Ficar um tempo sem esmalte faz bem para a saúde das unhas?

Alimentação Beleza Bem-estar
12 de Agosto, 2019
Ficar um tempo sem esmalte faz bem para a saúde das unhas?

De uns tempos para cá, o esmalte deixou de ser um simples cosmético e foi promovido a acessório, tornando-se tão importante quanto uma bolsa ou um brinco na composição do visual.

Se você é do tipo que conhece todos os lançamentos de cores e vive na manicure, mas não tem o costume de deixar as unhas livre do produto de tempos em tempos, é importante saber que é uma boa ideia tirá-lo de vez em quando.

“Aproximadamente 10% da população tem alergia a esmalte”, conta a dermatologista Solange Pistori Teixeira, da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Na maioria dos casos, ela está associada a um solvente chamado tolueno, responsável por acelerar a secagem. 

Leia também: Alimentos que garantem uma pele saudável e lisinha

Ficar sem esmalte: sim ou não

“Para a maioria das mulheres que visitam meu consultório, eu recomendo intervalos de esmaltação, entrega Rajani Katta, dermatologista autor de “Glow: The Dermatologist’s Guide to Whole Foods Younger Skin Diet”, um guia dermatológico de alimentação saudável para a pele ainda inédito no Brasil. O médico indica aproveitar esse tempo de pausa do esmalte para caprichar nos cuidados com as mãos, já que a hidratação serve como uma blindagem. 

Um dos motivos mais recorrentes dos problemas nas unhas é por conta da remoção do esmalte, especialmente com removedores que contêm acetona, que pode causar ressecamento e descamação da lâmina ungueal – a parte rígida rica em queratina. Trata-se de um produto que tem a capacidade de penetrar na unha e dissolver estruturas que lhe conferem maleabilidade. Ela, então, torna-se porosa, áspera e quebradiça. 

Para as fãs de esmaltação de gel, os danos são ainda maiores, já que pode levar 10 minutos ou mais de contato com a acetona para remover as unhas feitas com esse método, o que contribui para a descamação e afinamento de sua superfície. 

E se você é louca por cores mais escuras, fica uma alerta: elas podem causar manchas ou amarelamento. “Infelizmente, não há tratamentos para essa coloração – é uma questão de deixar a unha crescer, o que pode levar meses”, explica o especialista. 

Dar um descanso na esmaltação pode fazer maravilhas pela saúde das garras. “Quando o produto é usado por um período prolongado, você pode ter um acúmulo de queratina, pequenas manchas ásperas e brancas na unha que se formam quando o esmalte é removido junto com as células superficiais. Remoção repetitiva também pode levar a irregularidades”, conta o dermatologista. O especialista recomenda fazer um intervalo de duas a três semanas para que suas unhas sejam reparadas. 

Como escolher

Também, na hora de decidir qual esmalte aplicar, vale a pena dar preferência para formulações que são rotuladas como 5free, ou seja, livre de componentes potencialmente alergênicos, como o formaldeído. Também, preste atenção no prazo de validade informado no vidro, pois a segurança do produto é garantida até essa data. Caso a cor não esteja homogênea, não arrisque: muitas vezes é sinal de que alguma substância foi acrescentada ali.

Alimentação também influencia na qualidade e aparência das unhas

Unhas fortes e bonitas também são resultado dos nutrientes que absorvemos dos alimentos ingeridos. Assim, uma alimentação equilibrada e balanceada é o que vai dar as vitaminas e minerais essenciais para deixá-las sempre resistentes e com boa aparência. 

“A unha é composta de cálcio, ferro, cobre manganês e zinco. A carência desses nutrientes as torna fracas e bloqueia seu crescimento”, explica a nutricionista Letícia Manduca, de São Paulo. 

Saiba o que comer para garantir unhas lindas e saudáveis:

Folhas verdes escuras

“Deficiência de ferro deixa as unhas fracas, portanto, vegetais como couve, brócolis e espinafre ajudam a fortalecê-las pela presença de ferro e ácido fólico”, explica a nutricionista. 

Lombo suíno

“A mais magra das carnes suínas é fonte de uma vitamina do complexo B, a biotina”, entrega a especialista. O nutriente, presente em abundância nesse alimento, é vital para uma boa circulação e crescimento celular.

Chia e grão de bico

Ambos são indicados por serem repletos de cálcio. Segundo pesquisa do New England Journal of Medicine, quem ingere alimentos ricos nesse mineral com frequência nota suas unhas menos quebradiças e com menos saliências.

Grãos integrais e frutos do mar

Quando elas estão quebradiças ou esbranquiçadas, é um alerta do organismo para carência de zinco. Esse mineral tem papel reconstrutor e protege as unhas. Recorra a ostras, arroz integral ou farelo de aveia para repor esse nutriente.

Salmão, peito de peru, carne de boi e ovo

A ingestão desses alimentos ricos em queratina atua na reestruturação do colágeno, essencial para o fortalecimento e reconstrução das unhas.

Além dos nutrientes certos, a suplementação com colágeno também é uma estratégia de tratamento para unhas frágeis. “Para fazer efeito precisa ser o colágeno hidrolisado em pó enriquecido com vitamina C, selênio e zinco”, detalha Letícia. 

Um estudo clínico realizado nos Estados Unidos e publicado no Journal of Cosmetic Dermatology reuniu 25 mulheres com idades entre 18 e 50 anos para serem suplementadas com colágeno todos os dias. O resultado verificado foi impressionante: 90% de melhora nos aspecto das unhas a partir de quatro semanas.

Leia também: Alimentos que ajudam a fortalecer os cabelos

Sobre o autor

Amanda Figueiredo
Amanda Figueiredo é nutricionista clínica pela USP (Universidade de São Paulo), pós-graduada em Saúde da Mulher e Reprodução Humana pela PUC (Pontifícia Universidade Católica) e especialista em emagrecimento e nutrição estética CRN-3 77456 Também é jornalista e editora-chefe da Vitat.

Leia também:

mulher de lado tomando um suco verde em um copo
Alimentação Bem-estar

Como comer mais fibras no dia a dia? Dicas simples

O nutriente promove saciedade, melhora o trânsito intestinal, ajuda a evitar picos de açúcar no sangue e diminui a absorção das gorduras. Veja como comer mais

foto mostra diferentes pincéis de maquiagem
Beleza Bem-estar

Pincéis e esponjas de maquiagem podem causar acne e alergias. Como higienizar?

Você já tentou de tudo, mas não consegue se livrar do aparecimento de espinhas? Já tentou lavar seus pincéis e esponjas de maquiagem?

corrida
Bem-estar Movimento Saúde

Como proteger garganta e ouvidos na corrida durante o inverno

É necessário tomar os devidos cuidados para proteger garganta e ouvidos durante a corrida no inverno. Saiba mais!