Fortalecimento para corrida: veja o que não pode faltar no treino

Bem-estar Movimento
13 de Abril, 2023
Fortalecimento para corrida: veja o que não pode faltar no treino

Muitos corredores não furam a planilha um dia sequer, mas fogem de uma parte essencial do preparo: o treino de força. O motivo é que a monotonia desestimula essa etapa, mas isso não deveria ser uma desculpa para deixar os pesos pra lá. “A grande importância do fortalecimento para corrida tem dois pontos principais: afasta a chance de uma lesão devido à fraqueza muscular e aumenta a performance. Ou seja, o indivíduo melhora a amplitude da passada e a biomecânica, que resulta na economia de corrida”, destaca Cacá Ferreira, gerente técnico corporativo do grupo Cia Athletica.

O termo “economia de corrida” citado pelo especialista é a capacidade de correr com boa performance, mas gastando menos energia. Nesse caso, a energia não são apenas as calorias gastas. O movimento para correr — a biomecânica — também conta bastante. Ao se deslocar com mais eficiência, o corpo se sobrecarrega menos.

Como resultado, a pessoa consegue ir além nos treinos, baixar o pace (ritmo médio) e até melhorar o processo de recuperação pós-treino.

Veja também: Afinal, o que esperar de uma primeira aula de Crossfit?

Fortalecimento para corrida: o que não pode faltar nessa etapa?

Se você já corre ou pretende iniciar na modalidade, saiba que todo o corpo precisa de fortalecimento. Afinal, a harmonia entre os grupos musculares favorece a evolução no esporte. Porém, é primordial fazer exercícios que mobilizam a cadeia muscular propulsora, de acordo com Cacá Ferreira.

Agachamento, afundo e salto, por exemplo. Estes exercícios fortalecem principalmente a musculatura glútea, anterior e posterior da coxa. Além deles, podemos contar com aqueles voltados para o core e alguns isolados para glúteo médio, panturrilhas e tibial anterior”, explica o professor.

Na prática, não precisa reinventar a roda. São exercícios simples, cuja maioria dá para fazer até fora da academia. Basta dedicar dois dias da semana para entregar um bom estímulo ao corpo. A seguir, confira a proposta do expert da Cia Athletica:

Etapa geral:

Composta por movimentos que fortalecem os músculos de maneira isolada, que podem ser feitos na academia.

  • Leg press 45º.
  • Cadeira extensora.
  • Mesa flexora.
  • Extensão de glúteos na polia.

Etapa especial:

Exercícios que não precisam de equipamentos (podem ser feitos em qualquer lugar) e têm uma proposta mais funcional, pois recrutam uma cadeia mais ampla de músculos.

  • Agachamento com barra (livre ou no smith).
  • Avanço com halteres ou com o peso do corpo.
  • Agachamento com salto.

Complementares:

Ideais para reforçar o trabalho de músculos-chave da corrida: core, tibiais e panturrilha. Geralmente, esses exercícios ficam de fora no treino. Portanto, invista no trio para um trabalho completo de fortalecimento para a corrida.

  • Prancha isométrica: não requer nenhum tipo de carga. É excelente para trabalhar a musculatura do core. Além disso, é possível apostar em variações do movimento, como a unilateral e a dinâmica (alternância do apoio das mãos e antebraços).
  • Elevação de panturrilha em pé: com ou sem carga, você pode pisar em uma superfície mais alta (um degrau, por exemplo). Deixe o médio pé e calcanhar fora do apoio e eleve o corpo com a força da ponta dos pés. Ao incluir esse exercício na rotina, é possível prevenir lesões como a canelite e estiramentos ou encurtamentos locais, inconvenientes bem comuns entre os corredores.
  • Extensão de tibial: outro exercício imprescindível no treino de quem corre. Basta ter um elástico ou faixa de resistência, encaixá-lo sobre os dedos dos pés e fazer o movimento de projetá-los para sua direção.

 

Como posso potencializar meu ganho de massa? Temos dicas para você! Ver agora

Sobre o autor

Amanda Preto
Jornalista especializada em saúde, bem-estar, movimento e professora de yoga há 10 anos.

Leia também:

benefícios da banana
Alimentação Bem-estar Saúde

10 benefícios da banana que provavelmente você não conhece (mais receitas)

A banana é amiga do intestino, além de ser eficiente na prevenção de cãibras. Veja outros benefícios da fruta!

mulher fazendo o exercício peck deck na academia
Bem-estar Movimento

Peck deck (voador): o que é, para que serve e como fazer o exercício

Entenda quais músculos o peck deck aciona, como executar corretamente e quais exercícios podem substituí-lo nos dias mais cheios da academia

perda muscular
Bem-estar Movimento Saúde

Perda muscular compromete a recuperação do paciente  

A sarcopenia, a perda de massa muscular e da força, aumenta o risco de complicações em diversos quadros