Geriatra: Qual o seu papel e quando procurar um?

Saúde
29 de Dezembro, 2021
Geriatra: Qual o seu papel e quando procurar um?

A geriatria é a especialidade que atende pacientes idosos. Não existe uma faixa etária específica para se consultar com um geriatra, mas geralmente ele é requisitado por volta dos 50 anos. No entanto, não há ressalvas para buscar ajuda dessa área da medicina, pois ela estuda o processo de envelhecimento, que ocorre de forma individual.

Qual a função do geriatra?

O propósito do geriatra é olhar com mais cuidado para indivíduos idosos, que possuem necessidades específicas. Desse modo, o profissional avalia a saúde do paciente, acompanha tratamentos prescritos por outras especialidades e estuda todos os riscos de doenças que a pessoa pode desenvolver. Além disso, o geriatra está apto a opinar e a auxiliar no tratamento de doenças e desconfortos comuns nessa faixa etária. Como incontinência urinária, instabilidade de movimentos, lapsos de memória, osteoporose, pressão alta, diabetes, depressão etc.

Basicamente, o especialista é uma espécie de guardião da pessoa idosa, que observa sua individualidade e autonomia, acompanha, oferece recursos e recomendações para a melhoria da qualidade de vida. Ademais, o profissional precisa ter um olhar cuidadoso para entender os sintomas e o estilo de vida do indivíduo idoso. Um dos principais desafios ao tratar um paciente com comorbidades é a polimedicação, muito comum entre idosos.

Leia também: Feridas crônicas: Conheça as causas e saiba como tratar

Importância do cuidado preventivo

Com o olhar mais centrado para os idosos, o médico geriatra também precisa ter uma conduta mais sensível com os pacientes idosos, pois alguns indivíduos estão em idade avançada e precisam de compreensão e acolhimento. Muitos especialistas ingressam na rotina do paciente na fase final de suas vidas. Logo, nesses casos, o tratamento paliativo e outras medidas são adotadas para manter o conforto e a dignidade dos idosos.

Por isso, é importante encontrar um profissional que transmita confiança e sensibilidade para uma relação saudável, sobretudo para o paciente.

Leia também: Conheça os benefícios do D-pantenol para cabelos, pele e unhas

Fonte: Antônio Wanderson Lack de Matos, médico responsável pelo setor de nutrição do HCI (Hospital de Clínicas do Ingá). Especialista em nutrição clínica, ortomolecular e gerontologia e fitoterapia.

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.

Leia também:

foto do ator Tony Ramos
Saúde

Hematoma subdural: entenda quadro de Tony Ramos

Tony Ramos passou por duas cirurgias após apresentar um hematoma subdural. Segundo boletim médico, ator já tem "melhora na evolução do quadro clínico"

corrida
Bem-estar Movimento Saúde

Como proteger garganta e ouvidos na corrida durante o inverno

É necessário tomar os devidos cuidados para proteger garganta e ouvidos durante a corrida no inverno. Saiba mais!

5 hábitos saudáveis para enxaqueca
Saúde

5 hábitos saudáveis para enxaqueca

A enxaqueca é uma doença crônica que causa um tipo de dor de cabeça latejante