientes? 

Nem sempre.

“Os produtos veganos seguem uma ideologia e trazem produtos que não afetam o bem estar dos animais. Contudo, nada se impõe quanto à composição dos mesmos. Isso vai depender, portanto, dos ativos de cada produto”, explica a dermatologista.

Leia também: Afinal, qual é a diferença entre vegetariano e vegano?

Diferença entre produto vegano, cruelty free, natural e orgânico

Cosmético vegano

Não possui nenhum componente de origem animal na fórmula.

Isso inclui elementos à base de ingredientes como mel, colágeno natural (retirado da pele e das cartilagens de alguns tipos de animais), lanolina (que é uma espécie de “graxa” tirada da lã do carneiro), leite, cera de abelha, alguns tipos de glicerina, entre outros.

Cruelty Free

Em tradução, o termo quer dizer “livre de crueldade”, ou seja, não é testado em animais. Desta forma, estes cosméticos não os faz sofrer em nome da produção daquele cosmético.

Contudo, o cruelty free não é necessariamente vegano. Isso porque ele ainda pode ser feito com produtos de origem animal, mesmo não fazendo testes neles.

Cosméticos naturais

Como o nome indica, são produtos feitos a partir de matérias-primas naturais, que não prejudicam a saúde de quem usa e não maltratam o meio ambiente.

“Para um cosmético ser considerado natural, ele precisa ser cruelty free. Contudo, nem todos os produtos naturais são necessariamente veganos”, explica Silvia.

Cosméticos orgânicos

Estes também são feitos com o uso de componentes naturais, porém com ingredientes produzidos de forma orgânica.

Isso significa, portanto, que tudo que é utilizado no produto não tem agrotóxicos e nenhum outro tipo de químico sintético.

“Os adubos usados no cultivo são sempre naturais, e a rotação de culturas e saúde do solo é respeitada. Essa dinâmica, então, causa um impacto muito menor no meio ambiente, e ainda resulta em ingredientes de maior qualidade.”

Como resultado desses processos, é comum que os produtos sejam boas opções para pessoas com alergias, sobretudo na pele e no couro cabeludo.

“Assim como no caso dos cosméticos naturais, os produtos de beleza orgânicos sempre precisam ser cruelty free. No entanto, nem sempre são veganos”, ressalta a profissional.

Fonte: Silvia Fiuza, dermatologista e consultora da marca de cosméticos veganos Benten Bem-Estar.

Sobre o autor

Ana Paula Ferreira
Jornalista e repórter da Vitat. Especialista em beleza e bem-estar.

Leia também:

Dia dos Pais fondue saudável
Alimentação Bem-estar Receitas

Fondue saudável: confira algumas substituições mais equilibradas!

Quando as temperaturas caem, uma noite de fondue é uma excelente pedida

chocolate quente fit
Alimentação Bem-estar

Chocolate quente fit é opção saudável para festa junina. Veja receitas!

Nessa época, algumas comidas ganham protagonismo, como caldos, bebidinhas quentes e doces típicos. Veja como fazer um chocolate quente fit!

Por quanto tempo devo tomar ômega
Alimentação Bem-estar

Por quanto tempo devo tomar Ômega 3?

Muitas pessoas se perguntam: Por quanto tempo devo tomar ômega 3? Veja recomendações importantes sobre o consumo prolongado