Gargarejo para garganta inflamada funciona? Como fazer e recomendações

Saúde
31 de Outubro, 2023
Ana Renata de Godoy Ferreira
Revisado por
Enfermeira • COREN SP - 87.661
Gargarejo para garganta inflamada funciona? Como fazer e recomendações

A garganta inflamada é uma das causas mais comuns de dor de garganta. A inflamação geralmente ocorre na faringe, que é a parte posterior da garganta, mas também pode afetar as amígdalas. Quando o assunto é alívio dos sintomas, uma das técnicas mais populares é o gargarejo para garganta inflamada. Mas afinal, funciona? Como fazer? Veja dicas!

Leia mais: Dor de garganta: como aliviar?

Quais são as causas da garganta inflamada?

Existem várias causas para a garganta inflamada. A mais comum é a infecção viral, como o resfriado comum ou a gripe. Outras infecções virais, como mononucleose, herpes e infecções pelo vírus da herpes simples também podem levar à inflamação da garganta.

Além das infecções virais, a garganta inflamada pode ser consequência de infecções bacterianas, como a faringite estreptocócica, causada pela bactéria Streptococcus pyogenes. Outros fatores que podem levar à inflamação da garganta incluem alergias, exposição a irritantes ambientais, como fumaça ou poluição, refluxo ácido, uso excessivo da voz e ressecamento da garganta devido ao ar seco.

Leia também: Garganta inflamada: quais são as causas e o que fazer?

Tratamento para garganta inflamada: gargarejo

De acordo com a Dra Roberta Pilla, otorrinolaringologista, medidas simples podem amenizar a garganta inflamada. “Os remédios caseiros podem ajudar a aliviar os sintomas e acelerar a recuperação, pois possuem uma certa ação anti-inflamatória e antisséptica”, ela explica, ao citar opções como gargarejo com água morna e sal e suco de limão, mel e gengibre, acompanhados, é claro, de uma orientação médica adequada, “especialmente quando a dor de garganta é muito forte e acompanhada de sintomas como pus na garganta, febre ou ausência de melhoras dentro de três dias”, indica a otorrino.

Além disso, vale destacar que o tratamento da garganta inflamada depende da causa subjacente. No caso de infecções virais, o repouso, a hidratação adequada, gargarejos com água morna e sal, analgésicos de venda livre e o uso de umidificadores podem ajudar a aliviar os sintomas. Para infecções bacterianas, pode ser necessário o uso de antibióticos prescritos pelo médico.

Gargarejo para garganta inflamada funciona?

O gargarejo é uma técnica que consiste em colocar um líquido na garganta e usar o ar que sai da laringe para fazê-lo se mexer. Porém, não há estudos que comprovem a real eficácia da prática. De todo modo, é uma medida barata e que não possui efeitos adversos.

De fato, fazer gargarejo ajuda a aliviar a dor e o desconforto da inflamação. Mas ele não vai curar a doença que está causando o problema. No caso de ser uma infecção viral, como covid-19, gripe ou resfriado, por exemplo, a doença vai seguir seu curso normal e os sintomas devem passar em até 15 dias.

Ou seja, o gargarejo pode aliviar a inflamação, diminuir a dor e a irritação na garganta, reduzindo assim o desconforto.

Tipos e como fazer

Com água morna e sal

Em 1 copo de água filtrada morna, misture 1 colher (de sopa) de sal. Dissolva completamente o sal e use a mistura para o gargarejo, que pode ser feito de 3 a 4 vezes por dia. Importante: não engula o líquido, já que o excesso de sal pode irritar o estômago.

Com água morna e limão

O limão tem propriedades antioxidantes e vitamina C. Por isso, aparece em muitas receitas caseiras para “curar” gripes e resfriados. Nesse caso, basta misturar ½ xícara de água filtrada morna com o suco de 1 limão. Esse gargarejo pode ser feito até 3 vezes por dia e, assim como o anterior, não deve ser engolido.

Com soro fisiológico

O principal objetivo dessa opção de gargarejo para garganta inflamada é usar o soro para manter a mucosa da garganta hidratada, reduzindo irritações. Então, dilua meia colher de sal em 300 ml de água morna e faça vários gargarejos ao longo do dia. Tenha cuidado apenas para não engolir essa água para que você não fique ingerindo quantidades desnecessárias de sal.

Referência: MD Saúde

Sobre o autor

Fernanda Lima
Jornalista e Subeditora da Vitat. Especialista em saúde

Leia também:

Por quanto tempo devo tomar vitamina C
Alimentação Bem-estar Saúde

Por quanto tempo devo tomar vitamina C?

Aliada a imunidade e a beleza, a vitamina C está ligada a uma série de benefícios para a saúde. Veja recomendações sobre o consumo prolongado

montagem com as fotos de Wagner
Saúde

Ele já fez mais de 100 doações de sangue e plaquetas: “dar um pouco da minha saúde para quem precisa”

Conheça a história de Wagner Hirata, que tem as doações de sangue e plaquetas como um de seus propósitos de vida

neuralgia do trigêmeo
Saúde

Neuralgia do trigêmeo: doença que provoca uma das piores dores do mundo

Sintomas de doença são dores muito fortes e rápidas em apenas um lado do rosto, causando sensação de choque ou de um golpe muito forte