Cafeína: conheça os benefícios que ela oferece para a beleza

10 de maio, 2022

Conhecida por ser o principal ingrediente ativo do café, a cafeína se tornou mais uma grande aliada da beleza. Isso porque ela é uma substância que tem o poder de combater alguns problemas comuns como olheiras e envelhecimento da pele. Conheça a seguir os benefícios da cafeína!

Leia também: Afinal, cafeína faz mal?

O que é a cafeína?

A cafeína é uma substância encontrada café e em alguns outros alimentos, como cacau, guaraná, erva-mate e chá-verde, e também em suplementos.

Quando absorvido pela corrente sanguínea, este componente é levado ao cérebro, onde gera uma ação estimulante.

Como resultado, ele influencia nosso humor, estado de alerta, desempenho esportivo e capacidade de raciocínio e foco.

Leia também: Cafeína pode nos ajudar a resolver problemas, diz estudo

Benefícios para a beleza

Por ser uma substância estimulante, ela tem a capacidade de ativar a circulação sanguínea e contribuir para a saúde da pele.

Com isso, um dos benefícios da cafeína para a beleza, de acordo com a dermatologista Michele Monteiro, do Rio de Janeiro, é a redução das bolsas nas pálpebras.

A profissional explica que, quando usada em cremes para a área dos olhos, ela ajuda a amenizar o inchaço e inflamação, além de diminuir o acumulo de sangue, que contribui para a melhora das marcas escuras.

Leia também: Afinal, quais são os tipos de olheiras?

“Além disso, a cafeína também é antioxidante e combate os radicais livres, que leva à prevenção do envelhecimento”, completa.

Por fim, ela ainda estimula a regeneração celular, que leva ao aspecto saudável e jovem da pele.

Leia também: Máscara de café: Conheça os benefícios para a pele e aprenda receitas

Como usar a favor da beleza

A cafeína pode ser usada de forma oral, com bebidas como o café, ou em cosméticos como cremes e máscaras faciais, por exemplo.

“Eu só não indico para esfoliação. Os grãos de café não são uniformes e podem causar lesões por atrito e irritações na pele”, explica a dermatologista.

Na dúvida, sempre busque um profissional para que ele avalie seu caso e indique o melhor tratamento.

Fonte: Michele Monteiro, dermatologista, do Rio de Janeiro.

Sobre o autor

Ana Paula Ferreira
Ana Paula Ferreira
Jornalista e repórter da Vitat. Especialista em beleza e bem-estar.