Acantose nigricans: manchas escuras na pele indicam diabetes?

Saúde
03 de Março, 2022
Acantose nigricans: manchas escuras na pele indicam diabetes?

A acantose nigricans é uma doença dermatológica caracterizada pelo escurecimento da pele, principalmente nas dobras do pescoço e axila, deixando-a com aspecto mais grosso e aveludado. Apesar da condição também afetar pessoas saudáveis, pode indicar o surgimento de problemas de saúde mais sérios, como a diabetes.

Leia mais: Exames de diabetes: Quais são os testes que confirmam o diagnóstico?

Quais são as causas da acantose nigricans?

De acordo com a Dra. Maria Fernanda Barca, endocrinologia, a acantose é uma doença de pele que apresenta manchas escuras, grosseiras e ásperas. Há, basicamente, dois tipos de acantose – benigna e maligna – sendo, cada uma relacionada a diferentes causas.

Além da diabetes, a condição também está associada a doenças como obesidade e síndrome dos ovários policísticos, ou seja, doenças associadas a distúrbios metabólicos. Também pode estar associada à problemas na tireoide, e, quando maligna, geralmente está associada a cânceres do aparelho digestivo, como o de estômago. 

As manchas são mais comuns em afrodescendentes e em pessoas de pele mais escura. A boa notícia é que elas pode sumir com o tratamento adequado.

Sintomas

Ainda de acordo com a especialista, a acantose nigricans começa com um leve escurecimento da pele, que vai se tornando espessa e mais escura com aspecto verrucoso. Pode, ainda, ser acompanhada de coceira. A doença evolui lentamente e gradualmente durante os anos. “Quando tratamos a acantose, ela costuma regredir, principalmente ao equilibrar a pessoa metabolicamente”, explica a especialista.

Como tratar as manchas escuras?

A Dra. Maria Fernanda explica que, primeiramente, para tratar a acantose, é preciso descobrir a causa do aparecimento das lesões. Seja qual for a causa, em geral, deve-se adotar um estilo de vida mais saudável, com menos açúcar e carboidratos, e mais atividade física. Além disso, se for um problema hormonal, é possível que o médico prescreva remédios que corrijam o nível de hormônios. Em casos de câncer, cirurgia, quimioterapia ou radioterapia podem resolver. “É possível, ainda, que o médico recomende o uso de alguns medicamentos para clarear as áreas afetadas com o objetivo de proporcionar melhor qualidade de vida ao paciente”, explica.

Por fim, é importante não esquecer que as manchas se desenvolvem de forma lenta. Por isso, fique sempre atento a modificações do seu corpo. Se notar que algo está errado, visite um médico dermatologista para ter um diagnóstico preciso. “Existem casos em que as manchas não desaparecem, mesmo fazendo o tratamento adequado da causa. Nesses casos, o dermatologista pode receitar o uso diário de alguns cremes, como tretinoína, lactato de amônio ou hidroquinona, por exemplo. Em qualquer caso, é sempre recomendado aplicar protetor solar, para evitar que o sol torne as manchas mais escuras”, completa.

Como prevenir a acantose nigricans

Não é possível prevenir a acantose, mas sim fazer sua remissão. Dessa forma, a médica reforça a importância de manter hábitos saudáveis, praticar atividade física, manter uma alimentação adequada com menos carboidratos simples, e mais complexos.

Fonte: Dra. Maria Fernanda Barca, doutora em endocrinologia pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP), membro da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM) e da Sociedade Europeia de Endocrinologia (SEE).

Sobre o autor

Fernanda Lima
Jornalista e Subeditora da Vitat. Especialista em saúde

Leia também:

Lapsos de memória
Bem-estar Equilíbrio Saúde

Lapsos de memória: 8 principais fatores e como evitá-los

Rotina sobrecarregada, estresse e noites maldormidas são algumas das causas

Medir a pressão arterial
Saúde

Medir a pressão arterial: veja novas recomendações

Veja novas recomendações da Sociedade Brasileira de Cardiologia

mulher se consultando com um médico
Bem-estar Saúde

Preparação para a bariátrica vai além dos exames e envolve mudanças de vida

Antes de entrar no centro cirúrgico, o candidato à cirurgia bariátrica percorre um caminho de preparação que promete mais do que a perda de peso: uma