Triglicérides: O que é, riscos e como controlar

Alimentação Bem-estar Receitas Saúde
17 de Março, 2023
Leticia Ramirez Naper de Souza
Revisado por
Nutricionista • CRN-3 63183
Triglicérides: O que é, riscos e como controlar

Consultas de rotina são fundamentais para acompanhar a saúde, agir preventivamente e identificar possíveis doenças em estágio inicial. É neste momento que você pode ter se deparado com um alto índice de triglicérides em seu exame de sangue. Mas afinal, o que isso significa? Qual é o índice considerado normal? 

Para esclarecer dúvidas sobre esse assunto, continue lendo e saiba tudo sobre triglicérides.

Veja também: Dieta Cetogênica: Cardápio 5 dias e como funciona

O que é triglicérides? 

Triglicérides, ou triglicerídeos, são a principal fonte de gordura do nosso organismo, é a maneira que o corpo estoca energia de forma mais fácil. A gordura é armazenada para poder gerar essa energia quando precisar, em algum momento de escassez.

Assim, ao nos alimentarmos, o corpo converte o excesso de calorias que ingerimos em triglicérides e vai armazená-los tanto nas células de gordura quanto em volta dos órgãos, que é a chamada gordura visceral, que tende a se acumular no abdômen. Como o colesterol, todos temos triglicérides e não há problema com isso, pelo contrário. Porém, o problema acontece quando os níveis estão altos. Com os hábitos alimentares dessa década, dificilmente temos falta de gordura, uma vez que, via de regra é diferente de nossos ancestrais, temos fácil acesso aos alimentos. 

Portanto, quando não queimamos esses triglicerídeos que ficam estocados, isso pode comprometer a saúde. Ou seja, se você costuma consumir mais calorias do que queima, pode ter triglicérides elevados – tais índices são diagnosticados com um exame de sangue simples.

As taxas de triglicérides devem permanecer em até 150 miligramas por decilitro de sangue. Entre 150 mg/dl e 200mg/dl, a situação já é limítrofe. Mais que isso, a luz vermelha deve acender. 

Principais causas para o nível alto de triglicerídeos

A má alimentação é o principal fator para o índice elevado de triglicerídeos. Isso acontece porque, além de produzir naturalmente triglicerídeos no fígado, nosso organismo também sintetiza essa gordura a partir da ingestão e quebra de carboidratos, principalmente os refinados, como farinha branca, bolos, pães, biscoitos e doces.

Além disso, a absorção de gordura é ainda maior em alimentos processados, fast foods e embutidos, como presunto, linguiça, salsichas, hambúrgueres e mortadela, entre outros. Outro exemplo é o álcool, que é uma bebida rica em calorias e açúcar e tem um efeito particularmente potente em triglicérides – mesmo pequenas quantidades de álcool podem aumentar os níveis.

Dessa forma, quando consumido em excesso, esse macronutriente é convertido em triglicerídeos desnecessários para o bom funcionamento do corpo. Essa alta no triglicérides, a médio e longo prazo, pode causar problemas de saúde como:

  • Esteatose hepática, que é o acúmulo de gordura nas células do fígado;
  • Diabetes do tipo 2;
  • Resistência à insulina, podendo resultar em um estado de pré-diabetes, hipertensão arterial, aumento do colesterol sanguíneo e doenças vasculares;
  • Pancreatite, uma inflamação no pâncreas;
  • Aterosclerose, o acúmulo de gordura nas artérias;
  • Maior risco de infarto e AVC;
  • Acúmulo de gordura na região abdominal.
  • Também, o consumo excessivo de carboidratos aumenta a retenção de líquido. Além de provocar aumento do inchaço, a retenção dificulta a excreção de sódio e faz a pressão subir. 

Ainda é possível que o paciente tenha uma alteração genética que faz com que os seus níveis de triglicérides permaneçam altos, mesmo com uma alimentação correta e rotina de exercícios, conhecida como hipertrigliceridemia familiar.

