Dicas para dormir melhor em noites frias

9 de junho, 2022

Nas baixas temperaturas, algumas atividades e hábitos precisam ser adaptados para conseguirem funcionar bem. Isso vale tanto para a mudança de roupas, como também para o sono. Afinal, uma noite bem dormida é tudo o que muitas pessoas desejam. Mas, durante o frio, pode ser difícil ter uma noite confortável. Por isso, profissionais contam dicas sobre como dormir melhor no frio

O frio realmente pode prejudicar o sono. José Netto, otorrinolaringologista e especialista em Medicina do Sono, explica que doenças respiratórias são mais frequentes nesse período. No período, há menor luminosidade dos raios solares mudam o ciclo circadiano, que interfere na liberação dos hormônios ligados ao sono e ao despertar. 

Ele pontua outros fatores que atrapalham o repouso. “A queda da temperatura corporal, que induz liberação de melatonina, um dos principais hormônios reguladores do sono. Além disso, o frio tende a reduzir o metabolismo, o que torna as pessoas mais dorminhocas”, explica.

Leia também: Como o álcool e o sono ruim atrapalham o seu emagrecimento

O que piora a qualidade do sono no frio?

Não é somente a temperatura que mexe com o sono no frio. Alguns hábitos podem prejudicar ainda mais a qualidade do repouso. Por exemplo, o consumo de bebidas com cafeína, que aumentam. Essa substância causa insônia e despertares noturnos, como explica o otorrinolaringologista e especialista em Medicina do Sono José Netto. 

“Outro hábito é o uso de lençóis e roupa de frio com tecidos mais espessos, que geralmente têm maior quantidade de ácaros e isto desencadeia quadros alérgicos que dificultam a respiração durante o sono”, conta. 

Como dormir melhor no frio: Evite muitas peças de roupa ou cobertores

No frio é ótimo ficar bem quentinho, certo? Entretanto, se engana quem pensa que isso não é prejudicial para a saúde ortopédica! Netto explica que uma maior quantidade de lençóis, especialmente na cabeça, pode deixar a coluna cervical em posições erradas. 

“Quando a coluna vertebral está numa posição inadequada pode levar a compressão de raízes nervosas da coluna e distensão de músculos da região, o que provoca dores e dormências nas pernas e braços”, diz. 

Como ficar confortável e não demorar para dormir?

Evite o consumo de cafeína à noite, bem como refrigerantes, energéticos e o próprio café. Uma outra opção é diminuir o uso das telas. Assim, fique menos tempo nos smartphones, notebooks e TVs. 

Rodolfo Balogh, diretor técnico e clínico geral da Vibe Saúde, explica que para dormir melhor é importante fazer a “higiene do sono”, se preparar para dormir. Uma ou duas horas antes de dormir e desligue as telas

“Desligar o celular, colocar o pijama, fazer higiene pessoal quando for deitar na cama… Isso já ‘desligou’ da realidade, da rotina. Procurar alguma atividade que distraia, a leitura de um livro, alguma revista, algum assunto que seja interessante. Isso já depois das 17h. Todos esses hábitos são fundamentais para uma boa indução de sono”, diz. 

Além disso, outra dica dos médicos é deixar o ambiente calmo, silencioso e sempre bem escuro. De acordo com Balogh, quanto mais escuro melhor é a qualidade do sono. 

Leia também: Dormir no chão faz bem para a coluna?

Como dormir melhor no frio: Doenças que atrapalham o sono

Algumas doenças podem piorar ainda mais a qualidade e duração do sono. Por exemplo, não é nada confortável e fácil dormir quando se está com o nariz entupido, tosse ou crise respiratória. Rodolfo Balogh Junior, clínico geral, conta que infecções, febre e dores no corpo atrapalham o aprofundar do sono. 

“Geralmente, a febre aparece no final da tarde e à noite, e isso atrapalha a qualidade do sono e até mesmo o início do sono. E principalmente a respiração, que fica comprometida e obstrui vias aéreas. Vem a cefaleia na sequência. Tudo isso acaba atrapalhando a qualidade do sono e o paciente está sempre cansado, indisposto, sem energia necessária para tocar as atividades diárias”, afirma.

Leia também: Procrastinação na hora de dormir: por que acontece e como evitar

Perigos

O clínico geral Rodolfo Balogh explica que um paciente que não dorme bem fica com o humor irritável. Sendo assim, pode virar um gatilho para transtorno de ansiedade ou comportamentos ansiosos. 

Por fim, José Netto, especialista em Medicina do Sono conta que em épocas frias, as pessoas comem mais. Logo, por estarem sedentárias em casa, isso causa a inflamação dos órgãos. “Favorece quadros de apneia e traz prejuízos diversos para o sono, bem como as consequências disto, como maior incidência de infarto, acidente vascular cerebral, falta de energia e queda na imunidade”.

Fontes: José Netto, otorrinolaringologista e especialista em Medicina do Sono; Rodolfo Balogh Junior, diretor técnico e clínico geral da Vibe Saúde.

Sobre o autor

Gabriela Ferreira
Gabriela Ferreira
Jornalista e Repórter da Vitat.