5 alimentos industrializados que são amigos de uma dieta saudável!

Alimentação Bem-estar
14 de Junho, 2022
5 alimentos industrializados que são amigos de uma dieta saudável!

É bem incomum ligarmos os alimentos industrializados a dietas saudáveis, não é mesmo? Contudo, e como uma alimentação boa para nós também envolve o equilíbrio, é possível se beneficiar de alguns desses produtos, sabia? Entenda melhor sobre o assunto:

Afinal, o que são alimentos industrializados?

De acordo com a nutricionista e professora Fernanda Maniero, coordenadora do curso de Nutrição da Faculdade Anhanguera, “é todo aquele alimento que passa por algum tipo de processo industrial, recebendo ingredientes, aditivos químicos ou refino”, explica.

Ela cita como exemplos pães, queijos, massas e enlatados (frutas cristalizadas, atum ou sardinha). “Na outra ponta estão os alimentos in natura (folhas, frutas, verduras, legumes, ovos, carnes e peixes), que são aqueles que não sofreram nenhum tipo de processo industrial.”

Alguns ingredientes passam por processos industriais para que durem mais (e aguentem mais tempo no transporte), para um melhor aproveitamento de suas qualidades nutricionais, ou então para um maior padrão de qualidade.

Leia também: Entenda a importância da água para ganhar massa muscular

Por que os alimentos industrializados não são considerados saudáveis?

Isso acontece porque a maioria realmente têm um valor nutritivo menor por conta dos processos da indústria. “Além disso, como é necessário usar mais sódio e açúcar, além de outras substâncias nocivas à saúde para preparação e conservação desses alimentos, eles acabam contribuindo para o desenvolvimento de doenças como diabetes e colesterol, entre outras”, complementa a profissional.

Contudo, Fernanda Maniero ressalta que, como tudo na vida, cabe o equilíbrio. “Consumidos com moderação, os alimentos industrializados podem sim ser incluídos nas dietas. Com a rotina cada vez mais corrida das pessoas, uma alimentação 100% saudável e livre de industrializados é praticamente impossível.”

Leia também: Hábitos alimentares que atrapalham a absorção de nutrientes

Quais os alimentos industrializados saudáveis?

“São alimentos industrializados, mas que no geral recebem menos aditivos da indústria. É importante que o consumidor fique atento ao rótulo dos produtos: quanto menos substâncias nocivas, melhor é o alimento para a dieta e para a saúde de quem vai consumi-lo”, diz. A profissional destaca alguns:

Iogurtes naturais

O iogurte é fonte dos mais variados nutrientes. Nele, encontramos proteína, minerais, vitaminas e cálcio. Alguns tipos apresentam ainda baixo teor calórico e podem conter potássio, fósforo, ácido fólico e micro-organismos que regulam o intestino, os famosos probióticos. Sem contar que são bem práticos para os lanchinhos intermediários!

O iogurte natural (seja o integral ou o desnatado), por exemplo, é a versão menos processada que você pode encontrar. Não contém açúcar e é uma ótima fonte proteica e de cálcio. Outras boas opções são grego, skyr e kefir (prefira os sem açúcar).

Queijo cottage

O queijo cottage é um queijo de baixa caloria com sabor suave. Sua popularidade cresceu nas últimas décadas e seu consumo é frequentemente recomendado como parte de uma dieta saudável.

Macio, branco e cremoso, é considerado um queijo fresco. Ou seja, não passa por um processo de envelhecimento ou amadurecimento para desenvolver o sabor. Assim, ele é feito a partir da coalhada de vários níveis de leite de vaca pasteurizado, incluindo leite sem gordura, gordura reduzida ou leite normal.

Chocolate amargo (70% cacau)

Diferentemente do chocolate ao leite, o amargo não possui adição de leite, sendo composto apenas de grãos torrados de cacau e açúcar. A princípio, esse tipo é conhecido como “mais saudável”, pois possui maior quantidade de cacau em sua composição em comparação à versão ao leite.

Devido à sua maior quantidade de cacau, o chocolate amargo, também chamado de “chocolate mais puro”, possui grande quantidade de flavonoides, ou seja, antioxidantes naturais e poderosos que trazem muitos benefícios para a saúde.

Por fim, existem diferentes versões desse chocolate: extra amargo (75% a 85% de cacau), amargo (50% a 75%) e meio amargo (35% a 50%). O ideal é não ultrapassar 30g por dia, que é o equivalente a dois bombons ou uma barrinha pequena.

Suco de uva integral

O suco de uva integral é parte do café da manhã de muitas pessoas, principalmente de quem deseja ganhar massa muscular. A uva, em suas diversas variedades, é uma fruta saudável e nutritiva, fonte de fibras, vitaminas e principalmente repleta de antioxidantes. Por isso, seu suco é também nutritivo e benéfico para a saúde.

Porém, é importante que a bebida seja integral. Isso porque refrescos com sabor da fruta, que são artificiais e possuem aditivos químicos diluídos em água açucarada, não trazem as mesmas vantagens.

Pão integral

A princípio, a opção mais saudável é aquela que contém mais fibras, menos sódio e maior presença de vitaminas e minerais. Por isso, se comparado ao pão branco, o pão integral é uma boa substituição. Afinal, a versão feita com farinha branca (refinada) é mais pobre em nutrientes.

Basicamente, o processo de refinamento da farinha remove o gérmen e o farelo do trigo, que são as partes onde há maior abundância de fibras, vitaminas e minerais. Na hora de escolher qual pão integral comprar, seu rótulo deve ser minuciosamente observado.

Para um alimento ser considerado verdadeiramente integral, o primeiro ingrediente mencionado na tabela nutricional deve ser a farinha integral, não a branca (que também pode ser encontrada com o nome de “farinha de trigo enriquecida com ferro e ácido fólico“). Por determinação da Anvisa (Agência de Vigilância Sanitária), o primeiro ingrediente mencionado na tabela é sempre o mais abundante no produto.

Não só, é preciso verificar também se há adição de químicos artificiais, como os conservantes, emulsificantes, fortalecedores e mais. Ou seja, busque evitar alimentos que sejam ultraprocessados.

Fonte: Fernanda Maniero, nutricionista, professora e coordenadora do curso de Nutrição da Faculdade Anhanguera.

Sobre o autor

Amanda Panteri
Jornalista e repórter da Vitat. Especialista em alimentação saudável.

Leia também:

ator Cauã Reymond segurando um garfo e uma faca e usando um babador
Alimentação Bem-estar

Cauã Reymond mostra jantar saudável com sopa, frango e legumes

Ator compartilhou em suas redes socais o que comeu na noite de Dia dos Namorados (12/06). Confira o jantar de Cauã Reymond

personal ajudando aluno a fazer o exercício crucifixo inclinado na academia
Bem-estar Movimento

Crucifixo inclinado: como fazer corretamente para evitar dores

A posição do banco no crucifixo inclinado faz com que o exercício enfatize bem os músculos do peitoral. Confira o passo a passo

criança nadando na piscina
Bem-estar Movimento

Crianças podem (e devem) fazer natação no inverno!

Prática deve ser contínua mesmo no frio, pois aumenta imunidade e o gasto calórico. Veja os benefícios da natação no inverno para as crianças!