Sintomas de triglicérides alto 

Um dos maiores problemas do alto nível de triglicérides é que a condição não apresenta sintomas, ou seja, a taxa permanece em níveis altos sem que a pessoa tenha qualquer alteração aparente em seu estado de saúde. 

Portanto, a única forma de identificar a alta nos índices de triglicérides é através do exame de sangue, que pode ser feito para finalidades específicas ou em consultas de rotina que tem o foco de manutenção da saúde. Lembrando que os exames de rotina, também conhecido como o famoso check-up, são essenciais para garantir o bem-estar e a longevidade, já que eles possibilitam que um médico avalie o seu estado de saúde por completo, detectando assim doenças que também podem ser silenciosas, mas que possuem mais chances de cura quando são tratadas precocemente. 

Como baixar o triglicérides 

triglicerides-v2.

De acordo com dados da American Heart Association, cerca de 30% da população mundial apresentam taxas elevadas dessa gordura nos vasos sanguíneos, ou seja, acima de 150 mg/dL. Dessa forma, a melhor maneira de manter os triglicerídeos na medida é seguindo uma alimentação equilibrada, evitando o excesso de carboidratos refinados, álcool e alimentos industrializados, e investindo em frutas, vegetais e grãos integrais.

Além de pensar na quantidade de carboidratos ingeridos, é preciso prestar atenção na qualidade desses macronutrientes nos alimentos que estão presentes na dieta. A seguir, confira sugestões de trocas saudáveis: 

  • Gorduras: Trocar a gordura saturada encontrada em carnes pela gordura monoinsaturada (a gordura boa) encontrada em azeite e oleaginosas vai ajudar a reduzir os números. 
  • Proteínas: Substituir carne vermelha por peixes ricos em ácidos gordos ómega-3 (como bacalhau, salmão, sardinha e atum) também é uma boa pedida.
  • Estilo de vida: praticar atividade física regularmente pode auxiliar a manter bons níveis de triglicerídeos e colesterol.
  • Alimentação balanceada: Sempre deve se dar preferência para alimentos em versões integrais, mas também não se pode exagerar na quantidade ingerida, uma vez que estes também são carboidratos e tem o seu papel no aumento dos triglicérides.

Exame de triglicerídeos

A taxa de triglicérides deve ser acompanhada nos exames de rotina. Assim, o perfil mais comum do paciente com exame de triglicérides alterado é aquele com excesso na ingestão de calorias pela dieta. E, desse modo, também apresenta maior resistência à insulina. Outras causas, ainda que menos comuns, são a desregulação dos hormônios cortisol ou do crescimento e o uso de anticoncepcional oral.

Como interpretar o exame de triglicerídeos

Triglicérides acima de 150 mg/dL, em exame feito em jejum, em adultos, devem chamar atenção de médicos e pacientes, de acordo com a Sociedade Brasileira de Cardiologia. Em crianças e adolescentes, os níveis desejáveis são abaixo de 75 mg/dL (entre 0 a 9 anos) e de 90 mg/dL (entre 10 a 19 anos).

Portanto, manter níveis elevados de triglicérides aumenta o risco de problemas cardiovasculares. Acima de 500 mg/dL ou 1000 mg/dL, em adultos, pode levar à aterosclerose (acúmulo de placas de gordura nas artérias) e pancreatite (inflamação no pâncreas). Em contrapartida, não há riscos quando o nível está muito baixo, exceto em situações de desnutrição.

Casos com níveis muito alterados, em geral, estão associados a deficiências familiares de metabolização do colesterol, como a síndrome da quilominemia família, doença hereditária e rara caracterizada pela dificuldade no processo de digestão das gorduras. Pessoas com esse diagnóstico podem apresentar concentrações que ultrapassam os 10 mil mg/dL de triglicerídeos.

Vale reforçar que um médico pode fornecer um diagnóstico completo do paciente a partir dos exames. Por isso, após receber o resultado dos exames de sangue, marque uma consulta de retorno para que o especialista em saúde possa avaliá-los. 

