O que levar para comer na praia?

Alimentação Bem-estar
21 de Dezembro, 2022
O que levar para comer na praia?

Quem nunca sentiu o estômago roncar na praia? O calor e a água do mar parecem abrir o apetite — e aí, muita gente acaba apostando nas porções gordurosas ou no sorvete industrializado. Contudo, uma boa opção para quem segue uma alimentação saudável é preparar os próprios lanchinhos em casa e levar na bolsa térmica para comer na praia. Confira, então, algumas dicas:

O que levar para comer na praia?

“Opte por comida de verdade! Isso porque alimentos cheios de nutrientes e vitaminas são muito mais frescos e saborosos. Além disso, vão trazer mais saciedade e contribuir para a manutenção da saúde como um todo”, recomenda Patricia Ayres, diretora de nutrição da Associação Brasileira de Low Carb (ABLC).

A especialista dá alguns exemplos:

  • Conservas (picles, ovos de codorna e azeitonas, por exemplo);
  • Carnes frias tipo carne louca e ceviche;
  • Frios como bolinha de muçarela de búfala, palitinhos de queijo, peito de peru, peito de frango, lombo canadense;
  • Palitinhos de pepino, cenoura, pimentão amarelo e pimentão vermelho;
  • Talos de salsão e alho-poró;
  • Provolone desidratado;
  • Tomate-cereja.

Todos eles podem ser temperados com azeite, sal e pimenta a gosto. Mas também dá para incrementar com molhos de iogurte!

Para beber, por outro lado, Patricia recomenda água saborizada (com ervas, hortelã e gengibre) e chás gelados, que são refrescantes e zero calorias. “Se precisar adoçar, escolha um adoçante não calórico”, ela diz. Ademais, beba com moderação:

  • Refrigerantes: cada 200 ml tem cerca de 85 kcal e 21 g de açúcares;
  • Suco de laranja: cada 200 ml tem cerca de 120 kcal.

E o que evitar?

Evite frituras, coisas açucaradas, empanados e farináceos. O recomendado é levar alimentos crus (como frutas e vegetais) de casa e devidamente higienizados. “Não sabemos sob quais condições os alimentos foram produzidos, nem como foram armazenados. Calor e umidade são favoráveis ao crescimento de micro-organismos que podem ser danosos à saúde”, explica a profissional.

Como armazenar os alimentos? 

Além disso, é preciso atenção redobrada com relação ao armazenamento dos alimentos. Isso porque o calor não costuma das trégua, o que pode fazer com que eles estraguem mais rapidamente. Se você for levar um lanche pequeno e consumir em até duas horas, por exemplo, uma bolsa térmica pequena e sem gelo dá conta do recado. 

Por outro lado, se você for ficar fora de casa por mais tempo, vale investir em um cooler com gelo (ou uma caixa térmica ou um isopor). Nesse caso, embrulhe muito bem os alimentos (de preferência em potinhos herméticos), antes de colocá-los no acessório para que a água do gelo não entre em contato com eles. 

Por fim, é sempre bom lembrar de deixar tanto o cooler quanto a bolsa térmica em locais com sombra. 

O que levar para comer na praia? Receitas

o que levar para comer na praia
o que levar para comer na praia
o que levar para comer na praia
o que levar para comer na praia

Fonte: Patricia Ayres, Diretora de Nutrição da Associação Brasileira Low Carb.

Sobre o autor

Amanda Panteri
Jornalista e repórter da Vitat. Especialista em alimentação saudável.

Leia também:

Remada baixa
Bem-estar Movimento

Remada baixa: para que serve e como fazer?

Comum em treinamento de força, o exercício fortalece os músculos das costas, como o dorso e trapézio

elevação pélvica
Bem-estar Movimento

Elevação pélvica: como fazer, benefícios e substituições

A elevação de quadril, também chamada de hip thrust ou elevação pélvica, é o ótima para trabalhar glúteos e pernas

chá de canela
Alimentação Bem-estar

Chá de canela: para que serve, benefícios e como preparar

A bebida é uma ótima opção para esquentar o corpo — muitos afirmam, ainda, que ela emagrece. Saiba tudo sobre o chá de canela