Dormir no chão faz bem para a coluna?

24 de maio, 2022

Quando o assunto é dormir, existem pessoas que não trocam a cama por nada. Por outro lado, alguns preferem dormir no chão. Mas será que faz bem para a coluna?

Antes de mais nada, o sono é um dos fatores mais importantes para manter a saúde física e mental. Dessa forma, o recomendado é dormir por cerca de 7 a 8 horas por dia.

Mas afinal, dormir no chão faz bem para a coluna?

De acordo com especialistas, dormir no chão não vai trazer benefícios a longo prazo. Contudo, a curto prazo, pode ajudar a reduzir as dores agudas na coluna. Assim, isso acontece pois, ao dormir no chão, as pessoas tendem a deixar os joelhos para cima, tirando a pressão da coluna.

Mas a redução das dores nas costas depende de cada pessoa. Ou seja, para alguns, dormir no chão pode realmente melhorar as dores, enquanto para outras não faz tanta diferença. 

Se você costuma sentir dores persistentes na coluna, o indicado é buscar avaliação médica e realizar exames de imagem, por exemplo, para ter o tratamento ideal.

Leia também: Cifose: Principais técnicas para amenizar a dor na coluna

Exercícios para reduzir dor nas costas

Diariamente sobrecarregamos a região das costas. Por isso, de acordo com a educadora física, para aliviar e evitar as dores nas costas, é necessário fortalecer toda a musculatura das costas. 

Os abdominais são as melhores opções para conseguirmos esse fortalecimento e adquirir estabilidade. Além disso, o alongamento também é importante, pois contribui com a flexibilidade e redução das dores musculares. Dessa maneira, para alongar a região das costas, faça o alongamento abaixo e permaneça 20 segundos em cada posição. 

  1. Sem realizar hiperextensão dos posteriores de coxa, vá com as mãos em direção aos pés e relaxe o corpo;
  2. Em pé, incline o tronco para a direita e segure. Em seguida, incline para o outro lado;
  3. Deite-se no chão, gire o quadril e encoste as pernas no chão, mantendo a costa no solo. Logo após, faça com o outro lado;
  4. Sente-se no chão em cima dos calcanhares e incline-se para a frente, tentando alcançar o chão com as mãos, o máximo que conseguir;
  5. Faça essa sequência duas vezes, todos os dias.

Sobre o autor

Julia Moraes
Julia Moraes
Jornalista e repórter da Vitat. Especialista em fitness, saúde mental e emocional.