Triglicerídeos de cadeia média: Saiba o que são

Apesar de seu nome complicado, os triglicerídeos de cadeia média (TCM) são simples: tratam-se das gorduras encontradas em alimentos como, por exemplo, óleo de coco e laticínios.

Este tipo de gordura se difere das outras por apresentar um tamanho menor na cadeia de carbonos comparada a outros tipos de gorduras como os triglicerídeos de cadeia longa. Assim, isso propicia uma metabolização diferente e mais rápida, podendo ser comparada a dos carboidratos.

Nesse sentido, a ingestão de alimentos compostos por triglicerídeos de cadeia média ajuda no emagrecimento. Pois são metabolizados mais rapidamente e garantem saciedade duradoura. Além disso, a queima calórica é beneficiada com seu consumo, assim como a performance física. Portanto, uma dieta rica em TCM pode ajudar na perda de peso, apesar dos efeitos normalmente serem modestos. 

Como consumir TCM

Alguns alimentos ricos em TCM são o óleo de coco e o óleo de palma. Portanto, não só laticínios, como a manteiga e alguns tipos de queijo. Tais alimentos podem ser adicionados no preparo de diversas receitas, bem como podem servir de petiscos, no caso dos queijos. 

Assim, outra opção é o café bulletproof, do qual o óleo de coco faz parte. Delicioso e altamente nutritivo, ele consiste em nada mais do que café + manteiga + óleo de coco.

Sucos para baixar os triglicerídeos

Como já explicado, as receitas a seguir não são milagrosas. Mas podem ser benéficas se ingeridas dentro de uma dieta equilibrada, pois ajudam a aumentar a ingestão diária de frutas e vegetais! Por isso, confira:

Suco de Aipo

Ingredientes:

  • 2 talos de aipo;
  • 1 col (sobremesa) de sementes de maracujá;
  • 100ml de água.

Modo de preparo:

Bata todos os ingredientes no liquidificador e beba em seguida.

Suco de pepino

Ingredientes:

  • 500ml de água;
  • 1 pepino;
  • 1/2 limão sem casca.

Modo de preparo:

Bata todos os ingredientes no liquidificador e beba em seguida.

Suco de couve 

Ingredientes:

  • 3 folhas de couve lavadas;
  • Suco de 1/2 limão;
  • Água a gosto.

Modo de preparo:

Bata todos os ingredientes no liquidificador e beba em seguida.

Suco de tomate

Ingredientes:

  • 4 tomates;
  • Gotas de limão;
  • Pitada de sal;
  • Gelo a gosto.

Modo de preparo:

Ao final, bata todos os ingredientes no liquidificador e beba em seguida.

Suco de espinafre

Ingredientes:

  • 1 xíc de espinafre lavado;
  • Água a gosto;
  • Por fim, gotas de limão.

Modo de preparo:

Por fim, bata todos os ingredientes no liquidificador e beba em seguida.

Programas Vitat

programa vitat

Clique aqui e saiba mais. 

 

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.

Leia também:

montagem com as fotos de Wagner
Saúde

Ele já fez mais de 100 doações de sangue e plaquetas: “dar um pouco da minha saúde para quem precisa”

Conheça a história de Wagner Hirata, que tem as doações de sangue e plaquetas como um de seus propósitos de vida

ator Cauã Reymond segurando um garfo e uma faca e usando um babador
Alimentação Bem-estar

Cauã Reymond mostra jantar saudável com sopa, frango e legumes

Ator compartilhou em suas redes socais o que comeu na noite de Dia dos Namorados (12/06). Confira o jantar de Cauã Reymond

neuralgia do trigêmeo
Saúde

Neuralgia do trigêmeo: doença que provoca uma das piores dores do mundo

Sintomas de doença são dores muito fortes e rápidas em apenas um lado do rosto, causando sensação de choque ou de um golpe muito forte