Treino de costas para mulheres: principais benefícios

Bem-estar Movimento
04 de Dezembro, 2023
Treino de costas para mulheres: principais benefícios

Um bom treino de costas para as mulheres vai além da estética: ajuda a promover a saúde e o bem-estar à medida que fortalece os músculos responsáveis por sustentar a coluna. Por isso, se você é do time que ainda não se apaixonou pelos exercícios específicos dessa região, entenda por que eles são importantes:

Benefícios

De acordo com o preparador físico Lucca Frazão, fortalecer os músculos dorsais (das costas) traz uma série de vantagens que vão além da estética. Confira os principais:

  • Melhora a postura, uma vez que esses músculos ajudam a sustentar a coluna;
  • Previne lesões e contribui para uma melhor execução de exercícios como agachamento, levantamento terra e stiff;
  • Aprimora as funções respiratórias;
  • Traz vantagens para a realização de atividades diárias, a mente e até o sono.

O mito que treinar costas pode deixar o corpo masculinizado (no caso das mulheres) já está em desuso faz um tempo, mas é sempre bom lembrar que isso não acontece. “Fisiologicamente falando, as mulheres possuem menos hormônios anabólicos do que os homens (por exemplo, a testosterona), dificultando o grande aumento de massa muscular da região”, explica o profissional.

Na verdade, se o seu treinamento for bem elaborado por um especialista capacitado, a sessão de superiores contribuirá para deixar o corpo mais proporcional – e funcional, é claro.

Leia também: Exercícios para as costas: saiba quais são os melhores

Qual é o melhor treino de costas para as mulheres?

Lucca Frazão explica que é comprovado cientificamente que o treinamento mais eficaz para o aumento da massa muscular (tanto para homens, quanto para mulheres) é a musculação.

“Particularmente falando, gosto de trabalhar a região das costas como um todo, sendo seus principais músculos: latíssimo do dorso, trapézio, rombóides, elevador da escápula, esplênio, eretores da espinha e serrátil anterior”, afirma.

Para isso, ele geralmente inclui exercícios de remadas (também conhecidos como puxadas). Tratam-se de movimentos conhecidos como multiarticulares, ou seja, que trabalham mais de um grupo muscular ao mesmo tempo.

Uma outra dica do profissional é variar os equipamentos, os tipos de pegada (entre pronada, supinada ou neutra) e os planos/eixos (sagital, frontal ou transversal). “Assim, podemos trabalhar a região das costas de uma maneira completa, segura e eficaz. Sempre procure um profissional capacitado para prescrever, avaliar e comprovar os seus resultados”, finaliza.

Fonte: Lucca Frazão, preparador físico pós-graduado em Treinamento Esportivo de Alto Rendimento (NAR) e em Biomecânica, Avaliação Física e Prescrição de Exercícios (FMU).

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.

Leia também:

lesões no beach tennis
Bem-estar Movimento

Lesões no beach tennis: joelho e ombro são as mais comuns. Veja como evitar

Assim como em outras atividades, também há risco de lesões no Beach Tennis. Portanto, veja dicas de como evitar lesões como epicondilite lateral.

fasting mimicking
Alimentação Bem-estar

Diet Fasting Mimicking: o que é o método que imita jejum?

A metodologia restringe calorias por um período de tempo determinado

óleo de coco
Alimentação Bem-estar

Óleo de coco: benefícios e possíveis usos

Multiuso e cheio de benefícios, o óleo de coco é um dos destaque do momento para quem procura uma vida mais saudável. Saiba mais